Boa Cerveja-Feira #277… Muskatnuss Herr Muller

By | 21 de junho de 2019

Esta semana vamos enfiar a cabeça na nossa horta de temperos e confundir nossos sensores olfativos com a Muskatnuss Herr Muller.

Esta cerveja é produzida pela Freigeist Bierkultur. Esta cervejaria alemã trabalha fortemente com o resgate de estilos que caíram no esquecimento. Um bom exemplo disto é a Geisterzug, uma gose lançada pela Freigeist em 2015, talvez uma das primeiras gose desta onda de sour que vemos hoje.

Além da Geisterzug, já falamos da Kopenickiade, Pimock e Hoppeditz.

Mais uma vez vemos que a Freigeist sai do meio comum e busca trazer novas percepções para um estilo que é naturalmente aberto a reinvenções.

Muskatnuss Herr Muller

Muskatnuss Herr MullerDados Técnicos:

Cerveja: Muskatnuss Herr Muller
Estilo: Spiced/Herbed Beer
Teor: 5,5%
País de origem: Alemanha
Embalagem: 330 ml
Nota: 4,50

A Muskatnuss Herr Muller se apresenta em um belo tom cobre, brilhante e cristalina. A espuma é levemente bege e tem formação baixa e breve, deixando somente uma fina camada sobre a cerveja.

Já no aroma vemos onde a cervejaria quis chegar. Somos apresentados a notas pronunciadas de especiarias diversas, como noz moscada, cardamomo, cravo e pimenta preta. Em segundo plano ainda encontramos notas de malte e caramelo que buscam trazer equilíbrio.

Quando provamos vemos que a Muskatnuss Herr Muller tem tanto o corpo quanto carbonatação baixos. Enquanto que no paladar temos novamente as especiarias em evidência, trazendo notas de cravo, cardamomo, canela em pau, coentro e noz moscada. Um amargor herbal mediano acompanhas as notas de especiarias. Em segundo plano o malte surge mais discreto e acompanhado por suaves notas de tosta.

No aftertaste temos as mesmas percepções que encontramos previamente. Mas com o amargor ganhando mais espaço, ainda pautado pelas especiarias e com um final bastante seco.

A Muskatnuss Herr Muller foge do esperado, mas fortalece que uma spiced/herbed beer pode abusar do uso de adjuntos que ainda estamos navegando dentro do conceito esperado.

Quando pensamos em harmonizar esta cerveja temos uma tarefa que não é simples, afinal com tantas notas podemos incorrer em algumas surpresas inesperadas.

Minha sugestão é prepararmos um carré de cordeiro marinado em uma infusão de especiarias. O carré é uma carne com sabor bastante marcante e por isso dificilmente será apagada pelo tempero. E esta infusão ajudará a destacar as notas de especiarias da cerveja.

 

Prost!

Fabrizio Guzzon

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*