Boa Cerveja-Feira #283… Amber Ale

By | 2 de agosto de 2019

Esta semana iremos voltar ao básico para mostrar que ser simples pode ser a receita para entregar uma boa cerveja com a Amber Ale.

A Amber Ale é produzida pela Cervejaria Narcose, de Capão da Canoa.

Já falamos de duas cervejas da Narcose, a Table sous la mer e a Epoca Bella.

O primeiro vislumbre da existência da cervejaria surgiu em 2015, quando Daniel Diehl que estudava na Áustria na época comentou com os pais que desejava sair da carreira acadêmica e partir para o ramo cervejeiro.

Enquanto os pais do Daniel, Raul e Elise, corriam atrás de toda parte burocrática, realizam cursos e cuidavam da estrutura física, Daniel aproveitou que estava na Europa e trabalhou voluntariamente em cervejarias para ganhar experiência prática no ramo.

Quando voltou ao Brasil resolveram fundar a cervejaria unindo duas paixões, a cerveja e o mergulho. E isso a cervejaria soube trabalhar muito bem, na identidade visual, nomes e definição das linhas de produto.

A cervejaria aloca suas cervejas em três linhas, Shallow Dive para as cervejas de entrada, Deep Dive para as cervejas intermediárias e Tech Dive para as cervejas de maior complexidade.

Amber Ale

Amber AleDados Técnicos:

Cerveja: Amber Ale
Estilo: Amber Ale
Teor: 4,7%
País de origem: Brasil
Embalagem: 355 ml
Nota: 3,25

A Amber Ale se apresenta cristalina, e como esperado, em tom âmbar brilhante. Já a espuma tem uma boa formação, mas com persistência mediana.

O aroma traz notas de caramelo, toffe, percepção de malte levemente tostado. Aliado as notas oriundas do malte temos uma presença herbal bastante agradável e pautando o suave adocicado pelo malte.

Ao provarmos a Amber Ale temos uma cerveja de corpo e carbonatação medianos. Enquanto que no paladar as notas de malte e caramelo são destacadas, seguido pela percepção de toffe e suave tosta. O amargor surge somente ao final com notas de tosta suave e herbal fresco.

E no aftertaste temos um destaque ainda maior no amargor e no frescor herbal, o amargor bastante suave e persistente segue bastante tempo e com final seco e refrescante.

A Amber Ale é uma cerveja honesta em sua proposta, trazendo notas agradáveis de malte, caramelo e toffe. O amargor surge ao final da degustação trazendo um frescor herbal persistente e agradável.

Para a harmonização podemos buscar notas que destaquem o malte da cerveja e o frescor herbal. E usar um prato que seja uma escada para a cerveja, usando somente para destacar as notas da cerveja.

Minha sugestão é harmonizarmos com corte de fraldinha na brasa. A fraldinha é uma carne que não se excede na gordura e irá trazer notas caramelizadas, com isso a percepção de caramelo da cerveja será destacada. O herbal e o frescor serão oportunos para valorizar o sabor da carne.

Prost!

Fabrizio Guzzon

2 thoughts on “Boa Cerveja-Feira #283… Amber Ale

  1. Anselmo Mendo

    Amber Ale deveria estar no catálogo de toda cervejaria, Guzzon. Se faz bem esse estilo, é um bom sinal. E fraldinha é meu corte favorito no churrasco, deu água na boca!
    Parabéns, já tá chegando pertinho da coluna 300!

    Reply
    1. Fabrizio Guzzon Post author

      Grande Anselmo,

      Acho que alguns estilos são muito bem aceitos como porta de entrada, a amber ale é um deles, junto com a Witbier, Session IPA, Red Ale, Cream Ale…. acho que toda cervejaria deveria ter um ou dois destes no seu portfólio para garantir um cartão de visita para os novos clientes.

      Abç
      Guzzon

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.