Boa Cerveja-Feira #214….Rye Porter

By | 6 de Abril de 2018

Hoje iremos desembarcar na coluna com uma cerveja sazonal de uma série que roda pelos estilos de vários países, com a Rye Porter

Imigração Volta ao Mundo

Rótulo Imigração

Esta cerveja é produzida pela cervejaria Imigração, natural de Campo Bom/RS e fundada em 2014. Apesar do nome imigração não ser comum a todos, esta cervejaria produz também uma marca que tem conseguido chamar muito atenção no mercado cervejeiro, a Roleta Russa. O nome da cervejaria é uma referência a imigração alemã de 1824 onde os navios germânicos aportaram no Brasil.

Esta cerveja faz parte da série “Volta ao Mundo”, uma série de cervejas que são produzidas em somente um mês do ano, de forma a termos diferentes estilos em diferentes momentos do ano. Alem da Rye Porter que iremos falar hoje, temos outros oito rótulos que fazem desta série.

Hibiscus Belgian Blond Ale, Coffee Stout, Oktoberfest, Vienna Lager, California Common, American Wheat Beer, Summer Ale e a IPA Single Hop Mosaic.

Rye Porter

Rye PorterDados Técnicos:

Cerveja: Rye Porter
Estilo: Porter
Teor: 5,0%
País de origem: Brasil
Embalagem: 500 ml
Nota: 3,50

Ao servirmos a Rye Porter da Imigração vemos que se trata de uma cerveja negra, com reflexos castanhos, fechada e brilhante. A espuma se forma bege clara, bastante persistente e densa.

O aroma trás percepção de chocolate amargo e cacau. Somente em segundo plano encontramos notas de malte torrado e café recém moído.

Ao provarmos podemos notar que a cerveja apresenta corpo baixo e média carbonatação. No paladar a Rye Porter apresenta uma textura avelulada e notas de chocolate ao leite, cacau e capucino. De maneira muito discreta o segundo plano do paladar apresenta notas de café expresso.

No aftertaste a percepção de torrefação fica mais evidente com notas de café e com amargor de malte torrado.

A Rye Porter da Imigração é uma cerveja leve e com notas de chocolate, cacau e café, com final seco e um amargor vindo da torrefação que se apresenta persistente ao final.

Para a harmonização vamos usar as notas evidentes de cacau, chocolate e café para destacar o paladar do prato.

Minha sugestão é harmonizarmos com medalhão de file mignon com crosta de gergelim torrado. Desta forma destacamos as notas de torra do gergelim e do malte, e usamos as notas de chocolate da cerveja para reforçar o sabor da carne.

Prost!

Fabrizio Guzzon

2 thoughts on “Boa Cerveja-Feira #214….Rye Porter

  1. Anselmo Mendo

    Guzzon, Rye Porter é um estilo que sempre provo quando encontro nos taps por aí. E acho as cervejas da Imigração bem boas. Crosta de gergelim torrado também foi uma ótima ideia pra harmonização!
    Abração!

    Reply
    1. Fabrizio Guzzon Post author

      Grande Anselmo,
      Eu tenho provado algumas cervejas da Imigração e tem se apresentado uma cervejaria bastante honesta. E ainda mais quando eu encontro um estilo que me agrada como este.

      E usar gergelim torrado é um coringa para trazer notas de torra para um prato que normalmente não teria.

      Abç
      Guzzon

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*