Boa Cerveja-Feira #300… Gasoline Sour

By | 29 de novembro de 2019

Esta semana iremos comemorar a persistência e o prazer em escrever, as vezes mais que beber, com a Gasoline Sour.

A Gasoline Sour é produzida pela Cervejaria Morada Etílica. Esta cerveja é baseada na Gasoline Soul deles, uma Wee Heavy, que inclusive foi tema do Beercast 235.

A cerveja é refermentada em barris de carvalho, usados antes para produção de vinho do porto. Só pela descrição já podemos esperar uma alteração significativa nos aspectos sensoriais da cerveja.

E a comemoração de hoje? A coluna 300! Comecei no início de março de 2014 a convite do pessoal do Beercast e desde então tenho estudado tanto sobre cerveja como sobre escrita de artigos, para trazer a informação de maneira simples, mas completa.


Gasoline Sour

Gasoline SourDados Técnicos:

Cerveja: Gasoline Sour
Estilo: Flanders Red Ale
Teor: 6,7%
País de origem: Brasil
Embalagem: 750 ml
Nota: 4,00


Ao servirmos a Gasoline Sour apresenta tonalidade castanho avermelhado, brilhante e viva. A espuma se forma rosada e baixa, porem com uma persistência alta.

No aroma temos notas de vinagre balsâmico, amadeirado e suave vinificado em primeiro plano. Já em segundo plano ainda encontramos notas de frutas vermelhas como cerejas e uma leve acidez lática.

Ao provarmos a Gasoline Sour temos uma cerveja de corpo e carbonatação médios. Enquanto que no paladar somos expostos a uma acidez pujante e pautada por notas acéticas de vinagre balsâmico, notas vinificadas e um leve frutado de cereja. E em segundo ainda encontramos a presença de notas amadeiradas e suave caramelo enquanto que o álcool se traduz em percepção de xerez.

No aftertaste temos a acidez e amadeirado evidentes, seguidos por notas de cereja e percepção de vinho tinto e porto com final seco e com acético residual persistente.

A Gasoline Sour é uma evolução extremamente bem-sucedida da Gasoline Soul. O uso de barris de vinho do porto traz notas vinificadas, de madeira e frutas vermelhas que são deliciosas, e acompanhadas de maneira equilibrada pela acidez balsâmica.


Para esta harmonização prefiro usar algo que mantenha a cerveja como a protagonista, sem ocultar qualquer um de seus aspectos.

Minha sugestão é harmonizarmos com mozarela de búfala de Canastra, esta mozarela tem o sabor mais marcante e maior untuosidade. Estas características irão nos ajudar a balancear a acidez e deixar as notas de vinho de porto, cerejas e balsâmico em destaque, temperando o sabor mais suave do queijo.

Prost!

Fabrizio Guzzon

2 thoughts on “Boa Cerveja-Feira #300… Gasoline Sour

  1. Daniel Córdova

    Graaaande Guzzon!

    Parabéns pelas 300 colunas! Admiro tua persistência e compromisso em manter a coluna toda 6a sem falta mesmo com a vida toda acontecendo ao redor e ao mesmo tempo.

    Abraço!

    Reply
    1. Fabrizio Guzzon Post author

      Valeu Dani!

      São 300, mas feitas com prazer e sabendo que sempre tem alguém lendo!

      Abç
      Guzzon

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.