Boa Cerveja-Feira #266… Epoca Bella

By | 5 de abril de 2019

Esta semana vamos voltar no tempo e ter contato com mais um estilo que está saindo dos livros de história para voltar para as linhas de produção das cervejarias, com a Epoca Bella.

Esta cerveja é uma produção colaborativa entre as cervejarias El Trago e a Narcose. As cervejarias buscaram trazer um estilo que está voltando ao mercado. E pelo que li e provei, optaram por manter uma abordagem bastante clássica, trazendo uma cerveja com foco na simplicidade da receita e o resgate histórico.

O estilo Grisette remonta o inicio de 1800, no sul da Bélgica, onde este produto era vendido na saída das minas para saciar a sede dos mineiros. O estilo mantém um teor alcoólico baixo e alta carbonatação, muito propício para seu objetivo. Já o nome Grisette vem do termo “Gris”, que em francês significa Cinza que era a cor do uniforme das mulheres que serviam a cerveja, e passaram a ser chamadas de Grisettes até o nome ser diretamente vinculado a cerveja.

Epoca Bella

Epoca BellaDados Técnicos:

Cerveja: Epoca Bella
Estilo: Grisette
Teor: 4,5%
País de origem: Brasil
Embalagem: 355 ml
Nota: 3,50

No copo a Epoca Bella se apresenta amarelo clara, levemente opaca mas ainda com brilho. A espuma se forma abundante, mas com falta de uniformidade no tamanho das bolhas, mas bastante persistente.

No aroma temos predominantemente o malte, grãos e notas de pão e biscoito. Em segundo plano um leve toque cítrico e condimentado. No aroma conseguimos notar que a cerveja preza pela simplicidade da receita e o cuidado na construção da receita.

Ao provarmos vemos que a Epoca Bella tem corpo baixo e alta carbonatação. Enquanto que no paladar temos as notas de grãos, malte e casca de pão. Temos notas condimentadas que acompanham, como leve percepção de cravo e pimenta branca, muito provavelmente pelo uso de aveia e trigo.

Já no aftertaste vemos as notas condimentadas ganhando mais destaque, juntamente com a percepção de casca de pão. E a Epoca Bella fecha bastante seca, trazendo espaço para um novo gole.

Encontramos neste rótulo uma cerveja leve, bastante refrescante e com alto drinkability. E de fato perfeita para refrescar um dia de trabalho.

Para a harmonização optei por manter a busca pela simplicidade e o conceito da cerveja. Simplicidade e informalidade, como deveria ser consumir uma cerveja depois de um dia de trabalho.

Minha sugestão é harmonizar com crostini de alecrim com azeite. Uma massa simples e crocante com toque herbal do alecrim que irá ser destacado pelas notas condimentadas da cerveja.

Prost!

Fabrizio Guzzon

One thought on “Boa Cerveja-Feira #266… Epoca Bella

  1. Pingback: Boa Cerveja-Feira #283... Amber Ale - Beercast Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.