Boa Cerveja-Feira #190…. A Little Bitch Sour

Por | 20 de outubro de 2017

Esta semana vamos descobrir que a curiosidade e uma boa parceria pode nos levar a cervejas inovadoras, com A Little Bitch Sour.

A Little Bitch Sour é produzida pela cervejaria Bastards, do Paraná. A cervejaria está na estrada desde 2013 de maneira bastante expressiva e começou com uma série de cervejas com rótulos com muita personalidade, tanto que cada cerveja apresentava um personagem com uma história bastante completa, como vimos no artigo escrito pelo Anselmo sobre como foram feitos os rótulo : Rótulos Bastardos!

Esta Barleywine faz parte de um projeto de parcerias da cervejaria Bastards com outras cervejarias na produção deste estilo, A Little Bitch Sour é uma parceria com a cervejaria Urbana que trás um misto de Barleywine e Sour. A outra parceria é com as cervejarias Daoravida e ZalaZ, que produziu uma Barleywine onde foi adicionado caldo de cana e doce de goiaba e por fim, a parceria com a cervejaria Araucária gerou uma cerveja que foi maturada com a madeira mística palo santo, usada em vários rituais.

 A Little Bitch Sour

Dados Técnicos:

Cerveja: A Little Bitch Sour
Estilo: (Sour) Barley Wine
Teor: 10,5%
País de origem: Brasil
Embalagem: on tap
Nota: 4,75

Ao servirmos vemos uma cerveja castanha, opaca e com espuma bege clara com uma aparência muito bonita, cremosa e persistente.

No aroma encontramos malte, caramelo, xerez, um toque vinificado e suave alcoólico. Em segundo plano temos notas frutadas bastante suaves e percepção de acidez discreta.

Ao provarmos a A Little Bitch Sour vemos que a cerveja apresenta corpo alto e média carbonatação, enquanto que no paladar temos um inicio marcado por notas de caramelo, frutado suave que remete a frutas vermelhas, malte e suave dulçor de melaço.

O aftertaste surpreende pelo aumento da acidez que trás notas muito distintas de vinho tinto, suave percepção licorosa de vinho do porto e fechando de maneira seca e levemente adstringente.

A Little Bitch Sour é uma cerveja com notas muito peculiares, com percepções de vinho tinto e acidez únicas, um exemplar inesperado e surpreendentemente bom.

Dado os nuances que a cerveja trás ao paladar, temos uma gama vasta de opções para a harmonização. Eu irei buscar trazer destaque as notas vinificadas que foram aquelas que mais me chamaram a atenção nesta cerveja.

Minha sugestão é harmonizar A Little Bitch Sour com medalhões de filé mignon ao molho de vinho tinto. Desta forma salientamos o sabor da carne com as notas maltadas e a acidez e percepção de vinho da cerveja será destacada pelo tanino do molho.

Prost!

Fabrizio Guzzon

2 comentários para “Boa Cerveja-Feira #190…. A Little Bitch Sour

  1. Daniel Córdova

    Fala Guzzon!
    Como vc percebeu a acidez dessa cerveja? Bem presente? Casou legal com os sabores geralmente bem adocicados e amargos da barley wine? E com o álcool?
    Fiquei muito curioso em experimentar essa cerveja. É difícil encontrar sours tão alcoólicas.
    Abraço!

    Responder
    1. Fabrizio Guzzon Autor

      Grande Daniel,

      A acidez aparece muito mais no aftertaste e não é tão alta, é mais puxada para aquela acidez vinificada…. é uma mistura muito interessante.

      O malte e o dulçor aparecem no começo.

      Vale a pena conhecer… é uma experiência bem bacana.

      Abç
      Guzzon

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*