Cervejas de Estilos Históricos – Beercast #320

By | 10 de julho de 2019

Anselmo Mendo, Felipe Silva e Fabrizio Guzon resgatam algumas cervejas históricas e contam pra gente algumas curiosidades sobre esses estilos nada convencionais.

Confira como foi esse bate-papo.

Links Comentados durante o episódio:

BeerGifts

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

4 thoughts on “Cervejas de Estilos Históricos – Beercast #320

  1. Daniel Córdova

    Fala, pessoal!
    Bem legal o tema do programa.
    Recentemente fiz uma Lichtenhainer (dizem que andou ganhando medalha por ai hehe) e é uma coisa meio diferente pegar defumado e acidez na mesma cerveja. Não é todo dia.
    Na verdade o plano inicial era fazer a Grodziskie, mas não tinha um dos ingredientes disponíveis, e é aí que quero chegar. O defumado dela não é o mesmo das rauchbier/lichtenhainer. Não é usado malte pilsen defumado de faia. É malte de trigo defumado em carvalho! Olha que coisa doida. Mas é muito difícil de encontrar por aqui pra comprar.
    Já a Sahti julguei uma no sul-brasileiro do ano passado. Tinha bastante perfil de banana. Fiquei curioso de provar uma lá dos caras mesmo.
    Vi aqui no meu untappd que tomei essa sahti do programa no FBC de 2018 e a grodziskie no FBC desse ano. Dei 3,5 em casa. Acho que ano que vem vou tomar a lichtenhainer pra fechar o ciclo =D
    Valeu!

    Reply
    1. Anselmo Mendo

      Aê, parabéns Córdova! Faz já um tempo que gravamos o programa e só soube da sua cerveja depois. Suas leveduras são da Levteck? Na última vez que consultei, as cervejas não pareciam mais no site da Hunsrück, tomará que não tenham desistido. Seria bem bacana se você tivesse participado da gravação com a gente. Vai repetir a dose com a Lichtenhainer? Abração!

      Reply
      1. Daniel Córdova

        Valeu, Anselmo
        Então, a Levteck tem a linha de leveduras deles (american ale, lager, weiss, saison, etc) e no site eles botaram os estilos do BJCP com a descrição em português e a sugestão de qual levedura da linha deles serviria para fazer o estilo. Não é que eles tem a cepa original lá de Lichtenhain ou de Grodzisk pra vender. Só queria apontar isso.
        Mas não, usei outra pra fazer a minha Lichtenhainer.
        Se vou repetir? Talvez um dia, nada programado por enquanto =)

        Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.