Beercast Brasil http://beercast.com.br Um podcast onde Cerveja é o tema principal. Toda Quarta-Feira! Fri, 23 Aug 2019 20:26:07 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=5.0.4 http://beercast.com.br/wp-content/uploads/2017/06/logo_bc_500x500-150x150.jpg Beercast Brasil http://beercast.com.br 32 32 Lançamento da linha Barrel Selection da Alem Bier http://beercast.com.br/eventos-cerveja/lancamento-da-linha-barrel-selection-da-alem-bier/ http://beercast.com.br/eventos-cerveja/lancamento-da-linha-barrel-selection-da-alem-bier/#respond Fri, 23 Aug 2019 13:34:36 +0000 http://beercast.com.br/?p=18738 O Bronson esteve no dia 22/08/2019 no EAP representando o Beercast para evento de lançamento da linha Barrel Selection da Alem Bier (pronuncia-se álem bier), em edição limitada. A Alem Bier, criada em maio de 2018, é uma cervejaria gaúcha localizada no município de Flores da Cunha, e fica dentro da Vinícola Monte Reale, que por sua… Read More »

O post Lançamento da linha Barrel Selection da Alem Bier apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
O Bronson esteve no dia 22/08/2019 no EAP representando o Beercast para evento de lançamento da linha Barrel Selection da Alem Bier (pronuncia-se álem bier), em edição limitada. A Alem Bier, criada em maio de 2018, é uma cervejaria gaúcha localizada no município de Flores da Cunha, e fica dentro da Vinícola Monte Reale, que por sua vez comercializa as linhas Valdemiz e Sospirolo de vinhos tintos, Monte Reale de sucos e vinhos de mesa, e os vinagres finos PNS.

 

Da direita para a esquerda em sentido horário: Carlo Mioranza, Carlo Lapolle, Taiga Cazarine, Paty Nobre da Jovem Pan, e Carlos Bronson

O evento foi organizado pela Taiga Cazarine (@taigacazarine), e teve a presença do Carlo Mioranza, responsável pela produção das cervejas da Alem Bier, e do Carlo Lapolli (@lapolli), presidente da ABRACERVA, com diversos convidados da mídia cervejeira.

Carlo Lapolli e Carlo Mioranza

 

 

Foram degustados os rótulos Muscat Brett Saison, Tripel Brett e Barleywine Brandy & Oak Infused.

Alem Bier Muscat Brett Saison

 

 

 

A Alem Bier Muscat Brett Saison ganhou medalha de Prata na categoria Best of Show da Copa Cerveja Brasil 2019, que foi organizada ABRACERVA e ocorreu em Vitória – ES, entre 13 e 15 de agosto. É uma saison elaborada com mosto de uva moscatel e envelhecida por 9 meses em barril de carvalho francês com adição de Brettanomyces isolada no Brasil. No paladar destaca-se a bretta, que não chega a ser agressiva, seguida pelo suave sabor do mosto de uvas e finalizado pela por uma acidez leve para moderada, característica do estilo saison. O retrogosto é seco e agradável.

 

 

Alem Bier Tripel Brett

 

 

 

 

A Alem Bier Tripel Brett permaneceu 9 meses em barril de carvalho francês, com a adição da levedura Brettanomyces bruxellensis. No paladar lembrou a belga De Halve Maan Straffe Hendrik Wild, igualmente uma tripel com bretta muito gostosa.

 

 

 

 

Alem Bier Barleywine Brandy & Oak Infused

 

 

 

Já a Alem Bier Barleywine Brandy & Oak Infused passou por uma maturação de 12 meses na cave da  Monte Reale com a infusão do conhaque Valdemiz Brandy X.O. e de chips de carvalho francês. Apesar da infusão do conhaque e do teor alcoólico de 11,6%, é uma cerveja bem aprazível e equilibrada, sem provocar a sensação de aquecimento típico do estilo, com dulçor muito suave, e final quase seco. É uma bela cerveja!

 

 

 

Nossa avaliação final: as três cervejas de sabores marcantes foram produzidas com muito esmero e qualidade. São uma boa opção para compra tanto para o consumo pessoal como para um bottleshare entre amigos.

Nosso agradecimento à Taiga Cazarine e a Alem Bier pelo convite. E até a próxima!

 

O post Lançamento da linha Barrel Selection da Alem Bier apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/eventos-cerveja/lancamento-da-linha-barrel-selection-da-alem-bier/feed/ 0
Boa Cerveja-Feira #286… Dark Sour Blueberry http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-286-dark-sour-blueberry/ http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-286-dark-sour-blueberry/#respond Fri, 23 Aug 2019 03:45:07 +0000 http://beercast.com.br/?p=18724 Esta semana vamos confirmar o ditado que a fruta não cai longe do pé, com a Dark Sour Blueberry. Este exemplar nacional de Oud Bruin foi desenvolvido pela Cervejaria Dádiva, E nem precisamos nos alongar muito sobre a cervejaria, afinal já é bastante conhecida no meio cervejeiro por trazer cervejas para todos os patamares de… Read More »

O post Boa Cerveja-Feira #286… Dark Sour Blueberry apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
Esta semana vamos confirmar o ditado que a fruta não cai longe do pé, com a Dark Sour Blueberry.

Este exemplar nacional de Oud Bruin foi desenvolvido pela Cervejaria Dádiva, E nem precisamos nos alongar muito sobre a cervejaria, afinal já é bastante conhecida no meio cervejeiro por trazer cervejas para todos os patamares de público.

A Dark Sour Blueberry pode ser considerada com uma filha da Dark Sour original da Dádiva. Isto pois ela é envelhecida por 8 meses nos mesmos barris de carvalho onde a Dark Sour foi envelhecida. Mas além disso ainda é adicionado doses maciças de mirtilo in natura, chegando a praticamente 40% do volume total.

Isso nos traz uma releitura da Dark Sour, mas ainda mais complexa.

Dark Sour Blueberry

Dark Sour BlueberryDados Técnicos:

Cerveja: Dark Sour Blueberry
Estilo: Oud Bruin
Teor: 5,2%
País de origem: Brasil
Embalagem: on tap
Nota: 4,25

Ao receber o copo vemos uma cerveja em tom rubro escuro, praticamente fechada. A espuma apresenta tom rosado, bolhas pequenas e ótima formação.

O aroma da Dark Sour Blueberry apresenta notas de balsâmico destacadas, acompanhada por notas de madeira e frutas vermelhas silvestres. Em segundo plano notas acéticas e um leve frutado.

Ao primeiro gole temos uma cerveja de corpo baixo e alta carbonatação. Enquanto que no paladar encontramos uma acidez marcante pautada pela percepção de vinagre balsâmico e leve amadeirado. Mas logo encontramos notas de frutas silvestres como framboesas, mirtilos e amoras. Em segundo plano ainda temos uma percepção discreta de baunilha, provavelmente oriunda da madeira.

Já o aftertaste é marcado principalmente pelo residual de acidez e carbonatação que gera uma percepção de refrescância bastante alta. Ao fim temos as notas de mirtilo e amoras persistindo por algum tempo.

A Dark Sour Blueberry é uma cerveja com um ótimo equilíbrio entre as notas ácidas e o frutado, mas com ambos acima da média. A cerveja abuso do uso de frutas, mas sem se tornar exagerada e o uso do envelhecimento em barris traz justamente o contraponto a estas notas.

Para a harmonização, optei por algo mais simples para manter a cerveja em destaque.

Minha sugestão é harmonizar com uma panna cotta de morangos. Vamos contrastar o dulçor da sobremesa com a acidez da cerveja e deixar os holofotes nas frutas silvestres usadas. Destacando ainda mais seus sabores por conta das especiarias da sobremesa e da madeira da cerveja.

Prost!

Fabrizio Guzzon

O post Boa Cerveja-Feira #286… Dark Sour Blueberry apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-286-dark-sour-blueberry/feed/ 0
Cervejas do Estilo ESB – Beercast #326 http://beercast.com.br/programas/cervejas-do-estilo-esb-beercast-326/ http://beercast.com.br/programas/cervejas-do-estilo-esb-beercast-326/#comments Wed, 21 Aug 2019 03:00:46 +0000 http://beercast.com.br/?p=18719 Anselmo Mendo, Felipe Silva, Flavio Yokooji, Renato Martins e Bernardo Couto falam hoje sobre um estilo que nós não conhecemos muito mas já consideramos pacas, as cervejas ESB.

O post Cervejas do Estilo ESB – Beercast #326 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>

Anselmo Mendo, Felipe Silva, Flavio Yokooji, Renato Martins e Bernardo Couto falam hoje sobre um estilo que nós não conhecemos muito mas já consideramos pacas, as cervejas ESB.

Confira como foi esse bate-papo.

Links Comentados durante o episódio:

BeerGifts

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

O post Cervejas do Estilo ESB – Beercast #326 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/programas/cervejas-do-estilo-esb-beercast-326/feed/ 1
Boa Cerveja-Feira #285… Ukiyo http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-285-ukiyo/ http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-285-ukiyo/#respond Fri, 16 Aug 2019 03:45:57 +0000 http://beercast.com.br/?p=18698 Esta semana vamos comemorar o aniversário de 362 anos de São Roque, também conhecida como a Cidade da Rota do Vinho. E para isso vamos provar uma cerveja adição de uvas, a Ukiyo. A Ukiyo é produzida por uma parceria entre as cervejarias Dávida e Japas. Já falamos anteriormente destas cervejarias quando falamos sobre a South… Read More »

O post Boa Cerveja-Feira #285… Ukiyo apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
Esta semana vamos comemorar o aniversário de 362 anos de São Roque, também conhecida como a Cidade da Rota do Vinho. E para isso vamos provar uma cerveja adição de uvas, a Ukiyo.

A Ukiyo é produzida por uma parceria entre as cervejarias Dávida e Japas. Já falamos anteriormente destas cervejarias quando falamos sobre a South Blossom e a Sumo, além do Beercast 275.

A escolha da cerveja aproveita que a data de publicação é a mesma do aniversário da cidade. Portanto busquei uma cerveja com uso de uvas, neste caso as uvas Beni Izu e Bordô para trazer algo que remetesse a um dos atrativos de São Roque, a Rota do Vinho.

Mas além da Rota do Vinho e de seus inúmeros restaurantes, vinícolas e atrativos temos alguns locais que valem a pena ser visitados. Um deles é na própria rota do vinho, a destilaria Stoliskoff que tem boas opções de destilados, em especial o gin.

Além disso temos os bares, que já mencionei inúmeras vezes por aqui. O Roquer que dá desconto aos patronos, o La Maison de la Biere e o Clube Come Together. Cada um com um perfil distinto.

E como últimas dicas, para quem prefere um maior contato com a natureza. Temos o Morro do Saboó que apresenta uma belíssima vista de toda a região e a Mata da Câmara, uma reserva da Mata Atlântica.

Ukiyo

UkiyoDados Técnicos:

Cerveja: Ukiyo
Estilo: Sour RIS
Teor: 13,0%
País de origem: Brasil
Embalagem: 500 ml
Nota: 4,50

A Ukiyo se apresenta completamente negra e fechada. Com espuma marrom, de boa formação, porém bastante breve.

No aroma a percepção de tanino é destacada, remetendo a vinho tinto, madeira e xerez. Em segundo plano encontramos algumas notas mais suaves de acético e vinagre balsâmico. Já a percepção de torra é muito discreta e está ofuscada pelas notas de vinho e balsâmico, surgindo somente ao final como uma leve nota de complemento.

Quanto provamos a Ukiyo temos uma cerveja de corpo alto e baixa carbonatação. Enquanto que no paladar as notas de vinho tinto com forte tanino são aliadas a uma percepção levemente ácida que remete a madeira e suaves notas de torra e fumaça. Em segundo plano as notas de torra abrem a percepção de café e alcaçuz.

No aftertaste o destaque inicial é por conta a acidez condita que remete a vinho e madeira, algo bastante inesperado. As percepções evoluem trazendo tanino, café e xerez equilibrados e fecha seca e com um suave amargor de torra e acidez vinificada.

A Ukiyo é uma cerveja surpreendente, trazendo notas vinificadas destacadas com nuances de xerez, madeira e alcaçuz. O final mantém um equilíbrio pungente e equilibrado e muito persistente nas notas vinificadas e com suave tosta.

Para uma cerveja complexa como a Ukiyo temos que pensar em uma harmonização que suporte a cerveja e não que a use como escada. Por conta disso vamos buscar algo que saliente os sabores e sensações da cerveja.

Minha sugestão é harmonizarmos com a Peras Sangrentas. Nesta receita temos peras escalfadas em vinho e aqui vamos destacar as notas vinificadas presentes na cerveja e na sobremesa. Vamos usar a percepção cítrica mais adocicada para contrastar com a acidez da cerveja e deixar todo o destaque para o tanino, madeira e alcaçuz que a cerveja tem a oferecer.

Prost!

Fabrizio Guzzon

O post Boa Cerveja-Feira #285… Ukiyo apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-285-ukiyo/feed/ 0
Untappd: Estamos sendo justos com ele? – Beercast #325 http://beercast.com.br/promocoes-de-cerveja/un-beercast-325/ http://beercast.com.br/promocoes-de-cerveja/un-beercast-325/#comments Wed, 14 Aug 2019 03:00:12 +0000 http://beercast.com.br/?p=18694 Anselmo Mendo, Cinthia Okawa, Fabrizio Guzzon, Felipe Silva, Ivan Tozzi e Renato Martins falam hoje sobre esse aplicativo que tanto ajuda quem vende, bebe ou fabrica cerveja.

O post Untappd: Estamos sendo justos com ele? – Beercast #325 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>

Anselmo Mendo, Cinthia Okawa, Fabrizio Guzzon, Felipe Silva, Ivan Tozzi e Renato Martins falam hoje sobre esse aplicativo que tanto ajuda quem vende, bebe ou fabrica cerveja.

Confira como foi esse bate-papo.

Links Comentados durante o episódio:

BeerGifts

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

O post Untappd: Estamos sendo justos com ele? – Beercast #325 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/promocoes-de-cerveja/un-beercast-325/feed/ 2
Boa Cerveja-Feira #284… Stage Dive http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-284-stage-dive/ http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-284-stage-dive/#respond Fri, 09 Aug 2019 03:45:28 +0000 http://beercast.com.br/?p=18675 Esta semana vamos comemorar o aniversário do bar que mais tenho frequentado no último ano a Roque, com uma criação deles, a Stage Dive. A Roquer é um brewpub, mas sem produção local, que está completando um ano de vida. Neste um ano a Roquer renovou seu visual, praticamente dobrou o número de torneiras, fez… Read More »

O post Boa Cerveja-Feira #284… Stage Dive apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
Esta semana vamos comemorar o aniversário do bar que mais tenho frequentado no último ano a Roque, com uma criação deles, a Stage Dive.

A Roquer é um brewpub, mas sem produção local, que está completando um ano de vida. Neste um ano a Roquer renovou seu visual, praticamente dobrou o número de torneiras, fez parcerias com cervejarias e produtores de queijos e charcutaria regionais e garantiu seu lugar no cenário da região.

Por algumas fontes internas, fiquei sabendo que a Roquer tem planos para trazer cada vez mais cervejas de produção própria. Na festa de um ano, além da Lager que sempre esteve presente nos taps, foram lançadas a Witbier e a Session IPA. E hoje fui conhecer um teste, uma Kviek IPA.

Mas além de servir ótimas opções no tap, a Roquer tem uma cozinha de fazer inveja a muito bar consagrado. A parceria com produtores locais e a produção praticamente artesanal de todos os pratos garantem uma qualidade constante e porções frescas e bem-feitas sempre.

Stage Dive

Stage DiveDados Técnicos:

Cerveja: Stage Dive
Estilo: Kviek IPA
Teor: 6,8%
País de origem: Brasil
Embalagem: on tap
Nota: 3,50

A Stage Dive se apresenta em tom castanho e opaca. A espuma é densa e muito persistente, praticamente um creme.

No aroma somos apresentados a notas frutadas e cítricas, leve notas tropicais e frutas vermelhas. Em segundo plano e encontramos o malte, trazendo a percepção de mosto e caramelo. A percepção frutada e cítrica é bastante fresca e é perceptível o uso do dry hop.

Quando provamos a Stage Dive temos uma cerveja de alta carbonatação e corpo médio. Enquanto que no sabor temos um início frutado e cítrico, com notas de grapefruit e frutas vermelhas, leve dulçor de mosto e caramelo equilibrado pelo amargor. Em segundo plano o amargor cítrico e herbal criam um pano de fundo.

No aftertaste o amargor ganha destaque trazendo notas frutadas e herbais com um frescor inesperado, com uma suave refrescancia que chega a remeter a folha de menta.

A Stage Dive é uma boa IPA, ainda precisa lapidar alguns detalhes, mas como um primeiro teste já apresenta um resultado acima da média. Esperamos que o restante das cervejas autorais da Roquer sigam este cuidado.

Para a harmonização nada mais justo que usar o próprio cardápio da Roquer para harmonizar com a cerveja.

Minha sugestão é harmonizarmos com a Parmegiana Brassador. Tem uma versão de parmegiana que ao invés de queijo gratinado, usa um molho de queijo fundido com cerveja, e vamos usar a Stage Dive para destacar o sabor da carne com as notas herbais e frescas e deixar os 6,8 de ABV limpar o paladar da untuosidade do molho.

Prost!

Fabrizio Guzzon

O post Boa Cerveja-Feira #284… Stage Dive apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-284-stage-dive/feed/ 0
Cerveja Caseira for Dummies: Belgas e Água EP.21 – Beercast #324 http://beercast.com.br/programas/cerveja-caseira-for-dummies-belgas-e-agua-ep-21-beercast-324/ http://beercast.com.br/programas/cerveja-caseira-for-dummies-belgas-e-agua-ep-21-beercast-324/#comments Wed, 07 Aug 2019 03:00:05 +0000 http://beercast.com.br/?p=18671 Cinthia Okawa vai contar pra gente um pouco sobre a experiência de cervejeira caseira, sobre os estilos que tivemos o prazer de experimentar e também sobre qualidade da água. Aproveitamos as ilustres presenças de Dani Mingatos e do Ivan Tozzi pra subir ainda mais o nível desse episódio.

O post Cerveja Caseira for Dummies: Belgas e Água EP.21 – Beercast #324 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>

Cinthia Okawa vai contar pra gente um pouco sobre a experiência de cervejeira caseira, sobre os estilos que tivemos o prazer de experimentar e também sobre qualidade da água. Aproveitamos as ilustres presenças de Dani Mingatos e do Ivan Tozzi pra subir ainda mais o nível desse episódio.

Confira como foi esse bate-papo.

Links Comentados durante o episódio:

BeerGifts

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

O post Cerveja Caseira for Dummies: Belgas e Água EP.21 – Beercast #324 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/programas/cerveja-caseira-for-dummies-belgas-e-agua-ep-21-beercast-324/feed/ 2
Boa Cerveja-Feira #283… Amber Ale http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-283-amber-ale/ http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-283-amber-ale/#comments Fri, 02 Aug 2019 03:45:51 +0000 http://beercast.com.br/?p=18663 Esta semana iremos voltar ao básico para mostrar que ser simples pode ser a receita para entregar uma boa cerveja com a Amber Ale. A Amber Ale é produzida pela Cervejaria Narcose, de Capão da Canoa. Já falamos de duas cervejas da Narcose, a Table sous la mer e a Epoca Bella. O primeiro vislumbre… Read More »

O post Boa Cerveja-Feira #283… Amber Ale apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
Esta semana iremos voltar ao básico para mostrar que ser simples pode ser a receita para entregar uma boa cerveja com a Amber Ale.

A Amber Ale é produzida pela Cervejaria Narcose, de Capão da Canoa.

Já falamos de duas cervejas da Narcose, a Table sous la mer e a Epoca Bella.

O primeiro vislumbre da existência da cervejaria surgiu em 2015, quando Daniel Diehl que estudava na Áustria na época comentou com os pais que desejava sair da carreira acadêmica e partir para o ramo cervejeiro.

Enquanto os pais do Daniel, Raul e Elise, corriam atrás de toda parte burocrática, realizam cursos e cuidavam da estrutura física, Daniel aproveitou que estava na Europa e trabalhou voluntariamente em cervejarias para ganhar experiência prática no ramo.

Quando voltou ao Brasil resolveram fundar a cervejaria unindo duas paixões, a cerveja e o mergulho. E isso a cervejaria soube trabalhar muito bem, na identidade visual, nomes e definição das linhas de produto.

A cervejaria aloca suas cervejas em três linhas, Shallow Dive para as cervejas de entrada, Deep Dive para as cervejas intermediárias e Tech Dive para as cervejas de maior complexidade.

Amber Ale

Amber AleDados Técnicos:

Cerveja: Amber Ale
Estilo: Amber Ale
Teor: 4,7%
País de origem: Brasil
Embalagem: 355 ml
Nota: 3,25

A Amber Ale se apresenta cristalina, e como esperado, em tom âmbar brilhante. Já a espuma tem uma boa formação, mas com persistência mediana.

O aroma traz notas de caramelo, toffe, percepção de malte levemente tostado. Aliado as notas oriundas do malte temos uma presença herbal bastante agradável e pautando o suave adocicado pelo malte.

Ao provarmos a Amber Ale temos uma cerveja de corpo e carbonatação medianos. Enquanto que no paladar as notas de malte e caramelo são destacadas, seguido pela percepção de toffe e suave tosta. O amargor surge somente ao final com notas de tosta suave e herbal fresco.

E no aftertaste temos um destaque ainda maior no amargor e no frescor herbal, o amargor bastante suave e persistente segue bastante tempo e com final seco e refrescante.

A Amber Ale é uma cerveja honesta em sua proposta, trazendo notas agradáveis de malte, caramelo e toffe. O amargor surge ao final da degustação trazendo um frescor herbal persistente e agradável.

Para a harmonização podemos buscar notas que destaquem o malte da cerveja e o frescor herbal. E usar um prato que seja uma escada para a cerveja, usando somente para destacar as notas da cerveja.

Minha sugestão é harmonizarmos com corte de fraldinha na brasa. A fraldinha é uma carne que não se excede na gordura e irá trazer notas caramelizadas, com isso a percepção de caramelo da cerveja será destacada. O herbal e o frescor serão oportunos para valorizar o sabor da carne.

Prost!

Fabrizio Guzzon

O post Boa Cerveja-Feira #283… Amber Ale apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-283-amber-ale/feed/ 2
Cervejas Three Hills com Ivan Tozzi – Beercast #323 http://beercast.com.br/programas/cervejas-three-hills-com-ivan-tozzi-beercast-323/ http://beercast.com.br/programas/cervejas-three-hills-com-ivan-tozzi-beercast-323/#comments Wed, 31 Jul 2019 03:00:46 +0000 http://beercast.com.br/?p=18658 Ivan Tozzi conta pra gente como nasceu a cervejaria Three Hills, uma parceria entre ele e a Nathalie Velasquez.

Confira como foi esse bate-papo.

O post Cervejas Three Hills com Ivan Tozzi – Beercast #323 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>

Ivan Tozzi conta pra gente como nasceu a cervejaria Three Hills, uma parceria entre ele e a Nathalie Velasquez.

Confira como foi esse bate-papo.

Links Comentados durante o episódio:

BeerGifts

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

O post Cervejas Three Hills com Ivan Tozzi – Beercast #323 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/programas/cervejas-three-hills-com-ivan-tozzi-beercast-323/feed/ 4
Boa Cerveja-Feira #282… Censored Sour http://beercast.com.br/programas/boa-cerveja-feira-282-censored-sour/ http://beercast.com.br/programas/boa-cerveja-feira-282-censored-sour/#respond Fri, 26 Jul 2019 03:45:19 +0000 http://beercast.com.br/?p=18650 Esta semana íamos falar sobre todos os lançamentos que irão acontecer até o final do ano, mas fomos censurados pela Censored Sour. Esta cerveja é produzida pela Bold Brewing, uma cervejaria cigana de Fortaleza. A cervejaria o resultado da dedicação do Rodrigo Campos, reconhecido no meio cervejeiro por estar à frente da Acerva Cearense por… Read More »

O post Boa Cerveja-Feira #282… Censored Sour apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
Esta semana íamos falar sobre todos os lançamentos que irão acontecer até o final do ano, mas fomos censurados pela Censored Sour.

Esta cerveja é produzida pela Bold Brewing, uma cervejaria cigana de Fortaleza. A cervejaria o resultado da dedicação do Rodrigo Campos, reconhecido no meio cervejeiro por estar à frente da Acerva Cearense por três anos e conquistas uma série de medalhas em concurso de cervejeiros caseiros.

A Censored Sour é uma evolução de uma de suas criações medalhistas, a Psychedelic Weisse. Mas agora ao invés de termos adição de goiaba e pitaya, temos a adição de abacaxi, hortelã e gengibre.

Esta e algumas outras cervejas que já provei da Bold confirmam a proposta da cervejaria, manter o alto nível da cerveja, marca e rótulos.

Censored Sour

Censored SourDados Técnicos:

Cerveja: Censored Sour
Estilo: Catharina Sour
Teor: 3,6%
País de origem: Brasil
Embalagem: on tap
Nota: 4,00

Ao terminar o serviço temos uma cerveja em tom esverdeado e levemente opaca. A espuma se forma densa, abundante e persistente.

No aroma temos a percepção levemente lática denunciando a acidez, notas herbais e de hortelã muito frescas. Em segundo plano encontramos notas cítricas de abacaxi, mas todo o conjunto é bastante delicado.

Ao provarmos vemos que a Censored Sour temos uma cerveja de corpo baixo e alta carbonatação. Enquanto que no paladar a acidez é mediana com pegada lática e cítrica remetendo a abacaxi. A percepção de hortelã e abacaxi são mais presentes aqui que no aroma, se mantendo bastante frescas.

O aftertaste mantem uma percepção muito fresca, com acidez reduzida e pautada pelo herbal da hortelã. Mas ao final encontramos um toque condimentado e levemente picante do gengibre, mas ainda assim discreto e muito agradável.

A Censored Sour é uma cerveja que deixa sua marca por conta do frescor tanto no aroma quanto no paladar. As notas de hortelã são perfeitamente balanceadas pela citricidade e acidez. E o toque do gengibre ao final é um detalhe sutil, mas que finaliza a percepção muito bem.

Para a harmonização minha sugestão é aproveitarmos ao máximo estas notas frescas e os adjuntos da Censored Sour.

Minha proposta é criarmos uma versão doce de bruschetta. Pão pita com pedaços de abacaxi em conserva coberta por hortelã macerada com açúcar mascavo e ao final usar o maçarico para aquecer. Vamos contrapor o dulçor do prato com a acidez da cerveja e com isso tornar ainda mais evidente a percepção de abacaxi e hortelã.

Prost!

Fabrizio Guzzon

O post Boa Cerveja-Feira #282… Censored Sour apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/programas/boa-cerveja-feira-282-censored-sour/feed/ 0
Dicas cervejeiras de Phoenix com Carlos Bronson – Beercast #322 http://beercast.com.br/programas/dicas-cervejeiras-de-phoenix-com-carlos-bronson-beercast-322/ http://beercast.com.br/programas/dicas-cervejeiras-de-phoenix-com-carlos-bronson-beercast-322/#respond Wed, 24 Jul 2019 03:00:42 +0000 http://beercast.com.br/?p=18646 Carlos Bronson foi pra Phoenix e aproveitou pra fazer algumas descobertas cervejeiras por la, anote essas dicas valiosas pra você usar também na sua próxima viagem.

O post Dicas cervejeiras de Phoenix com Carlos Bronson – Beercast #322 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>

Carlos Bronson foi pra Phoenix e aproveitou pra fazer algumas descobertas cervejeiras por la, anote essas dicas valiosas pra você usar também na sua próxima viagem.

Confira como foi esse bate-papo.

Links Comentados durante o episódio:

BeerGifts

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

O post Dicas cervejeiras de Phoenix com Carlos Bronson – Beercast #322 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/programas/dicas-cervejeiras-de-phoenix-com-carlos-bronson-beercast-322/feed/ 0
Boa Cerveja-Feira #281… Destiny IPA http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-281-destiny-ipa/ http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-281-destiny-ipa/#respond Fri, 19 Jul 2019 03:45:53 +0000 http://beercast.com.br/?p=18639 Esta semana vamos visitar o pais dos ganhadores da NBA deste ano e conhecer a Destiny IPA. A Destiny IPA é produzida pela Fuggles & Warlock, uma cervejaria locada em Richmond no Canadá. A cervejaria tem uma proposta muito clara desde sua fundação, segundo eles mesmo “Manter a cerveja excêntrica”. Eles são declaradamente nerds/geeks e… Read More »

O post Boa Cerveja-Feira #281… Destiny IPA apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
Esta semana vamos visitar o pais dos ganhadores da NBA deste ano e conhecer a Destiny IPA.

A Destiny IPA é produzida pela Fuggles & Warlock, uma cervejaria locada em Richmond no Canadá.

A cervejaria tem uma proposta muito clara desde sua fundação, segundo eles mesmo “Manter a cerveja excêntrica”. Eles são declaradamente nerds/geeks e muitos de seus rótulos trazem referências a cultura pop e vídeo games.

Alguns exemplos são a Fusion West Coast IPA na qual o rótulo remete ao jogo Super Metroid. A Hot Trub Time Machine que é uma referência ao filme Hot Tube Time Machine, traduzido magistralmente como “A Ressaca”. A Super SmashBrewers IPA que e uma referencia ao jogo Super SmashBros, dentre vários outros.

Destiny IPA

Destiny IPADados Técnicos:

Cerveja: Destiny IPA
Estilo: American IPA
Teor: 6,0%
País de origem: Canadá
Embalagem: 355 ml
Nota: 3,50

A Destiny IPA se apresenta amarela e completamente opaca, de visual muito uniforme. A espuma branca tem uma boa formação, com bolhas pequenas e ótima estabilidade.

O aroma é pautado por notas cítricas e tropicais, trazendo a percepção de nectarina, nêspera, grapefruit e maracujá. Em segundo plano encontramos notas herbais e um toque resinoso, a suave percepção de malte traz a memória a presença de caramelo.

Quando provamos a Destiny IPA temos uma cerveja de corpo médio e alta carbonatação. Enquanto que no paladar a percepção resinosa e herbal é acompanhada por um amargor alto. As notas cítricas antes destacadas no aroma, aqui ocupam o segundo plano juntamente com uma percepção muito suave do malte.

O aftertaste foi o que mais me surpreendeu, temos um amargor residual bastante alto, carregado de notas herbais e uma percepção resinosa muito presente. Esta percepção resinosa por sinal, se mantem persistente por bastante tempo, agarrada na língua.

A Destiny IPA começa com um aroma tropical e te faz crer que se trata de uma cerveja pautada pelo frescor, porém logo somos apresentados a um paladar intenso e com forte amargor.

Para a harmonização vamos levar em conta este perfil com amargor pungente e muito persistente.

Minha sugestão é harmonizarmos com um hambúrguer de linguiça toscana e queijo coalho gratinado. A proposta é trazer um contraste entre a gordura da cerveja, oriunda da linguiça e do queijo, com o amargor da cerveja. Isso permitirá que o paladar seja limpo e os sabores da carne sejam mais vívidos e destacados pelo herbal.

Prost!

Fabrizio Guzzon

O post Boa Cerveja-Feira #281… Destiny IPA apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-281-destiny-ipa/feed/ 0
Entrevista com Carlo Lapolli, presidente da Abracerva – Beercast #321 http://beercast.com.br/programas/cervejas-da-hemmer-e-abrecerva-com-paulo-lapolli-beercast-321/ http://beercast.com.br/programas/cervejas-da-hemmer-e-abrecerva-com-paulo-lapolli-beercast-321/#respond Wed, 17 Jul 2019 03:00:46 +0000 http://beercast.com.br/?p=18627 Anselmo Mendo, Felipe Silva e Maicon de Souza receberam o Carlo Lapolli pra contar um pouco sobre a Abracerva. Também participou desse papo o Eli Junior, ele trouxe umas cervejas da Hemmer e explicou pra gente como foi entrar nesse novo nicho de mercado.

O post Entrevista com Carlo Lapolli, presidente da Abracerva – Beercast #321 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>

Anselmo Mendo, Felipe Silva e Maicon de Souza receberam o Carlo Lapolli pra contar um pouco sobre a Abracerva. Também participou desse papo o Eli Junior, ele trouxe umas cervejas da Hemmer e explicou pra gente como foi entrar nesse novo nicho de mercado.

Confira como foi esse bate-papo.

Links Comentados durante o episódio:

BeerGifts

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

O post Entrevista com Carlo Lapolli, presidente da Abracerva – Beercast #321 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/programas/cervejas-da-hemmer-e-abrecerva-com-paulo-lapolli-beercast-321/feed/ 0
Boa Cerveja-Feira #280… Regia http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-280-regia/ http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-280-regia/#respond Fri, 12 Jul 2019 03:45:42 +0000 http://beercast.com.br/?p=18620 Esta semana vamos ver o Brexit não afeta o limite das escolas cervejeiras, com a Regia. A Regia é produzida pela Cervejaria Domus, localizado em Toledo na Espanha. A cervejaria foi fundada em 2007 pelo mestre cervejeiro Fernando Campoy, e a primeira cerveja produzida por eles foi justamente a Regia. Além de produzir cervejas, a… Read More »

O post Boa Cerveja-Feira #280… Regia apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
Esta semana vamos ver o Brexit não afeta o limite das escolas cervejeiras, com a Regia.

A Regia é produzida pela Cervejaria Domus, localizado em Toledo na Espanha. A cervejaria foi fundada em 2007 pelo mestre cervejeiro Fernando Campoy, e a primeira cerveja produzida por eles foi justamente a Regia.

Além de produzir cervejas, a região de Toledo é muito conhecida historicamente pelo seu aço. Durante quase 500 antes, de 500 a.C. até próximo a 100 d.C. Toledo era extremamente famosa pela qualidade de seu aço.

A produção de espadas e armaduras abasteceu boa parte do exército romano, depois de terem conhecido o armamento que até então foi usado por Aníbal nas guerras nas guerras púnicas. O aço apresentava uma liga extremamente dura e tecnologicamente avançada para época.

Regia

RegiaDados Técnicos:

Cerveja: Regia
Estilo: English Pale Ale
Teor: 4,8%
País de origem: Espanha
Embalagem: 330 ml
Nota: 3,25

A Regia apresenta um líquido dourado intenso, cristalino e brilhante. A espuma se forma branca e com duração mediana, mas mantendo uma fina camada por mais tempo.

O aroma apresenta herbais frescas de capim limão e uma suave presenta cítrica que remete a lima e laranja curaçau. Em segundo plano encontramos notas de malte discretas e uma suave nota terrosa, que eu esperava maior destaque.

A Regia apresenta corpo e carbonatação médios. Enquanto que no paladar temos notas herbais suaves e levemente cítricas, um amargor terroso mais evidente e uma adstringência inesperada para o estilo. Em segundo plano a presença de malte é bastante discreta.

O aftertaste nos apresenta uma experiência bastante rica. O amargor terroso ganha ainda mais destaque, bastante persistente, mas aliado a uma adstringência que cresce e gera uma percepção um pouco incomoda.

A Regia é uma cerveja que no aroma passa uma impressão de American Pale Ale, mas no paladar mostra que tem as características esperadas de uma cerveja inglesa. Lapidando alguns detalhes, esta cerveja pode se tornar um ótimo exemplar.

E como falamos em lapidar detalhes, podemos buscar realizar isso na própria harmonização. Vamos buscar opções que possam ajudar a destacar as qualidades da cerveja.

Minha sugestão é harmonizarmos com buraco quente com pimenta biquinho. A proposta aqui é usarmos a carne e o molho para salientar a percepção de malte. Enquanto que a pimenta biquinho não irá agregar picancia, e sim as notas mais herbais e condimentadas. Com isso esperamos deixar a adstringência em segundo e salientar o herbal da cerveja e o condimento do lanche.

Prost!

Fabrizio Guzzon

O post Boa Cerveja-Feira #280… Regia apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-280-regia/feed/ 0
Cervejas de Estilos Históricos – Beercast #320 http://beercast.com.br/programas/cervejas-de-estilos-historicos-beercast-320/ http://beercast.com.br/programas/cervejas-de-estilos-historicos-beercast-320/#comments Wed, 10 Jul 2019 03:00:33 +0000 http://beercast.com.br/?p=18609 Anselmo Mendo, Felipe Silva e Fabrizio Guzon resgatam algumas cervejas históricas e contam pra gente algumas curiosidades sobre esses estilos nada convencionais.

O post Cervejas de Estilos Históricos – Beercast #320 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>

Anselmo Mendo, Felipe Silva e Fabrizio Guzon resgatam algumas cervejas históricas e contam pra gente algumas curiosidades sobre esses estilos nada convencionais.

Confira como foi esse bate-papo.

Links Comentados durante o episódio:

BeerGifts

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

O post Cervejas de Estilos Históricos – Beercast #320 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/programas/cervejas-de-estilos-historicos-beercast-320/feed/ 4
Boa Cerveja-Feira #279… Pais Tropical http://beercast.com.br/programas/boa-cerveja-feira-279-pais-tropical/ http://beercast.com.br/programas/boa-cerveja-feira-279-pais-tropical/#comments Fri, 05 Jul 2019 03:45:31 +0000 http://beercast.com.br/?p=18590 Esta semana iremos visitar uma cerveja que faz uma contradição, uma cerveja holandesa chamada Pais Tropical. Esta cerveja é produzida pela cervejaria Oedipus, localizada em Amsterdam na Holanda. A história da cervejaria começou em 2009 pelos amigos Alex, Paul, Sander and Rick, que já tinham experiências anteriores em bares conhecidos nos EUA. Em 2010 e… Read More »

O post Boa Cerveja-Feira #279… Pais Tropical apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
Esta semana iremos visitar uma cerveja que faz uma contradição, uma cerveja holandesa chamada Pais Tropical.

Esta cerveja é produzida pela cervejaria Oedipus, localizada em Amsterdam na Holanda. A história da cervejaria começou em 2009 pelos amigos Alex, Paul, Sander and Rick, que já tinham experiências anteriores em bares conhecidos nos EUA.

Em 2010 e 2011 eles começaram a produzir cerveja como caseiros e a participar de festivais levando a sua própria cerveja, e com isso aprenderam sobre os insumos e testaram suas receitas.

A primeira cerveja de linha da cervejaria, chamada Mannenliefde, foi criada em 2012. E em 2013 a cervejaria fez um crowdfunding para seu primeiro local fixo no centro de Amsterdam e em 2015 eles efetivamente tiveram a inauguração da cervejaria e do brewpub.

País Tropical

Pais TropicalDados Técnicos:

Cerveja: Pais Tropical
Estilo: Session IPA
Teor: 4,5%
País de origem: Holanda
Embalagem: 330 ml
Nota: 3,75

A cerveja se apresenta em tom amarelo claro, brilhante e cristalina. A espuma é abundante, muito persistente, porém as bolhas não apresentam uniformidade.

O aroma é um reflexo direto do nome da cerveja, notas frutadas e tropicais. Podem ser percebidas notas de nêspera, pêssego e abacaxi. Em segundo plano encontramos leves notas herbais frescas e uma suave percepção de malte.

Ao provarmos a Pais Tropical vemos que se trata de uma cerveja de corpo baixo e média carbonatação. Enquanto que no paladar as notas herbais e o amargor ganham mais destaque, acompanhadas por notas frutadas de pêssego e casca de laranja. O amargor é apresentado mediano, mas bastante persistente e pautados pela percepção de casca de laranja.

O aftertaste traz o amargor em destaque, notas levemente cítricas e frutadas, persistente e agradável. O frutado segue suave mas presente por um bom tempo, remetendo a abacaxi e laranja.

A Pais Tropical é uma cerveja de corpo baixo e bastante refrescante, o amargor e as notas de malte garantem um conjunto agradável e suportam um ótimo drinkability.

Para a harmonização, além do conjunto de sabores e aromas, temos o conceito da cerveja. Portanto vale a pena buscar algo que remeta a todo este clima de verão e tropicalidade que a cerveja buscar exaltar.

Minha sugestão é harmonizar com picanha em iscas grelhada com abacaxi. Iremos trazer a harmonização por semelhança tanto pelas notas frutadas quanto pelas notas de malte.

Prost!

Fabrizio Guzzon

O post Boa Cerveja-Feira #279… Pais Tropical apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/programas/boa-cerveja-feira-279-pais-tropical/feed/ 2
Drinks Cervejeiros – Beercast #319 http://beercast.com.br/programas/drinks-cervejeiros-com-erika-barbosa-beercast-319/ http://beercast.com.br/programas/drinks-cervejeiros-com-erika-barbosa-beercast-319/#comments Wed, 03 Jul 2019 03:00:43 +0000 http://beercast.com.br/?p=18583 Anselmo Mendo e Felipe Silva receberam a Érika Barbosa, dessa vez para falar sobre drinks com cerveja e também sobre a participação dela no programa de TV Eisenbahn Mestre Cervejeiro.

O post Drinks Cervejeiros – Beercast #319 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>

Anselmo Mendo e Felipe Silva receberam a Érica Barbosa, dessa vez para falar sobre drinks com cerveja e também sobre a participação dela no programa de TV Eisenbahn Mestre Cervejeiro.

Confira como foi esse bate-papo.

Música de https://filmmusic.io
“Feelin Good” by Kevin MacLeod (https://incompetech.com)
License: CC BY (http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/)

Links Comentados durante o episódio:

BeerGifts

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

O post Drinks Cervejeiros – Beercast #319 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/programas/drinks-cervejeiros-com-erika-barbosa-beercast-319/feed/ 1
Boa Cerveja-Feira #278… Cervejaria Minimal http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-278-cervejaria-minimal/ http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-278-cervejaria-minimal/#comments Fri, 28 Jun 2019 03:45:32 +0000 http://beercast.com.br/?p=18558 Esta semana teremos um artigo diferente, falando não de uma cerveja, mas de uma degustação guiada com o pessoal da Cervejaria Minimal. A cervejaria Minimal nasceu do interesse de três amigos, Diogo, Jorge e Jayro em testar receitas que já faziam como caseiros. Isso os levou a criar a receita da Bazooka, uma Double IPA… Read More »

O post Boa Cerveja-Feira #278… Cervejaria Minimal apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
Esta semana teremos um artigo diferente, falando não de uma cerveja, mas de uma degustação guiada com o pessoal da Cervejaria Minimal.

Cervejaria Minimal

A cervejaria Minimal nasceu do interesse de três amigos, Diogo, Jorge e Jayro em testar receitas que já faziam como caseiros. Isso os levou a criar a receita da Bazooka, uma Double IPA que foi premiada logo em seu lançamento. E posteriormente foi produzida pela Cervejaria Dádiva.

Quando optaram por deixarem de serem caseiros e se tornaram uma cervejaria cigana, eles colocaram algumas regras

  • Produzir cervejas que gostam
  • A cerveja tem que ser boa, senão volta e revê a receita
  • Dar liberdade de entendimento ao consumidor e entender que beber é uma experiência pessoal

Com isso eles trouxeram uma identidade visual limpa e com poucas informações. Mostrando que o mais importante é a experiência pessoal do consumidor e não o texto presente na embalagem.

Cervejaria Minimal

Cervejaria Minimal

Roquer Cervejaria Independente

Essa degustação guiada contou com quatro rótulos e foi realizada no Roquer Cervejaria Independente, em São Roque. E mais do que ter cerveja para beber, a informalidade do pessoal da Cervejaria Minimal e o bate papo que ocorreu foi riquíssimo em informações e conhecimento.

Cervejaria Minimal

Tanju

Cerveja: Tanju
Estilo: Catharina Sour
Teor: 5,5%
País de origem: Brasil
Embalagem: on tap
Notas destacadas de caju, em segundo plano percepção cítrica de tangerina e maça verde. Acidez mediana e muito agradável.

Dica de Harmonização do Jayro: Ceviche de linguado

 

Cervejaria Minimal

Hop Attack Amarillo

Cerveja: Hop Attack Amarillo
Estilo: New England IPA
Teor: 6,5%
País de origem: Brasil
Embalagem: on tap
Pêssego, nectarina, carambola e malte. Amargor baixo com final seco e limpo.

Dica de Harmonização do Jayro: Tacos mexicanos de carne de porco apimentada

 

Cervejaria Minimal

Bazooka

Cerveja: Bazooka
Estilo: Double IPA
Teor: 8,2%
País de origem: Brasil
Embalagem: on tap
Dulçor de malte destacado, caramelo, resinoso e leve baunilha. Amargor alto porem equilibrado pelo malte com leve frutado. Final muito seco e com amargor persistente e limpo.

Dica de Harmonização do Jayro: Carré de Cordeiro com molho de hortelã

 

Cervejaria Minimal

Anger

Cerveja: Anger
Estilo: Russian Imperial Porter
Teor: 9,3%
País de origem: Brasil
Embalagem: on tap
Notas de café destacadas, em segundo plano chocolate amargo e defumado suave. Corpo médio e final limpo com persistência das notas de torra e defumado.

Dica de Harmonização do Jayro: Petit Gateou com calda de creme de avelã

 

Cervejaria Minimal

Petit Gateau com calda de chocolate com way avelã

 

Esta coluna foi diferente do que temos semanalmente, mas acho que algumas experiências devem ser compartilhadas e este espaço é perfeito para isso.

Não entramos a fundo nas cervejas, mas o importante ver que eventos como este são muito importantes para a cultura cervejeira. E entrando nos detalhes, o evento custou R$70,00 com as quatro cervejas inclusas, a sobremesa e um copo. Na minha modesta opinião um custo baixo para a qualidade das cervejas e do bate papo que tivemos com o pessoal da Cervejaria Minimal.

Prost!

Fabrizio Guzzon

O post Boa Cerveja-Feira #278… Cervejaria Minimal apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-278-cervejaria-minimal/feed/ 4
O “até breve” de Gustavo Passi – Beercast #318 http://beercast.com.br/programas/o-ate-breve-de-gustavo-passi-beercast-318/ http://beercast.com.br/programas/o-ate-breve-de-gustavo-passi-beercast-318/#comments Wed, 26 Jun 2019 03:00:04 +0000 http://beercast.com.br/?p=18553 O que será do Beercast sem os trocadilhos marotos de Gustavo Passi? Convidamos os patronos para esse adeus regado a muita esfiha do Habibs.

O post O “até breve” de Gustavo Passi – Beercast #318 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>

O que será do Beercast sem os trocadilhos marotos de Gustavo Passi? Convidamos os patronos para esse adeus regado a muita esfiha do Habibs.

Confira como foi esse bate-papo.

Links Comentados durante o episódio:

BeerGifts

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

O post O “até breve” de Gustavo Passi – Beercast #318 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/programas/o-ate-breve-de-gustavo-passi-beercast-318/feed/ 3
Boa Cerveja-Feira #277… Muskatnuss Herr Muller http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-277-muskatnuss-herr-muller/ http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-277-muskatnuss-herr-muller/#respond Fri, 21 Jun 2019 03:45:55 +0000 http://beercast.com.br/?p=18543 Esta semana vamos enfiar a cabeça na nossa horta de temperos e confundir nossos sensores olfativos com a Muskatnuss Herr Muller. Esta cerveja é produzida pela Freigeist Bierkultur. Esta cervejaria alemã trabalha fortemente com o resgate de estilos que caíram no esquecimento. Um bom exemplo disto é a Geisterzug, uma gose lançada pela Freigeist em… Read More »

O post Boa Cerveja-Feira #277… Muskatnuss Herr Muller apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
Esta semana vamos enfiar a cabeça na nossa horta de temperos e confundir nossos sensores olfativos com a Muskatnuss Herr Muller.

Esta cerveja é produzida pela Freigeist Bierkultur. Esta cervejaria alemã trabalha fortemente com o resgate de estilos que caíram no esquecimento. Um bom exemplo disto é a Geisterzug, uma gose lançada pela Freigeist em 2015, talvez uma das primeiras gose desta onda de sour que vemos hoje.

Além da Geisterzug, já falamos da Kopenickiade, Pimock e Hoppeditz.

Mais uma vez vemos que a Freigeist sai do meio comum e busca trazer novas percepções para um estilo que é naturalmente aberto a reinvenções.

Muskatnuss Herr Muller

Muskatnuss Herr MullerDados Técnicos:

Cerveja: Muskatnuss Herr Muller
Estilo: Spiced/Herbed Beer
Teor: 5,5%
País de origem: Alemanha
Embalagem: 330 ml
Nota: 4,50

A Muskatnuss Herr Muller se apresenta em um belo tom cobre, brilhante e cristalina. A espuma é levemente bege e tem formação baixa e breve, deixando somente uma fina camada sobre a cerveja.

Já no aroma vemos onde a cervejaria quis chegar. Somos apresentados a notas pronunciadas de especiarias diversas, como noz moscada, cardamomo, cravo e pimenta preta. Em segundo plano ainda encontramos notas de malte e caramelo que buscam trazer equilíbrio.

Quando provamos vemos que a Muskatnuss Herr Muller tem tanto o corpo quanto carbonatação baixos. Enquanto que no paladar temos novamente as especiarias em evidência, trazendo notas de cravo, cardamomo, canela em pau, coentro e noz moscada. Um amargor herbal mediano acompanhas as notas de especiarias. Em segundo plano o malte surge mais discreto e acompanhado por suaves notas de tosta.

No aftertaste temos as mesmas percepções que encontramos previamente. Mas com o amargor ganhando mais espaço, ainda pautado pelas especiarias e com um final bastante seco.

A Muskatnuss Herr Muller foge do esperado, mas fortalece que uma spiced/herbed beer pode abusar do uso de adjuntos que ainda estamos navegando dentro do conceito esperado.

Quando pensamos em harmonizar esta cerveja temos uma tarefa que não é simples, afinal com tantas notas podemos incorrer em algumas surpresas inesperadas.

Minha sugestão é prepararmos um carré de cordeiro marinado em uma infusão de especiarias. O carré é uma carne com sabor bastante marcante e por isso dificilmente será apagada pelo tempero. E esta infusão ajudará a destacar as notas de especiarias da cerveja.

 

Prost!

Fabrizio Guzzon

O post Boa Cerveja-Feira #277… Muskatnuss Herr Muller apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-277-muskatnuss-herr-muller/feed/ 0
Cervejas Mineiras com Pri Colares – Beercast #317 http://beercast.com.br/programas/cervejas-mineiras-com-pri-colares-beercast-317/ http://beercast.com.br/programas/cervejas-mineiras-com-pri-colares-beercast-317/#respond Wed, 19 Jun 2019 03:00:17 +0000 http://beercast.com.br/?p=18540 Experiências cervejeiras, viagens, relacionamento, cultura... tudo isso e muito mais hoje com a Pri Colares.

Confira como foi esse bate-papo.

O post Cervejas Mineiras com Pri Colares – Beercast #317 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>

Experiências cervejeiras, viagens, relacionamento, cultura… tudo isso e muito mais hoje com a Pri Colares.

Confira como foi esse bate-papo.

Links Comentados durante o episódio:

BeerGifts

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

O post Cervejas Mineiras com Pri Colares – Beercast #317 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/programas/cervejas-mineiras-com-pri-colares-beercast-317/feed/ 0
Boa Cerveja-Feira #276… Blackberry Daze IPA http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-276-blackberry-daze-ipa/ http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-276-blackberry-daze-ipa/#respond Fri, 14 Jun 2019 03:45:41 +0000 http://beercast.com.br/?p=18528 Esta semana vamos sair do pensamento comum e da mesmice, encontrando um exemplar que arrisca sair do hype do mercado e apostar novas percepções com a Blackberry Daze IPA Esta cerveja é produzida pela Anchor, assim como a Old Foghorn que falamos na coluna de algumas semanas atrás. Enquanto que a Old Foghorn era uma… Read More »

O post Boa Cerveja-Feira #276… Blackberry Daze IPA apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
Esta semana vamos sair do pensamento comum e da mesmice, encontrando um exemplar que arrisca sair do hype do mercado e apostar novas percepções com a Blackberry Daze IPA

Esta cerveja é produzida pela Anchor, assim como a Old Foghorn que falamos na coluna de algumas semanas atrás.

Enquanto que a Old Foghorn era uma Barleywine que buscava manter ao máximo a tradição da escola inglesa e colocando somente um toque discreto da escola americana. Já a Blackberry Daze IPA segue no caminho inverso, temos uma IPA que deixa de lado o uso dos lúpulos americanos e os perfis cítricos para apostar em um perfil herbal e terroso, quando como uma IPA inglesa.

Para completar este trajeto em sair do esperado a Anchor ainda inclui amoras silvestres da Califórnia no momento da segunda fermentação, trazendo notas completamente novas para uma IPA.

Blackberry Daze IPA

Blackberry Daze IPADados Técnicos:

Cerveja: Blackberry Daze IPA
Estilo: American IPA
Teor: 6,5%
País de origem: EUA
Embalagem: 355 ml
Nota: 4,00

Cerveja em tom cobre vivo e opaca. A espuma se forma muito uniforme, com bolhas pequenas e com boa duração.

O aroma se apresenta complexo, uma mescla de percepção. Encontramos notas de frutas maduras como mirtillo e amora silvestre. Aliado a isso temos uma percepção levemente herbal, um toque de zimbro e nota terrosa que remete a terra molhada, muito provavelmente oriundo do uso do dry hop dos lúpulos.

Quando provamos a Blackberry Daze IPA encontramos uma cerveja de corpo e carbonatação médios. Enquanto que o primeiro plano do paladar é ocupado por um amargor terroso e com suaves notas herbais. Uma percepção frutada muito bem inserida com toque de frutas vermelhas, mas sem acidez ou dulçor, somente o perfil do sabor.

Já no aftertaste temos as percepções mais terrosas, herbais e com leve ‘funk’ ganham destaque. Ocupando todo o paladar e se mantendo persistente por um longo prazo, mas em baixa intensidade. Ao final nos resta um cenário terroso, seco e levemente amargo.

A Blackberry Daze IPA é uma cerveja que trás para a IPA uma leitura fora do padrão que esperado. O cítrico dos lúpulos americanos é substituído por notas terrosas e herbais. E a adição de frutas vermelhas enriquece a percepção com um funk que reforça a percepção terrosa.

Para a harmonização seria tentador usar as notas frutadas, mas o terroso e o funk da cerveja são muito sedutores para serem deixados de lado.

Minha sugestão é harmonizarmos com uma bruschetta de pão d’água com cogumelos porto bello salteados na manteiga. O protagonista desta harmonização é a semelhança entre a percepção terrosa do Porto Bello e todo este perfil terroso da cerveja, realçando ainda mais o funk deste exemplar.

Prost!

Fabrizio Guzzon

O post Boa Cerveja-Feira #276… Blackberry Daze IPA apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-276-blackberry-daze-ipa/feed/ 0
Cervejas Trapistas e Quiz Cervejeiro – Beercast #316 http://beercast.com.br/programas/cervejas-trapistas-e-quiz-cervejeiro-beercast-316/ http://beercast.com.br/programas/cervejas-trapistas-e-quiz-cervejeiro-beercast-316/#respond Wed, 12 Jun 2019 03:00:47 +0000 http://beercast.com.br/?p=18523 Quem será que sabe mais curiosidades sobre as cervejas Trapistas? Além de falar um pouco sobre o estilo, Anselmo Mendo montou um Quiz pra saber se o pessoal sabe mesmo sobre o assunto.

O post Cervejas Trapistas e Quiz Cervejeiro – Beercast #316 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>

Quem será que sabe mais curiosidades sobre as cervejas Trapistas? Além de falar um pouco sobre o estilo, Anselmo Mendo montou um Quiz pra saber se o pessoal sabe mesmo sobre o assunto.

Confira como foi esse bate-papo.

Links Comentados durante o episódio:

BeerGifts

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

O post Cervejas Trapistas e Quiz Cervejeiro – Beercast #316 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/programas/cervejas-trapistas-e-quiz-cervejeiro-beercast-316/feed/ 0
Boa Cerveja-Feira #275… Old Foghorn http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-275-old-foghorn/ http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-275-old-foghorn/#comments Fri, 07 Jun 2019 03:45:38 +0000 http://beercast.com.br/?p=18518 Esta semana vamos ancorar nosso copo em uma Barleywine com história e tradição, com a Old Foghorn Esta Barleywine é produzida pela Anchor Brewing em São Francisco. Seu nome é uma referência às antigas buzinas que os faróis tocavam quando um navio se aproximava muito de outra embarcação ou da costa. A Old Foghorn é a… Read More »

O post Boa Cerveja-Feira #275… Old Foghorn apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
Esta semana vamos ancorar nosso copo em uma Barleywine com história e tradição, com a Old Foghorn

Esta Barleywine é produzida pela Anchor Brewing em São Francisco. Seu nome é uma referência às antigas buzinas que os faróis tocavam quando um navio se aproximava muito de outra embarcação ou da costa.

A Old Foghorn é a American Barleywine mais antiga a ser produzida nos EUA, desde 1975. E desde seu início a Anchor buscou usar a tradição inglesa aliada a inovação que a escola americana nesta cerveja. Por conta disto temos o envelhecimento da cerveja, que a tradição indica, mas também temos o dry hop de cascade dando o perfil da escola americana.

Podemos ler um pouco mais da história da cervejaria nas colunas que escrevi sobre a Anchor Summer Beer e a Anchor Barrel Ale.

E seu nome ainda usa o prefixo “Old”, fato muito comum na Inglaterra para nomear as cervejas deste estilo.

Old Foghorn

Old FoghornDados Técnicos:

Cerveja: Old Foghorn
Estilo: Barleywine
Teor: 8,2%
País de origem: EUA
Embalagem: 300 ml
Nota: 4,00

A cerveja se apresenta castanha escura com tons rubi e opaca. A espuma apresenta um tom creme e boa formação, porem bom baixa persistência.

No aroma encontramos notas de caramelo e melaço, um toque alcoólico bastante presente que remete a notas de brandy. Em segundo plano ainda temos notas de malte e uma suave percepção de castanhas.

Ao provarmos a Old Foghonrn temos uma cerveja de carbonatação média baixa, corpo alto e percepção aveludada. Enquanto que no paladar somos logos apresentados a uma percepção levemente condimentada, alcoólica e adocicada, com notas de caramelo, madeira e castanhas. Em segundo plano as notas de malte e pão de centeio, um toque frutado muito discreto que remete a figos.

Já o aftertaste mantem uma percepção aveludada e licorosa no palato, mantendo somente a percepção mais intensa de brandy, madeira e um final de açúcar queimado.

A Old Foghorn se apresenta uma Barleywine bem equilibrada e mesmo tendo corpo alto, sua percepção aveludada ajuda no drinkability. As notas finais de açúcar queimado fecham a percepção uma mescla de dulçor e tosta muito agradável.

Ao pensar na harmonização de uma cerveja como esta sou levado a usar estas notas mais alcoólicas e a percepção de caramelo da cerveja como carro chefe. Mas esta Barleywine me apresentou notas de castanhas que me agradaram bastante, então o desafio será destaca-las.

Pensando nisso, irei sugerir um prato que destaque esta percepção sem atrapalhar as demais notas. Um prato com mais gordura usará o álcool para limpar o paladar e irá dar mais espaço para as notas que queremos. Então minha sugestão é harmonizarmos com costela com pinhão. A costela é uma carne suculenta e com bastante presença de gordura, que será contrastada pelo teor alcoólico e o pinhão trará notas que irão destacar ainda mais a percepção de castanhas da cerveja.

Prost!

Fabrizio Guzzon

O post Boa Cerveja-Feira #275… Old Foghorn apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-275-old-foghorn/feed/ 3
Episódio Extra – Beercast no Mondial de la Biere – SP http://beercast.com.br/programas/episodio-extra-beercast-no-mondial-de-la-biere-sp/ http://beercast.com.br/programas/episodio-extra-beercast-no-mondial-de-la-biere-sp/#respond Thu, 06 Jun 2019 03:00:35 +0000 http://beercast.com.br/?p=18511 Anselmo Mendo foi até o Mondial de la Biere que rolou aqui em São Paulo e aproveitou pra conversar com o pessoal por la.

O post Episódio Extra – Beercast no Mondial de la Biere – SP apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>

Anselmo Mendo foi até o Mondial de la Biere que rolou aqui em São Paulo e aproveitou pra conversar com o pessoal por la.

Confira como foi esse bate-papo.

Links Comentados durante o episódio:

BeerGifts

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

O post Episódio Extra – Beercast no Mondial de la Biere – SP apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/programas/episodio-extra-beercast-no-mondial-de-la-biere-sp/feed/ 0
Reality Show Cervejeiro com Pedro Rocha – Beercast #315 http://beercast.com.br/programas/reality-show-cervejeiro-com-pedro-rocha-beercast-315/ http://beercast.com.br/programas/reality-show-cervejeiro-com-pedro-rocha-beercast-315/#comments Wed, 05 Jun 2019 03:00:38 +0000 http://beercast.com.br/?p=18506 Pedro Rocha conta para Anselmo Mendo, Renato Martins e Felipe Silva a experiência de participar de um Reality Show Cervejeiro.

O post Reality Show Cervejeiro com Pedro Rocha – Beercast #315 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>

Pedro Rocha, participante do Eisenbahn Mestre Cervejeiro, conta para Anselmo Mendo, Renato Martins e Felipe Silva a experiência de participar de um Reality Show Cervejeiro.

Confira como foi esse bate-papo.

Links Comentados durante o episódio:

BeerGifts

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

O post Reality Show Cervejeiro com Pedro Rocha – Beercast #315 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/programas/reality-show-cervejeiro-com-pedro-rocha-beercast-315/feed/ 5
Boa Cerveja-Feira #274… Happy’n Peace http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-274-happyn-peace/ http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-274-happyn-peace/#comments Fri, 31 May 2019 03:45:04 +0000 http://beercast.com.br/?p=18493 Esta semana vamos conhecer mais uma cerveja campeã, literalmente, a campeã do concurso de cervejeiros caseiros da Eisenbahn, a Happy’n Peace. Como disse acima, a Happy’n Peace é produzida pela Eisenbahn e idealizada pela Sommerlier e Especialista em Harmonizações Anne Galdino. O concurso da Eisenbahn agora é apresentado na versão de reality show. Apesar das… Read More »

O post Boa Cerveja-Feira #274… Happy’n Peace apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
Esta semana vamos conhecer mais uma cerveja campeã, literalmente, a campeã do concurso de cervejeiros caseiros da Eisenbahn, a Happy’n Peace.

Como disse acima, a Happy’n Peace é produzida pela Eisenbahn e idealizada pela Sommerlier e Especialista em Harmonizações Anne Galdino. O concurso da Eisenbahn agora é apresentado na versão de reality show. Apesar das polemicas, é indiscutível que este formato traz muito mais visibilidade tanto ao concurso quanto aos mestres cervejeiros.

Temos mais artigos sobre as cervejas do concurso como a Altbier, Ventura e Frost Bison.

Eu conheci a Anne no curso de Especialização em Harmonização que fizemos no ICB e para escrever esta coluna perguntei para ela sobre como foi a construção desta receita, e nas palavras dela:

Bem, na receita eu quis fugir do óbvio, e optei por procurar lúpulos que dessem as características cítricas, cujo estilo pede. Então o azzaca e o sorachi ace entraram no perfil sensorial que eu queria para tornar uma Berliner indo para o limão e uva verde

Eu, pessoalmente, achei que o fato da Anne ter ganho o concurso do mestre cervejeiro da Eisenbahn foi um ponto muito importante do cenário cervejeiro nacional. Isso pontua claramente que as mulheres são presentes neste cenário e tão competentes quanto qualquer homem.

Happy’n Peace

Happy’n Peace.Dados Técnicos:

Cerveja: Happy’n Peace
Estilo: Berliner Weisse
Teor: 3,5%
País de origem: Brasil
Embalagem: 500 ml
Nota: 4,00

A Happy’n Peace apresenta um tom amarelo palhar brilhante e completamente cristalino. E espuma tem ótima formação com bolhas pequenas e uniforme e longa duração

O aroma é marcado por notas bastante delicadas que remetem a uvas verdes, limão rosa e maça verde. As notas acéticas são discretas e mescladas com uma percepção levemente adocicada. A percepção de acidez no aroma é muito mais vinculada às percepção de frutas ácidas.

Ao provarmos a Happy’n Peace vemos que é uma cerveja de corpo baixo e carbonatação média alta. Enquanto que o paladar traz como protagonista uma acidez discreta marcada por notas de frutas verdes como uva verde e limão, o malte acompanha com suaves notas de grãos e mosto em segundo plano.

O aftertaste apresenta um aumento na percepção de acidez, ainda marcada por uvas verdes e leve dulçor de malte, acompanhada por um final seco e com a percepção de uvas verdes e limão rosa bastante delicados.

A Happy’n Peace é uma cerveja que traz notas discretas e equilibradas, trazendo a lembrança frutada e ácida. Agregando algumas alterações ao conceito original mas sem perder o cerne do estilo, uma cerveja bastante elegante em sua proposta.

Para a harmonização eu poderia pensar em salientar as notas frutadas ou aproveitar o malte discreto, mas a Anne se formou em Harmonização de Cervejas na mesma turma que eu, então nada mais justo que usar a mesma harmonização que ela mesmo usou em um de seus eventos.

A sugestão da Anne Galdino é harmonizarmos com ceviche de salmão com lichia. Estamos salientando a acidez e usando a lichia para destacar ainda mais as notas frutadas da cerveja.

Prost!

Fabrizio Guzzon

O post Boa Cerveja-Feira #274… Happy’n Peace apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-274-happyn-peace/feed/ 1
Cervejas Lagers da Avós – Beercast #314 http://beercast.com.br/programas/cervejas-lagers-da-avos-beercast-314/ http://beercast.com.br/programas/cervejas-lagers-da-avos-beercast-314/#comments Wed, 29 May 2019 03:00:49 +0000 http://beercast.com.br/?p=18491 Anselmo Mendo foi até a casa da Cervejaria Avós e vai contar pra gente um pouco mais sobre essa estratégia de fazer só Lagers!

O post Cervejas Lagers da Avós – Beercast #314 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>

Anselmo Mendo foi até a casa da Cervejaria Avós e vai contar pra gente um pouco mais sobre essa estratégia de fazer só Lagers!

Confira como foi esse bate-papo.

Links Comentados durante o episódio:

BeerGifts

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

O post Cervejas Lagers da Avós – Beercast #314 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/programas/cervejas-lagers-da-avos-beercast-314/feed/ 2
Boa Cerveja-Feira #273… Averbode http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-273-averbode/ http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-273-averbode/#respond Fri, 24 May 2019 03:45:13 +0000 http://beercast.com.br/?p=18461 Esta semana voltaremos para os clássicos, e mostrando que as vezes delegar para um especialista pode ser a melhor opção, com a Averbode. A cerveja Averbode é uma parceria entre a abadia de Averbode e a cervejaria Huyghe. Para quem não sabe a Huyghe é produtora das marcas Delirium, Floris, Mongozo dentre outras. A receita… Read More »

O post Boa Cerveja-Feira #273… Averbode apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
Esta semana voltaremos para os clássicos, e mostrando que as vezes delegar para um especialista pode ser a melhor opção, com a Averbode.

A cerveja Averbode é uma parceria entre a abadia de Averbode e a cervejaria Huyghe. Para quem não sabe a Huyghe é produtora das marcas Delirium, Floris, Mongozo dentre outras.

A receita é da Abadia de Averbode, que licenciou a huyghe a produzir sua cerveja, que não fez por menos e criou uma cerveja muito equilibrada, com uso de malte, aveia e espelta e inserção do lúpulo a frio no período de guarda.

E um detalhe que espero que seja visível na foto, é o copo desta cerveja. Ele tem logo da cervejaria no fundo e gera uma coluna de bolhas constante no copo, criando um visual muito bonito.

Averbode

AverbodeDados Técnicos:

Cerveja: Averbode
Estilo: Strong Golden Ale
Teor: 7,5%
País de origem: Bélgica
Embalagem: 375 ml
Nota: 3,75

Cerveja dourada, cristalina e brilhante. A espuma se forma abundante, com bolhas pouco uniformes, mas é muito persistente e fica como uma camada de neve belíssima sobre o líquido.

No aroma a primeira percepção que temos são grãos, um toque de mosto e aveia. Em segundo plano temos notas florais bastante delicadas e frescas.

Quando provamos a Averbode notamos corpo alto e carbonatação média alta. Enquanto que no paladar encontramos notas de frutas como jambo amarelo e nêspera que percepção madura. Em segundo plano encontramos novamente as notas de grãos e pão doce.

No aftertaste as notas frutadas e o malte ocupam o segundo plano. O protagonista aqui são as notas florais silvestres, o suave amargor com toque de especiarias e o final seco. Seguindo bem ao final um leve aquecimento muito agradável.

A Averbode é uma Strong Golden Ale que foge do padrão esperado. Enquanto que a maioria opta por trazer o álcool evidente e frutas amarelas aqui temos outra experiência. A frutas são mais silvestres, o uso de multigrãos traz percepções adicionais de malte e o resultado é uma cerveja fina e com notas delicadas, mas ainda assim potente.

Enquanto provo a cerveja tenho duas facetas da cerveja que me chamam para a harmonização, as notas frutadas e os perfis de malte.

Minha sugestão é harmonização com uma variação do Suikerbrood, um pão belga. Normalmente ele é recheado com canela e perolas de açúcar. Mas nesta versão vamos trocar a canela por nêsperas picadas. Vamos usar da semelhança para realçar ainda mais as notas frutadas da cerveja e aproveitar as notas do pão para realçar os maltes usados.

Prost!

Fabrizio Guzzon

O post Boa Cerveja-Feira #273… Averbode apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-273-averbode/feed/ 0
Dicas Cervejeiras de Portugal com Carlos Bronson – Beercast #313 http://beercast.com.br/programas/dicas-cervejeiras-de-portugal-com-carlos-bronson-beercast-313/ http://beercast.com.br/programas/dicas-cervejeiras-de-portugal-com-carlos-bronson-beercast-313/#respond Wed, 22 May 2019 03:00:01 +0000 http://beercast.com.br/?p=18478 Carlos Bronson foi pra Lisboa e trouxe pra gente algumas dicas cervejeiras, além de uma boa cerveja, é claro.

O post Dicas Cervejeiras de Portugal com Carlos Bronson – Beercast #313 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>

Carlos Bronson foi pra Lisboa e trouxe pra gente algumas dicas cervejeiras, além de uma boa cerveja, é claro.

Confira como foi esse bate-papo.

Links Comentados durante o episódio:

BeerGifts

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

O post Dicas Cervejeiras de Portugal com Carlos Bronson – Beercast #313 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/programas/dicas-cervejeiras-de-portugal-com-carlos-bronson-beercast-313/feed/ 0
Boa Cerveja-Feira #272… Tropical Blood http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-272-tropical-blood/ http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-272-tropical-blood/#comments Fri, 17 May 2019 03:45:41 +0000 http://beercast.com.br/?p=18456 Esta semana vamos descobrir como elevar o nível de complexidade de uma cerveja com uma sequência de técnicas, com a Tropical Blood. A cerveja foi desenvolvida pela Infected Brewing de Santos em São Paulo. A base desta receita é uma Berliner Weisse, mas a Infected Brewing não parou por aí. Para começar vamos fermentar está cerveja… Read More »

O post Boa Cerveja-Feira #272… Tropical Blood apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
Esta semana vamos descobrir como elevar o nível de complexidade de uma cerveja com uma sequência de técnicas, com a Tropical Blood.

A cerveja foi desenvolvida pela Infected Brewing de Santos em São Paulo. A base desta receita é uma Berliner Weisse, mas a Infected Brewing não parou por aí.

Para começar vamos fermentar está cerveja com Brettanomyces, afinal não queremos simplesmente uma Berliner.

Como se isso não fosse o suficiente, vamos adicionar amoras, framboesas, goiabas e cascas de laranja para trazer novas notas frutadas a experiência.

E para fechar, vamos envelhecer esta cerveja por seis meses em barris de Carbenet Merlot. Acho que é o suficiente para agregar complexidade a uma cerveja.

Tropical Blood

Tropical BloodDados Técnicos:

Cerveja: Tropical Blood
Estilo: Berliner Weisse
Teor: 6,0%
País de origem: Brasil
Embalagem: 375 ml
Nota: 4,25

A Tropical Blood se apresenta em tom vermelho intenso, quase rubi e brilhante. A espuma boa formação, bolhas pequenas, porem baixa duração.

No aroma a acidez cítrica é bastante evidente, porém não identifiquei qualquer traço rústico. Logo encontramos notas de frutas vermelhas em segundo plano com acidez de amora silvestre, framboesa e frutado de goiaba.

Ao provarmos encontramos uma cerveja de corpo baixo, alta carbonatação, gerando muita salivação pela acidez. Enquanto que no paladar somos apresentados a um conjunto bastante ácido, inicialmente chegando a sobrepor as demais notas. Mas logo encontramos a presença cítrica e acético, notas de vinagre de maça, toque de laranja curaçau. Em segundo plano temos a presença de frutas vermelhas como framboesa e amora.

Após a cerveja aquecer um pouco ainda temos a adição da percepção de vinagre de vinho e vinificação ao final do paladar.

No aftertaste a Tropical Blood mantém suculência, acompanhada de notas de frutas vermelhas em destaque, vinificado de vinho tinto, vinagre, amora, framboesa. A acidez reduz com certa rapidez, restando a percepção vinificada e de frutas vermelhas.

A Tropical Blood esta muito distante de uma Berliner clássica, mas essa distância é esperada. E com todas as modificações feitas na receita temos uma experiência muito distante de qualquer estilo conhecido. Por vezes podemos achar que estamos mais próximo a uma Oud Bruin, por vezes próximos a uma American Sour. Mas no fundo a Tropical Blood é uma experiência por si só.

Para a harmonização, diferente da última semana, serei mais conversador. Neste caso a cerveja é bastante complexa e, portanto, quero manter o prato simples, para não disputar espaço com a cerveja.

Minha sugestão é harmonizar com trufas de chocolate branco. Mesmo sendo uma sobremesa naturalmente doce e gordurosa a cerveja irá nos dar os elementos ideais para contrastar estas características. Enquanto que a acidez e notas vinificadas contrastam com o dulçor, a carbonatação irá dar conta da untuosidade.

Prost!

Fabrizio Guzzon

O post Boa Cerveja-Feira #272… Tropical Blood apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-272-tropical-blood/feed/ 1
Bruna Garcia e Bernardo Couto – Mercado Cervejeiro – Beercast #312 http://beercast.com.br/programas/bruna-garcia-e-bernardo-couto-mercado-cervejeiro-beercast-312/ http://beercast.com.br/programas/bruna-garcia-e-bernardo-couto-mercado-cervejeiro-beercast-312/#comments Wed, 15 May 2019 03:00:26 +0000 http://beercast.com.br/?p=18470 Anselmo Mendo e Renato Martins recebem as ilustres presenças de Bruna Garcia e Bernardo Couto para falar um pouco sobre a Segunda Rodada, 2 Cabeças e um pouco sobre o mercado cervejeiro atual.

O post Bruna Garcia e Bernardo Couto – Mercado Cervejeiro – Beercast #312 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>

Anselmo Mendo e Renato Martins recebem as ilustres presenças de Bruna Garcia e Bernardo Couto para falar um pouco a Segunda Rodada, 2 Cabeças, Cerveja de Graça e um pouco sobre o mercado cervejeiro atual.

Confira como foi esse bate-papo.

Links Comentados durante o episódio:

BeerGifts

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

O post Bruna Garcia e Bernardo Couto – Mercado Cervejeiro – Beercast #312 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/programas/bruna-garcia-e-bernardo-couto-mercado-cervejeiro-beercast-312/feed/ 2
Boa Cerveja-Feira #271… Vinagrete http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-271-vinagrete/ http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-271-vinagrete/#respond Fri, 10 May 2019 03:45:05 +0000 http://beercast.com.br/?p=18451 Esta semana iremos descobrir que a produção caseira de cerveja não está limitada as IPAs e Stouts, com a Vinagrete. Esta cerveja é uma produção local pela Elementos, que você pode encontrar no La Maison de La Biere. E só podemos encontrar por lá pois é a produção caseiro do Rogério Santiago, cervejeiro caseiro e… Read More »

O post Boa Cerveja-Feira #271… Vinagrete apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
Esta semana iremos descobrir que a produção caseira de cerveja não está limitada as IPAs e Stouts, com a Vinagrete.

Esta cerveja é uma produção local pela Elementos, que você pode encontrar no La Maison de La Biere. E só podemos encontrar por lá pois é a produção caseiro do Rogério Santiago, cervejeiro caseiro e responsável por uma série de ótimas cervejas.

Esta Oud Bruin é feita com base em um mosto acidificado com lactobacilos e posteriormente realizada uma segunda fermentação em um barril que foi usado para envelhecimento de vinagre balsâmico. E tudo isso feito no ambiente caseiro, e resultando em uma cerveja fantástica

Vinagrete

VinagreteDados Técnicos:

Cerveja: Vinagrete
Estilo: Oud Bruin
Teor: 7,2%
País de origem: Brasil
Embalagem: on tap
Nota: 4,25

A Vinagrete se apresenta castanha escura com nuances rubi. A espuma se apresenta levemente rosada, com uma ótima formação, bolhas pequenas e uniformes e muito persistente.

O aroma traz notas evidentes de acético e balsâmico primeiro plano como era de esperado. Já em segundo plano temos os aromas complementares de frutas vermelhas e amadeirado. Conforme a cerveja ganha temperatura as notas de frutas vermelhas se tornam ainda mais evidentes.

Quando provamos a Vinagrete vemos que é uma cerveja de corpo médio e alta carbonatação. Enquanto que no paladar a acidez balsâmica característica da Oud Bruin é destacada. Mas temos a complementação com notas de frutas vermelhas, amadeirado e o suave toque de vinagre de vinho tinto.

No aftertaste as notas de madeira e frutas vermelhas ganham ainda mais destaque, ficando à frente das notas balsâmicas. A acidez tem persistência média e o final seco deixa a porta aberta para um próximo gole.

A Vinagrete é uma Oud Bruin caseira que apresenta uma ótima leitura do estilo, trazendo todas as notas que esperamos e ainda assim com uma personalidade muito marcante.

Para a harmonização normalmente se busca o contraste, usando algum doce a base de chocolate branco. Mas para mudar um pouco, vamos usar uma outra nota que me chamou a atenção.

Minha sugestão é harmonizar com carré suíno com molho de cerejas. O conceito desta harmonização é a semelhança entre as notas de frutas vermelhas da cerveja e do molho, que irão destacar ainda mais esta percepção. Enquanto que a acidez e as notas amadeiradas irão conversar com a carne suína e destacar seu sabor.

Prost!

Fabrizio Guzzon

O post Boa Cerveja-Feira #271… Vinagrete apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-271-vinagrete/feed/ 0
Cervejas do Daniel Córdova – Beercast #311 http://beercast.com.br/programas/cervejas-do-daniel-cordova-beercast-311/ http://beercast.com.br/programas/cervejas-do-daniel-cordova-beercast-311/#comments Wed, 08 May 2019 03:00:41 +0000 http://beercast.com.br/?p=18449 Felipe Silva não conseguiu trazer as cervejas do Daniel Córdova depois do Festival Brasileiro da Cerveja, mas o Fabrizio Guzzon conseguiu cumprir essa missão, podemos até que enfim provar essas famosas cervejas!

O post Cervejas do Daniel Córdova – Beercast #311 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>

Felipe Silva não conseguiu trazer as cervejas do Daniel Córdova depois do Festival Brasileiro da Cerveja, mas o Fabrizio Guzzon conseguiu cumprir essa missão, podemos até que enfim provar essas famosas cervejas!

Confira como foi esse bate-papo.

Links Comentados durante o episódio:

BeerGifts

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

O post Cervejas do Daniel Córdova – Beercast #311 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/programas/cervejas-do-daniel-cordova-beercast-311/feed/ 2
Boa Cerveja-Feira #270… Ka’Kau http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-270-kakau/ http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-270-kakau/#comments Fri, 03 May 2019 03:45:09 +0000 http://beercast.com.br/?p=18429 Esta semana vamos beber uma cerveja que homenageia os maias e o cacaueiro e faz isso de uma forma muito bem-feita, com a Ka’Kau. Esta cerveja é produzida pela cervejaria Augustinus, uma micro cervejaria fundada em 2013, hoje tocada pelos sócios e amigos Gabriel Cunha e Leonardo Indini. A Augustinus é uma cervejaria que desde… Read More »

O post Boa Cerveja-Feira #270… Ka’Kau apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
Esta semana vamos beber uma cerveja que homenageia os maias e o cacaueiro e faz isso de uma forma muito bem-feita, com a Ka’Kau.

Esta cerveja é produzida pela cervejaria Augustinus, uma micro cervejaria fundada em 2013, hoje tocada pelos sócios e amigos Gabriel Cunha e Leonardo Indini.

A Augustinus é uma cervejaria que desde a sua fundação já brincava com as cervejas extremas, RIS, Dubbels, Imperial IPAs. Desta vez vamos provar uma colaborativa entre a Augustinus e a Dádiva, uma Russian Imperial Stout com adição de cacau in natura e baunilha.

A receita não é uma novidade para a Augustinus, já era uma receita conhecida deles produzida como uma caseira, mas o nome Wasted Wonka, que envolve alguns direitos autorais. Então optaram por alterar para Ka’Kau, o nome maia para cacaueiro.

Ka’Kau

Ka'KauDados Técnicos:

Cerveja: Ka’Kau
Estilo: Russian Imperial Stout
Teor: 11,0%
País de origem: Brasil
Embalagem: on tap
Nota: 4,50

No copo a Ka’Kau se apresenta completamente negra e opaca. A espuma de forma densa e com bolhas pequenas em tom de bege escura pendendo para o marrom.

No aroma notas de chocolate ao leite destacado, baunilha bastante presente e a presença de cacau surge um pouco mais discreta ao fundo. Em segundo plano um leve toque licoroso e de tosta.

Quando provamos vemos que se trata de uma cerveja de corpo alto e carbonatação média baixa. Enquanto que no paladar encontramos uma cerveja licorosa com notas de baunilha, chocolate e cappuccino. Em segundo um leve amadeirado por conta da baunilha e a percepção aveludada toma conta do palato ao final.

Aftertaste com a percepção de chocolate ao leite e baunilha, mas encontramos o crescimento do amargor oriundo da tosta de forma equilibrando o dulçor inicial. O aquecimento alcoólico surge ao final, agradável e equilibrado fazendo os mais de 10% de teor alcoólico serem bem inseridos.

A Ka’Kau é uma Russian Imperial Stout que aplica cacau in natura e baunilha, que traz notas de chocolate muito frescas, muito agradável. E o principal ao meu ver é a maneira como o álcool e o caráter denso da cerveja são apresentados. O aveludado da cerveja é fantástico e preenche o palato lindamente.

Para a harmonização vou usar as notas de chocolate muito frescas que a cerveja apresenta. Afinal, seria um desperdício deixar de usar essa qualidade da cerveja.

Minha sugestão é harmonizar com folhado de chocolate amargo. O grau alcoólico da cerveja dará recado da untuosidade da massa e o chocolate amargo irá ressaltar as notas de chocolate ao leite da cerveja, sem reforçar o dulçor.

Prost!

Fabrizio Guzzon

O post Boa Cerveja-Feira #270… Ka’Kau apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-270-kakau/feed/ 2
Cervejas da Mikkeller em Barcelona com Flávio Yokooji – Beercast #310 http://beercast.com.br/programas/cervejas-da-mikkeller-em-barcelona-com-flavio-yokooji-beercast-310/ http://beercast.com.br/programas/cervejas-da-mikkeller-em-barcelona-com-flavio-yokooji-beercast-310/#comments Wed, 01 May 2019 03:00:11 +0000 http://beercast.com.br/?p=18427 Fávio Yokooji foi até Barcelona, aproveitou a viagem para buscar algumas cervejas e vai nos contar como foi essa experiência.

O post Cervejas da Mikkeller em Barcelona com Flávio Yokooji – Beercast #310 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>

Fávio Yokooji foi até Barcelona, aproveitou a viagem para buscar algumas cervejas e vai nos contar como foi essa experiência.

Confira como foi esse bate-papo.

Links Comentados durante o episódio:

BeerGifts

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

O post Cervejas da Mikkeller em Barcelona com Flávio Yokooji – Beercast #310 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/programas/cervejas-da-mikkeller-em-barcelona-com-flavio-yokooji-beercast-310/feed/ 1
Boa Cerveja-Feira #269… Manchinha 4 http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-269-manchinha-4/ http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-269-manchinha-4/#respond Fri, 26 Apr 2019 03:45:14 +0000 http://beercast.com.br/?p=18418 Esta semana beber, mas com consciência e sabendo que estamos fazendo o bem a alguém, além de nós mesmos, com a Manchinha 4. Esta versão da Manchinha foi produzida pela Biernards, que já falamos um pouco da cervejaria no post sobre a Jundiahy 2. Esta cerveja faz parte da iniciativa criada pela empresário Hugo Rocha… Read More »

O post Boa Cerveja-Feira #269… Manchinha 4 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
Esta semana beber, mas com consciência e sabendo que estamos fazendo o bem a alguém, além de nós mesmos, com a Manchinha 4.

Esta versão da Manchinha foi produzida pela Biernards, que já falamos um pouco da cervejaria no post sobre a Jundiahy 2.

Esta cerveja faz parte da iniciativa criada pela empresário Hugo Rocha para movimentar o mercado em uma corrente do bem. Mas as poucas linhas deste artigo são poucas para o tamanho desta ação, então pelo que ouçam o Beercast 308 onde o Anselmo e o Felipe Silva entrevistam o Hugo Rocha.

Vou aproveitar para falar tanto da cerveja em garrafa quanto na versão on tap.

Manchinha 4

Manchinha 4Dados Técnicos:

Cerveja: Manchinha 4
Estilo: Amber Ale
Teor: 5,0%
País de origem: Brasil
Embalagem: 500 ml/on tap
Nota: 4,00

Ao servirmos vemos uma cerveja castanha escura com nuances avermelhados. Na garrafa a espuma é bastante breve, enquanto que on tap ela se forma densa e duradoura.

Aroma inicial com caramelo em primeiro plano, seguido pelas notas de café e cacau. Em segundo plano temos notas de tosta discretas, pão australiano e leve toque de malte. Já no tap as notas de café e cacau se apresentam ainda mais presentes ao inicio.

A maior diferença ao meu ver ocorre assim que provamos a cerveja. Enquanto que a garrafa nos entrega uma cerveja de corpo e carbonatação baixas a opção on tap nos entrega um corpo médio baixo e carbonatação média.

No paladar temos a percepção de café verde, cacau e tosta de malte, enquanto que em segundo plano um leve toque herbal. Já no tap o café tem um pouco mais de destaque e tanto o café quanto o cacau são mais frescos.

O aftertaste trás notas de tosta e café, sendo seguido por uma leve adstringência. Enquanto que na opção on tap a percepção de café e cacau é mais persistente e finaliza com um suave amargor de tosta.

A Manchinha 4 apresentou algumas diferentes entre as opções de garrafa e on tap. Principalmente na carbonatação e espuma. Mas ainda assim é uma Amber Ale muito agradável e com notas frescas de café.

Para a harmonização vamos lembrar que todos os eventos de lançamento das Manchinhas foram uma grande reunião em bares e cervejarias. Portanto vamos buscar uma opção dentre o cardápio de bares.

Minha sugestão é harmonizarmos com bolinho de aipim recheado com carne seca. A intensão é contrastar o salgado da carne seca com a tosta. E por consequência, salientar o sabor de cacau e do aipim e carne.

Prost!

Fabrizio Guzzon

O post Boa Cerveja-Feira #269… Manchinha 4 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-269-manchinha-4/feed/ 0
Propriedade Industrial com Nuno Caldas – Beercast #309 http://beercast.com.br/programas/propriedade-industrial-com-nuno-caldas-beercast-309/ http://beercast.com.br/programas/propriedade-industrial-com-nuno-caldas-beercast-309/#comments Wed, 24 Apr 2019 03:00:32 +0000 http://beercast.com.br/?p=18411 Anselmo Mendo, Felipe Silva e Renato Martins convidaram o patrono Nuno Caldas para uma conversa sobre o recente caso da cervejaria que registrou a marca Helles.

O post Propriedade Industrial com Nuno Caldas – Beercast #309 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>

Anselmo Mendo, Felipe Silva e Renato Martins convidaram o patrono Nuno Caldas para uma conversa sobre o recente caso da cervejaria que registrou a marca Helles.

Confira como foi esse bate-papo.

Links Comentados durante o episódio:

BeerGifts

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

O post Propriedade Industrial com Nuno Caldas – Beercast #309 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/programas/propriedade-industrial-com-nuno-caldas-beercast-309/feed/ 1
Boa Cerveja-Feira #268… Sacromonte http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-268-sacromonte/ http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-268-sacromonte/#respond Fri, 19 Apr 2019 03:45:18 +0000 http://beercast.com.br/?p=18401 Esta semana vamos abrir a mala de quem foi viajar e começar a aproveitar os presentes, com a Sacromonte. Vamos conhecer a Sacromonte, uma cervejaria espanhola situada em Granada. É uma micro cervejaria que traz enraizada em sua história a própria história de Granada, mais especificamente no bairro de Sacromonte, onde é localizada a Abadia… Read More »

O post Boa Cerveja-Feira #268… Sacromonte apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
Esta semana vamos abrir a mala de quem foi viajar e começar a aproveitar os presentes, com a Sacromonte.

Vamos conhecer a Sacromonte, uma cervejaria espanhola situada em Granada. É uma micro cervejaria que traz enraizada em sua história a própria história de Granada, mais especificamente no bairro de Sacromonte, onde é localizada a Abadia com o mesmo nome.

Além da cervejaria, existem outras curiosidades a respeito do bairro de Sacromonte. Como as grutas, que foram construídas pela população que se aliava a ciganos e por conta disso era ‘convidada a se retirar’ da comunidade formal e lhes restava buscar abrigo nas encostam do bairro.

Sacromonte

SacromonteDados Técnicos:

Cerveja: Sacromonte
Estilo: English Pale Ale
Teor: 5,0%
País de origem: Espanha
Embalagem: 335 ml
Nota: 3,50

A Sacromonte se apresenta dourada e levemente opaca. Enquanto que a espuma tem formação média, com boa estrutura e se mantem persistente no copo por um bom tempo.

O aroma nos traz percepção de malte, grãos, biscoitos frescos e um toque floral. Já em segundo plano encontramos notas de mosto que remetem a doce e casca de pão.

Ao provarmos temos na Sacromonte uma cerveja de corpo médio e alta carbonatação. Enquanto que no paladar temos notas de grãos, biscoitos e casca de pão, acompanhadas malte e floral. Em segundo plano somos apresentados a um perfil discreto com leve amargor de fundo herbal bastante agradável.

No aftertaste este amargor ganha espaço trazendo as notas herbais para o primeiro plano. Aliado a esta percepção temos as notas de grãos e biscoitos ainda presentes, mas agora de forma mais discreta.

A Sacromonte é uma cerveja sem surpresas, mas no bom sentido. Toda a experiência é bastante agradável, trazendo o básico de forma muito bem construída, agregando notas florais e herbais no momento certo. Por vezes acho que falta este básico bem feito no mercado, que se preocupa demais em ter misturas inesperadas e sem base de comparação.

Para a harmonização, vamos levar em conta que a cerveja um presente que ganhei e veio diretamente da Espanha.

Minha sugestão é harmonizarmos com tapas, que pequenas porções de aperitivos servidas na Espanha, mas sejamos mais específicos e vamos harmonizar com lulas empanadas.

Vamos nos aproveitar do toque floral e herbal da cerveja para salientar o sabor marinho da lula, e garantir que nem o prato nem a cerveja ganhem mais destaque que o desejado.

Prost!

Fabrizio Guzzon

O post Boa Cerveja-Feira #268… Sacromonte apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-268-sacromonte/feed/ 0
Cerveja Manchinha na Central Panelaço do João Gordo – Beercast #308 http://beercast.com.br/programas/cerveja-manchinha-na-central-panelaco-do-joao-gordo-beercast-308/ http://beercast.com.br/programas/cerveja-manchinha-na-central-panelaco-do-joao-gordo-beercast-308/#respond Wed, 17 Apr 2019 03:00:08 +0000 http://beercast.com.br/?p=18396 Anselmo Mendo e Felipe Silva foram até o Central Panelaço para falar com Hugo Rocha, idealizador do projeto da cerveja Manchinha. De quebra conversamos também com o João Gordo sobre o espaço cultural criado por ele aqui em São Paulo.

O post Cerveja Manchinha na Central Panelaço do João Gordo – Beercast #308 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>

Anselmo Mendo e Felipe Silva foram até o Central Panelaço para falar com Hugo Rocha, idealizador do projeto da cerveja Manchinha. De quebra conversamos também com o João Gordo sobre o espaço cultural criado por ele aqui em São Paulo.

Confira como foi esse bate-papo.

Links Comentados durante o episódio:

BeerGifts

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

O post Cerveja Manchinha na Central Panelaço do João Gordo – Beercast #308 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/programas/cerveja-manchinha-na-central-panelaco-do-joao-gordo-beercast-308/feed/ 0
Boa Cerveja-Feira #267… Robert Burns http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-267-robert-burns/ http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-267-robert-burns/#comments Fri, 12 Apr 2019 03:45:38 +0000 http://beercast.com.br/?p=18388 Esta semana vamos visitar uma cerveja que faz uma homenagem a um poeta escocês, com a Robert Burns. Esta cerveja é produzida pela Belhaven, uma cervejaria escocesa fundada em 1719, mas que foi adquirida pela conhecida Greene King em 2005. A cerveja é uma homenagem a um famoso poeta escocês, que dá o nome a cerveja.… Read More »

O post Boa Cerveja-Feira #267… Robert Burns apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
Esta semana vamos visitar uma cerveja que faz uma homenagem a um poeta escocês, com a Robert Burns.

Esta cerveja é produzida pela Belhaven, uma cervejaria escocesa fundada em 1719, mas que foi adquirida pela conhecida Greene King em 2005.

A cerveja é uma homenagem a um famoso poeta escocês, que dá o nome a cerveja. Robert Burns (1758-1796) é conhecido como “Um dos maiores líricos da poesia universal”, palavras de Jorge Sena. Lendo as críticas e resenhas sobre as poesias de Robert Burns vemos algumas palavras que aparecem com frequência: Liberdade, erotismo, malicia, tom popular.

Olhando estas palavras, eu tenho quase certeza que Robert Burns escrevia suas poesias no ambiente do bar, que também compartilha de todos estes adjetivos.

Robert Burns

Robert BurnsDados Técnicos:

Cerveja: Robert Burns
Estilo: Brown Ale
Teor: 4,2%
País de origem: Escócia
Embalagem: 500 ml
Nota: 3,75

Ao servirmos a Robert Burns vemos uma cerveja castanha claro, com sutis reflexos vermelhos. A espuma se forma com boa qualidade e persistência.

O aroma é suave e delicado, que se apresenta aos poucos. As notas iniciais remetem a malte e um suave caramelo. Mas em segundo plano encontramos notas de café fresco e chocolate ao leite.

Ao provarmos temos uma cerveja de corpo e carbonatação médios. Enquanto que no paladar encontramos notas de torra suave, notas de café com leite, suave caramelo e malte discreto. Em segundo plano uma suave nota terrosa, toffe e mosto adocicado.

O aftertaste prima pelas notas de café, toffe e leve caramelo, aliado a um suave amargor que fecha a experiência da cerveja.

Após provar a Robert Burns a palavra que me vem à mente para descrever a cerveja é elegante. A maneira como os aromas e sabores se apresentam são sutis, mas sem abrir mão da complexidade.

Para a harmonização quero aliar duas características da cerveja, sua origem e a elegância do conjunto de aroma e sabores.

Minha sugestão é harmonizar com o pudim de pão e manteiga inglês, uma sobremesa típica do reino unido que além de usar os pães amanteigados usa creme de baunilha. E é nesta última parte que apoio a harmonização, usando o creme de baunilha para realçar a percepção de caramelo, toffe e café com leite da cerveja.

Prost!

Fabrizio Guzzon

O post Boa Cerveja-Feira #267… Robert Burns apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-267-robert-burns/feed/ 2
Cervejas Japonesas – Beercast #307 http://beercast.com.br/programas/cervejas-japonesas-beercast-307/ http://beercast.com.br/programas/cervejas-japonesas-beercast-307/#respond Wed, 10 Apr 2019 03:00:06 +0000 http://beercast.com.br/?p=18384 Renato Martins foi pro Japão e aproveitou para provar e trazer algumas cervejas pro Beercast, vamos descobrir como anda o cenário cervejeiro por lá?

O post Cervejas Japonesas – Beercast #307 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>

Renato Martins foi pro Japão e aproveitou para provar e trazer algumas cervejas pro Beercast, vamos descobrir como anda o cenário cervejeiro por lá?

Confira como foi esse bate-papo.

Links Comentados durante o episódio:

BeerGifts

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

Clique no play no inicio da página e escute nosso episódio. (44:21 de duração)

O post Cervejas Japonesas – Beercast #307 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/programas/cervejas-japonesas-beercast-307/feed/ 0
Boa Cerveja-Feira #266… Epoca Bella http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-266-epoca-bella/ http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-266-epoca-bella/#comments Fri, 05 Apr 2019 03:45:12 +0000 http://beercast.com.br/?p=18365 Esta semana vamos voltar no tempo e ter contato com mais um estilo que está saindo dos livros de história para voltar para as linhas de produção das cervejarias, com a Epoca Bella. Esta cerveja é uma produção colaborativa entre as cervejarias El Trago e a Narcose. As cervejarias buscaram trazer um estilo que está voltando… Read More »

O post Boa Cerveja-Feira #266… Epoca Bella apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
Esta semana vamos voltar no tempo e ter contato com mais um estilo que está saindo dos livros de história para voltar para as linhas de produção das cervejarias, com a Epoca Bella.

Esta cerveja é uma produção colaborativa entre as cervejarias El Trago e a Narcose. As cervejarias buscaram trazer um estilo que está voltando ao mercado. E pelo que li e provei, optaram por manter uma abordagem bastante clássica, trazendo uma cerveja com foco na simplicidade da receita e o resgate histórico.

O estilo Grisette remonta o inicio de 1800, no sul da Bélgica, onde este produto era vendido na saída das minas para saciar a sede dos mineiros. O estilo mantém um teor alcoólico baixo e alta carbonatação, muito propício para seu objetivo. Já o nome Grisette vem do termo “Gris”, que em francês significa Cinza que era a cor do uniforme das mulheres que serviam a cerveja, e passaram a ser chamadas de Grisettes até o nome ser diretamente vinculado a cerveja.

Epoca Bella

Epoca BellaDados Técnicos:

Cerveja: Epoca Bella
Estilo: Grisette
Teor: 4,5%
País de origem: Brasil
Embalagem: 355 ml
Nota: 3,50

No copo a Epoca Bella se apresenta amarelo clara, levemente opaca mas ainda com brilho. A espuma se forma abundante, mas com falta de uniformidade no tamanho das bolhas, mas bastante persistente.

No aroma temos predominantemente o malte, grãos e notas de pão e biscoito. Em segundo plano um leve toque cítrico e condimentado. No aroma conseguimos notar que a cerveja preza pela simplicidade da receita e o cuidado na construção da receita.

Ao provarmos vemos que a Epoca Bella tem corpo baixo e alta carbonatação. Enquanto que no paladar temos as notas de grãos, malte e casca de pão. Temos notas condimentadas que acompanham, como leve percepção de cravo e pimenta branca, muito provavelmente pelo uso de aveia e trigo.

Já no aftertaste vemos as notas condimentadas ganhando mais destaque, juntamente com a percepção de casca de pão. E a Epoca Bella fecha bastante seca, trazendo espaço para um novo gole.

Encontramos neste rótulo uma cerveja leve, bastante refrescante e com alto drinkability. E de fato perfeita para refrescar um dia de trabalho.

Para a harmonização optei por manter a busca pela simplicidade e o conceito da cerveja. Simplicidade e informalidade, como deveria ser consumir uma cerveja depois de um dia de trabalho.

Minha sugestão é harmonizar com crostini de alecrim com azeite. Uma massa simples e crocante com toque herbal do alecrim que irá ser destacado pelas notas condimentadas da cerveja.

Prost!

Fabrizio Guzzon

O post Boa Cerveja-Feira #266… Epoca Bella apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-266-epoca-bella/feed/ 1
Ivan Tozzi – Eisenbahn Mestre Cervejeiro 2017 – Beercast #306 http://beercast.com.br/programas/ivan-tozzi-eisenbahn-mestre-cervejeiro-2017-beercast-307/ http://beercast.com.br/programas/ivan-tozzi-eisenbahn-mestre-cervejeiro-2017-beercast-307/#comments Wed, 03 Apr 2019 03:00:46 +0000 http://beercast.com.br/?p=18373 Ivan Tozzi vai contar pra gente como foi participar e vencer o mais famoso programa de TV cervejeiro, o Eisenbahn Mestre Cervejeiro.

O post Ivan Tozzi – Eisenbahn Mestre Cervejeiro 2017 – Beercast #306 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>

Ivan Tozzi vai contar pra gente como foi participar e vencer o mais famoso programa de TV cervejeiro, o Eisenbahn Mestre Cervejeiro.

Confira como foi esse bate-papo.

Links Comentados durante o episódio:

BeerGifts

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

Clique no play no inicio da página e escute nosso episódio. (55:18 de duração)

O post Ivan Tozzi – Eisenbahn Mestre Cervejeiro 2017 – Beercast #306 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/programas/ivan-tozzi-eisenbahn-mestre-cervejeiro-2017-beercast-307/feed/ 4
Boa Cerveja-Feira #265… Big Wave http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-265-big-wave/ http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-265-big-wave/#comments Fri, 29 Mar 2019 03:45:25 +0000 http://beercast.com.br/?p=18356 Esta semana vamos comemorar mais um outono deste colunista com uma surpresa que encontrei pelas minhas andanças, a Big Wave. Esta cerveja é produzida pela Kona Brewing, uma cervejaria nativa do Hawai. Esta cervejaria foi fundada em 1994 por Cameron Healy e seu filho Spoon Khalsa. Um ponto muito interessante para quem já viu alguns… Read More »

O post Boa Cerveja-Feira #265… Big Wave apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
Esta semana vamos comemorar mais um outono deste colunista com uma surpresa que encontrei pelas minhas andanças, a Big Wave.

Esta cerveja é produzida pela Kona Brewing, uma cervejaria nativa do Hawai. Esta cervejaria foi fundada em 1994 por Cameron Healy e seu filho Spoon Khalsa.

Um ponto muito interessante para quem já viu alguns dos documentários sobre o estilo de vida dos havaianos, como o Island Earth que fala sobre os movimentos agrícolas sustentáveis, sabe que eles buscam fortemente proteger e manter a ilha.

Neste sentido a cervejaria usa energia solar, jardins para reciclagem da água, o uso do mosto para as pizzas do brewpub e redução da emissão de poluentes. Um exemplo de eficiência da produção, mas com muito mais foco na sustentabilidade do que meramente no lucro.

Big Wave

Big WaveDados Técnicos:

Cerveja: Big Wave
Estilo: Golden Ale
Teor: 4,4%
País de origem: EUA
Embalagem: 355 ml
Nota: 3,75

Cerveja dourada, levemente opaca, mas ainda assim brilhante. A espuma apresenta uma boa formação, apesar de baixa, com persistência mediana.

Aroma com notas de mel, amêndoas e nozes, com percepção caramelizada e agradável. Em segundo plano encontramos notas frutadas e notas de mosto. As notas de mel e amêndoas são inesperadas para uma Golden Ale, mas neste caso surgem de maneira muito agradável e o conjunto da cerveja fica muito agradável.

Ao provarmos a Big Wave encontramos uma cerveja de corpo baixo e carbonatação alta com percepção frisante na língua. Enquanto que no paladar com dulçor de malte, percepção destacada de mel e nozes, com as nozes surgindo como nozes caramelizadas por conta do malte. Em segundo plano temos um agradável floral, dulçor de malte e frutado discreto.

Já no aftertaste temos um amargor suave, percepção de mel e dulçor de mosto. Ao final reencontramos um toque agradável de nozes e castanhas.

Para a harmonização as notas inesperadas de mel e amêndoas pedem para serem consideradas, portanto, buscarei uma opção que posso realçar estas notas.

Pensando nisso, minha sugestão é frango com amêndoas laminadas e mel. Queremos um prato que tenho a mesma potência da cerveja, as amêndoas e o mel serão destacados e estes sabores serão ainda mais evidentes.

Prost!

Fabrizio Guzzon

O post Boa Cerveja-Feira #265… Big Wave apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-265-big-wave/feed/ 2
Festival Brasileiro da Cerveja 2019 – Entrevistas – Parte 2 – Beercast #305 http://beercast.com.br/programas/festival-brasileiro-da-cerveja-2019-entrevistas-parte-2-beercast-305/ http://beercast.com.br/programas/festival-brasileiro-da-cerveja-2019-entrevistas-parte-2-beercast-305/#comments Wed, 27 Mar 2019 03:00:20 +0000 http://beercast.com.br/?p=18348 Anselmo Mendo e Renato Martins foram em busca de entrevistas e, de quebra, contam as novidades que rolaram no Festival Brasileiro da Cerveja 2019.

O post Festival Brasileiro da Cerveja 2019 – Entrevistas – Parte 2 – Beercast #305 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
Mercado Cervejeiro na Argentina – Beercast #299

Festival Brasileiro da Cerveja 2019 – Entrevistas – Parte 2 – Beercast #305

Anselmo Mendo e Renato Martins foram em busca de entrevistas e, de quebra, contam as novidades que rolaram no Festival Brasileiro da Cerveja 2019.

Confira como foi esse bate-papo.

Links Comentados durante o episódio:

BeerGifts

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

Clique no play no inicio da página e escute nosso episódio. (45:50 de duração)

O post Festival Brasileiro da Cerveja 2019 – Entrevistas – Parte 2 – Beercast #305 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/programas/festival-brasileiro-da-cerveja-2019-entrevistas-parte-2-beercast-305/feed/ 2
Boa Cerveja-Feira #264… Brew Collection RIS http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-264-brew-collection-ris/ http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-264-brew-collection-ris/#comments Fri, 22 Mar 2019 03:45:19 +0000 http://beercast.com.br/?p=18339 Esta semana vamos criar um pleonasmo cervejeiro, provando uma Russian Imperial Stout Russa conhecida como Baltika Brew Collection RIS, ou como eles chama por lá Коллекция Пивовара Русский Имперский Стаут . Este rótulo foi produzida pela cervejaria Russa Baltika. Por sinal, tenho encontrado a série Baltika desta cervejaria com certa facilidade e com um preço… Read More »

O post Boa Cerveja-Feira #264… Brew Collection RIS apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
Esta semana vamos criar um pleonasmo cervejeiro, provando uma Russian Imperial Stout Russa conhecida como Baltika Brew Collection RIS, ou como eles chama por lá Коллекция Пивовара Русский Имперский Стаут .

Este rótulo foi produzida pela cervejaria Russa Baltika. Por sinal, tenho encontrado a série Baltika desta cervejaria com certa facilidade e com um preço bastante competitivo. Mas a cervejaria é um conglomerado que detém diversas outras marcas, entre elas a Carlsberg, já conhecida por praticamente todos.

A série Brew Collection foi desenvolvida pelos mestres cervejeiros Yuri Katunin e Dmitry Afonin olhando o mercado ocidental, especificamente das Américas. Ao notar que o mercado das Américas crescia cerca de 12% ao ano a cervejaria apostou em uma série de cervejas destinadas a exportação e a atender ao nosso paladar.

Com isso eles criaram dois rótulos, até agora, na série Brew Collection. O primeiro é a RIS que iremos falar, que se aproveitou das receitas antigas da cervejaria e criaram uma versão mais potente e com um toque adicional de lúpulo. O segundo rótulo é uma Russian Honey Brown Ale que, segundo os criadores, trará notas de mel e dos campos russos….. Não sei o significado de “campos russos”, mas imagino que tenha a ver com ursos…

Brew Collection RIS

Brew Collection RISDados Técnicos:

Cerveja: Brew Collection RIS
Estilo: Russian Imperial Stout
Teor: 10,0%
País de origem: Rússia
Embalagem: 450 ml
Nota: 3,75

A Brew Collection RIS se apresenta completamente negra e opaca. A espuma com ótima formação, cremosa e bastante persistente.

O aroma traz notas levemente licorosas, com nuances de malte torrado, café e chocolate. Em segundo plano encontramos a percepção de madeira, uma suave presença de baunilha e cacau.

Quanto provamos a Brew Collection RIS temos uma cerveja de corpo alto e aveludado e baixa carbonatação. Enquanto que o paladar encontra a percepção de café, chocolate ao leite e suave amadeirado. A primeira percepção chega a remeter ao licor Baileys com um pouco de café.

Em segundo plano notas de torra e um amargor que mescla a presença da torra e um toque herbal. Fato que se destaca ainda mais no aftertaste, fazendo as notas de torra, herbal e o amargor ganharem mais destaque.

A Brew Collection RIS é uma cerveja densa com uma textura aveludada que se faz presente principalmente quando a cerveja está mais gelada. As notas herbais surgem ao final complementando a percepção licorosa de café e madeira.

Para a harmonização optei por pesquisar ao invés de usar algum prato da minha memória, e fui em busca de pratos tipicamente russos.

Minha sugestão é a harmonização com Solyanka, uma sopa a base de carne com textura cremosa e com temperos picantes.  E é justamente a textura e a picância do prato que serão usados como chave da harmonização.

Usaremos as notas de tosta da cerveja para contrastar com a picância da cerveja e assim mudarmos o foco para o sabor da carne que será destacado pelas notas amadeiradas e pelo herbal.

Prost!

Fabrizio Guzzon

O post Boa Cerveja-Feira #264… Brew Collection RIS apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-264-brew-collection-ris/feed/ 2
Festival Brasileiro da Cerveja 2019 – Parte 1 – Beercast #304 http://beercast.com.br/programas/festival-brasileiro-da-cerveja-2019-beercast-304/ http://beercast.com.br/programas/festival-brasileiro-da-cerveja-2019-beercast-304/#comments Wed, 20 Mar 2019 03:00:11 +0000 http://beercast.com.br/?p=18335 Anselmo Mendo, Renato Martins, Felipe Silva e Pedro Rocha nos contam as novidades e impressões do Festival Brasileiro da Cerveja 2019.

O post Festival Brasileiro da Cerveja 2019 – Parte 1 – Beercast #304 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
Mercado Cervejeiro na Argentina – Beercast #299

Festival Brasileiro da Cerveja 2019 – Parte 1 – Beercast #304

Anselmo Mendo, Renato Martins, Felipe Silva e Pedro Rocha nos contam as novidades e impressões do Festival Brasileiro da Cerveja 2019.

Confira como foi esse bate-papo.

Links Comentados durante o episódio:

BeerGifts

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

Clique no play no inicio da página e escute nosso episódio. (35:08 de duração)

O post Festival Brasileiro da Cerveja 2019 – Parte 1 – Beercast #304 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/programas/festival-brasileiro-da-cerveja-2019-beercast-304/feed/ 5
Boa Cerveja-Feira #263… Irish Red Ale http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-263-irish-red-ale/ http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-263-irish-red-ale/#respond Fri, 15 Mar 2019 03:45:53 +0000 http://beercast.com.br/?p=18326 Esta semana estamos no aquecimento para o St Patrick Day e nada mais obvio que ir para uma cerveja clássica para o evento, a Irish Red Ale da Antuérpia. A Irish Red Ale que provei foi produzida pela Cervejaria Antuérpia de Minas Gerais. Já conhecia a cervejaria de eventos que fui em 2018 e as RIS… Read More »

O post Boa Cerveja-Feira #263… Irish Red Ale apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
Esta semana estamos no aquecimento para o St Patrick Day e nada mais obvio que ir para uma cerveja clássica para o evento, a Irish Red Ale da Antuérpia.

A Irish Red Ale que provei foi produzida pela Cervejaria Antuérpia de Minas Gerais. Já conhecia a cervejaria de eventos que fui em 2018 e as RIS são ótimas e aproveitei para provar este rótulo deles.

Encontrei esta cerveja em um passeio próximo ao meu trabalho, no Kabana Rock & Bar. Um local pequeno, mas com 10 torneiras de chopp disponíveis, com alguns rótulos muito bons e dois rótulos produzidos pela própria casa.

E como estamos aquecendo para o St Patrick Day, temos dois artigos escritos de 2015 sobre o tema:

http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/st-patrick/

http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/boa-cerveja-feira-com-burgman-lager/

Irish Red Ale

Irish Red AleDados Técnicos:

Cerveja: Irish Red Ale
Estilo: Irish Red Ale
Teor: 4,9%
País de origem: Brasil
Embalagem: On tap
Nota: 4,00

A cerveja apresenta colocação vermelha intensa, quase bordo. A espuma se forma branca, com uma ótima formação e persistência. A espuma se manteve como uma fina camada mesmo após um bom tempo.

O aroma traz a síntese de uma Irish Red Ale. Notas de malte, caramelo e suave tosta. Em segundo plano encontramos uma leve percepção terrosa, frutada e de toffe.

A Irish Red Ale é uma cerveja com corpo médio baixo e carbonatação médio alta. Enquanto que o paladar me surpreendeu pelo equilíbrio e drinkability. Notas de caramelo, suave dulçor de malte e toffe. Mas logo em seguida temos notas de tosta e um amargor muito suave com percepção terrosa e floral que gera um equilíbrio muito agradável ao meu paladar.

O aftertaste apresenta uma maior percepção do amargor e das notas de tosta, fechando seca e ainda assim bastante refrescante.

A Irish Red Ale representa muito bem o espirito irlandês das cervejas que remetem ao St Patrick Day, mas com notas frutadas e florais. Mas o destaque ao meu ver para esta cerveja é o equilíbrio e o drinkability.

Para a harmonização, as notas de malte, caramelo e tosta da cerveja foram as que mais me chamaram a atenção.

Minha sugestão é harmonizar com um lanche de carne desfiada no baguete italiano bastante carregado no molho. Já que cerveja apresentou notas marcantes de malte e toffe, buscamos a semelhança com as notas maltadas e suculentas da carne.

Prost!

Fabrizio Guzzon

O post Boa Cerveja-Feira #263… Irish Red Ale apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/leia-o-rotulo/colunistas/fabrizio-guzzon/boa-cerveja-feira-263-irish-red-ale/feed/ 0
Cerveja Abbondanza – Grape Ale – Beercast #303 http://beercast.com.br/programas/cerveja-abbondanza-grape-ale-beercast-303/ http://beercast.com.br/programas/cerveja-abbondanza-grape-ale-beercast-303/#comments Wed, 13 Mar 2019 03:00:24 +0000 http://beercast.com.br/?p=18320 Cerveja ou vinho? Já ouviu falar do estilo Grape Ale? Vamos descobrir um pouco mais sobre essa cerveja e estilo hoje no Beercast.

O post Cerveja Abbondanza – Grape Ale – Beercast #303 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
Mercado Cervejeiro na Argentina – Beercast #299

Cerveja Abbondanza – Grape Ale – Beercast #303

Cerveja ou vinho? Já ouviu falar do estilo Grape Ale? Vamos descobrir um pouco mais sobre essa cerveja e estilo hoje no Beercast.

Confira como foi esse bate-papo.

Links Comentados durante o episódio:

BeerGifts

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

Clique no play no inicio da página e escute nosso episódio. (36:42 de duração)

O post Cerveja Abbondanza – Grape Ale – Beercast #303 apareceu primeiro em Beercast Brasil.

]]>
http://beercast.com.br/programas/cerveja-abbondanza-grape-ale-beercast-303/feed/ 4