Boa Cerveja-Feira #261… Kameradski Balsamico

By | 1 de março de 2019

Na coluna anterior já falamos de como misturar adjuntos na cerveja, então esta semana vamos radicalizar e misturar estilos e usar a Kameradski Balsamico como referência.

A Kameradski Balsamico é um blend entre uma Russian Imperial Stout e uma Oude Bruin realizada pela cerveja Belga TVerzet. Esta cerveja faz parte das ‘bootlegs’ da cervejaria, dentre os outros exemplares destas produções especiais da cervejaria me chamaram a atenção dois rótulos.

A Sweet Little Lies and Dirty Leaks, uma cerveja multi grãoes que conta com adição de limão e alho poró. E a Super Boil, uma Oude Bruin fervida por 16h, ganhando muito mais corpo e toques de caramelo.

Mas a cerveja escolhida para hoje não fica atrás dos dois exemplos acima, afinal, realizar um blend entre dois estilos tão fortes não é uma tarefa simples.

Kameradski Balsamico

Kameradski BalsamicoDados Técnicos:

Cerveja: Kameradski Balsamico
Estilo: Russian Imperial Stout
Teor: 12,5%
País de origem: Belgica
Embalagem: On tap
Nota: 4,25

Cerveja em tom rubi escuro, praticamente negro. A espuma é cremosa e em tom bege, que remete a café com leite. Além de apresentar uma ótima formação e persistência.

No aroma as notas balsâmicas surgem em primeiro plano, remetendo a vinagre balsâmico e xerez. Em segundo plano encontramos notas de tosta de café recém coado, leve vinificado e chocolate.

Quando provamos a  Kameradski Balsamico temos uma cerveja de carbonatação médio baixa e corpo médio alto. Enquanto que no paladar temos notas balsâmicas intensas no início, com percepção de vinagre balsâmico, mas logo encontramos a presença licorosa que remete a xerez e vinho do porto, acidez vinificada e notas de amoras maduras.

Em segundo plano notas de tosta e café surgem discretas e criando um contraponto às percepções ácidas e alcoólicas que temos inicialmente.

Já no aftertaste traz a percepção aveludada ao palato, com notas de licor de café, aquecimento na garganta e uma leve picância por conta do residual da acidez vinificada, e um leve toque de amoras.

A Kameradski Balsamico é uma cerveja complexa e com notas extremas, tanto a percepção balsâmica quanto as notas de café, alcoólico e frutado são fundamentais na construção da experiência.

A harmonização de uma cerveja como este, graças a sua complexidade, pode ser simples ou muito difícil. Eu vou optar por uma opção mais simples, mas sem esquecer da potência da cerveja.

Minha sugestão é harmonizar com uma salada de rúcula, prosciutto e pedaços de gorgonzola. Apesar de ser uma salada relativamente simples, vamos tentar usar tudo que a cerveja nos oferece.

Obviamente as notas balsâmicas irão realçar o sabor da rúcula, a untuosidade do gorgonzola irá contrapor o alcoólico da cerveja e com isso realçamos as notas frutadas. Enquanto o prociutto irá se aproveitar das notas vinificadas para ganhar destaque.

Prost!

Fabrizio Guzzon

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*