Entrevista com Kadu Mendes do Brejada – Beercast #119

By | 19 de agosto de 2015
Um papo com Kadu Mendes do Brejada - Beercast #119

Um papo com Kadu Mendes do Brejada – Beercast #119

Para o episódio de hoje, Kadu Mendes do Brejada e as cervejas da Cevada Pura em parceria com a americana Cigar City.

Confira o bate-papo regado a cerveja.

Cevada Pura American IPA

Cervejaria: Cevada Pura
Estilo: American India Pale Ale
Álcool (%): 7,0% ABV
Temperatura: 5-7 °C
Copo Ideal: Pint
Preço Varejo: R$12,99 (355 ml)
Preço com nosso cupom 15%: R$11,05 (355 ml)

botao-comprar-cerveja (utilize o cupom: BEERCAST para 15% de desconto!)

Confira a nota dos Beerquesteiros para a Cerveja do episódio:

Cevada Pura Café & Cacau Brown Ale

Cervejaria: Cevada Pura
Estilo: American Brown Ale
Álcool (%): 5% ABV
Temperatura: 10-12 °C
Copo Ideal: Pint
Preço Varejo: R$15,99 (500 ml)
Preço com nosso cupom 15%: R$13,60 (500 ml)

botao-comprar-cerveja (utilize o cupom: BEERCAST para 15% de desconto!)

Confira a nota dos Beerquesteiros para a Cerveja do episódio:

Links comentados durante o episódio:

banner-sorteio-cerveja-store
BeerGifts

Download

Trilha Sonora

  • Hibria – Silent Revenge
  • Hibria – Lonely Fight
  • Hibria – Deadly Vengeance
  • Hibria – Walking To Death
  • Hibria – Silence Will Make You Suffer
  • Hibria – Shall I Keep On Burning
  • Hibria – The Place That You Belong
  • Hibria – The Scream Of An Angel
  • Hibria – The Way It Is
  • Tião Carreiro e Pardinho – Rio de Piracicaba

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

Clique no play no inicio da página e escute nosso episódio. (41:43 de duração) Avalie abaixo quantas tampinhas esta cerveja merece.

35 thoughts on “Entrevista com Kadu Mendes do Brejada – Beercast #119

  1. Daniel Santos

    Fala galera do Beer Cast, sou de Piracicaba
    E a alguns anos vocês vieram e não tinha muitas opções.
    Na verdade até tinha mas acho que faltou alguém que conheça essa grande cidade. kkkk
    A Cevada Pura tem o próprio bar na cidade com vários chopps deles e porções.
    A Dama tem um bar dentro da cervejaria, acho que não tem muitas opções de porções.
    No ano passado abriram na cidade os Krieck Bier, Enjoy, Fritz Piracicaba e a Loja do mestre cervejeiro.
    Fora esses ainda tem vários empórios onde podemos tomar cervejas artesanais.

    Infelizmente neste lugar maravilho da cidade chamado rua do porto, não temos cerveja artesanal.
    Conversando com o pessoal da Dama eles me falaram que não conseguem chegar nestes bares, por contrato que eles tem de exclusividade com a ambev.
    Acho que por causa de cadeiras e desconto, não sei.
    Mas não se preocupem daqui mais alguns anos eu abro um bar lá, com cerveja e chopp artesanais.
    Quando passarem por aqui, procurem estes lugares, são bem bacana, caso precisem de um guia estamos a disposição.

    Reply
    1. Gustavo Passi Post author

      Daniel,

      Fico no aguardo do seu e-mail com o convite do seu bar!

      Eu ainda não conheço piracicaba e será um prazer conhecer a cidade e visitar seu futuro bar.

      Abração,

      Reply
  2. Alexandre Ratinho

    Parabéns galera , ouvi o programa logo no dia que publicaram, mais um programa divertidíssimo, e fui surpreendido pelo comentário do Anselmo com referência a MYBEER ….. ops, entrou um cisco no meu olho …. sim, foi e é emocionante quando falam da minha marca positivamente, é claro ! ….. (risos)

    Quanto ao Kadu, kkkkkkkkkk ele realmente surge “do nada” em todos os eventos. Na noite de quarta-feira, dia em que publicaram a gravação deste programa, adivinhem, encontrei o Kadu no EAP kkkkkkk , lançamento da cerveja Antimatéria (Júpiter e Urbana) kkkkkkkkk

    Ah…. eu também encontrei o Kadu no IPA DAY 2015 kkkkkkkkkk

    Abraço e sucesso!

    Reply
    1. Ricardo Shimoishi

      kkkkkkk…. Boa Ratinho!
      O Kadu é unipresente mesmo. E o MyBeer o sonho de consumo de todo cervejeiro caseiro!

      Ainda vamos brassar alguma maravilha com vc.

      Abração!

      Reply
  3. Jorjaum

    Ola, estou começando a ouvir os seus podcast, estou gostando bastante. Encontrei vcs por indicaçao do buteco do ferreira.
    Entao gostaria de compartilhar um assunto abordado neste podcast que é a produçao de cerveja em casa sem espaço. Eu estou fazendo doutorado em quimica na Espanha e aqui o acesso a cerveja artesanal é bastante grande e tem muitas excelentes, inclusive tenho amigos que estao me inserindo no circulo de amizade dos cervejeiros aqui que entre eles tem 4 cervejarias com produçao de 500-1000L. E com o incentivo desses amigos e a grande vontade de fazer minha cerveja, estou comprando os acessorios para começar fazer brassagens, mas com a falta de espaço e como voltarem em dois anos para Brasil, nao adianta investir em volumes muito grande, entao estou comprando os acessorios com kit de 5 L (todo grano ) que acho que esta bastante bom para fazer experimentos brejeiros diferentes e para quem nao tem espaço. Entao fica ai a dica.

    Parabéns pelos podcats e o site
    Abraços

    Reply
    1. Ricardo Shimoishi

      Valeu, Jorjaum!

      Muito obrigado pela dica!
      O Espaço (cada vez menor em nosso dia-a-dia) é sempre um problema dos cervejeiros caseiros.
      Mas não tenho certeza de que existam kits para 5 Litros no Brasil.
      Será?

      Abração!

      Reply
  4. Fabrizio Guzzon

    Salve galera!
    Muito bom o programa, e o bate papo com o Kadu. É sempre bom trazer o pessoal engajado no universo cervejeiro para termos perspectiva das inumeras iniciativas que tem por ai.

    Eu já provei uma Pale Ale Inglesa da Cevada Pura e gostei bastante, agora essa Brown Ale que vocês provaram me deixou com água na boca… vou atras desse cerveja assim que possível.

    Abç
    Guzzon

    Reply
    1. Ricardo Shimoishi

      Aê Guzzon!

      O legal é ver a Cervada Pura se empenhando em fazer cervejas cada vez melhores.
      Essas estavam boas. Mas English IPA deles é imperdível!

      Forte Abraço!

      Reply
  5. Luquita da Cerveja

    Fala pessoal, sensacional o programa.

    O Kadu é mto gente boa, super atencioso e já dei entrevista pra ele mas não foi ao ar… acho que ficou mto pesado, Ba Dum Tss..

    Fiquei na vontade dessas cervejas, vão pra lista rs.

    Abraços

    Reply
    1. Kadu Mendes

      luquita, pior que o problema foi a luz e a posição da câmera, tanto que vou fazer um video do Brewce separado, fiz um making off da produção de um boneco. Se quiser podemos gravar de novo, o que acha? Abs.

      Reply
  6. Flavio Yokooji

    Opa! Tudo bem pessoal? Estou sumido da área de comentários, mas estou sempre escutando os episódios.
    Muito legal o episódio com o Kadu. Foi bem divertido.
    Nunca experimentei uma cerveja da Cevada Pura. Já está no wishlist.
    Encontro vocês sábado no IPA DAY! (e o Kadu, pelo que vocês disseram… rs).

    Reply
    1. Ricardo Shimoishi

      Aí, Flavio 42!
      Tudo bem?

      hahahaha…
      Acho que o Kadu vai estar sim. Eu não vou conseguir ir (de novo). A Patroa arrumou um compromisso no domingo cedo e aí minha ideia de ir no sábado e voltar tranquilo no domingo não vai rolar.
      Mas acho q, pelo menos o Gustavo vai estar lá representando a gente.
      Obrigado por sempre estar nos acompanhando!

      Abs!

      Reply
  7. Daniel Córdova

    Fala pessoal!

    Como sempre, excelente programa. O Kadu parece ser muito gente boa e vou começar a consumir o conteúdo do Brejada.

    Fiquei impressionado com a banda da trilha do programa, Hibria. Não conhecia eles e gostei bastante.

    A Cevada Pura foi uma das minhas cervejarias preferidas no Festival Brasileiro da Cerveja esse ano. Tomei a Red Ale, American IPA, English IPA e Oatmeal Stout. Lembro que na época a que mais me agradou foi a Red Ale. Só não sei se a American IPA que tomei lá é essa mesma colaborativa com a Cigar City ou não.

    E pra não sair da rotina, já que falaram de Schornstein, esses dias tomei lá em Blumenau a IPA deles na garrafa, super fresca, por 16 reais num restaurante na beira do rio. Isso que a garrafa vem lá de Holambra, em Pomerode só fazem chope até onde sei. A Bierbaum, que vem daqui de Treze Tílias (SC), bem mais perto, estava 2 reais mais cara.

    Abraço!

    Reply
    1. Ricardo Shimoishi

      Fala, Daniel!

      O Kadu é gente boa prá caramba! Merece sua audiência!
      E vc é um sortudo! Mora num dos lugares mais cervejeiro do Brasil! hahaha.
      Mas de fato, as cervejas da Cevada Pura estão num nível muito legal! Eu gostei da American IPA colaborativa. Mas acho a English IPA deles imperdível!
      Schornstein tb é muito bom também. Quanto à Bierbaum é uma pena. Acho que ela deveria estar mais presente aqui em São Paulo.

      Forte Abraço!

      Reply
  8. Tiago Lima

    Amigos, a Cevada Pura de Piracicaba tem um bar em Piracicaba, o Cevada Chopp Bar (Av. Rui Barbosa, 389 – Vila Rezende, Piracicaba – SP, 13405-218).

    Lá tem um joelho de porco sensacional e todos os chopps direto da torneira.
    O bar fica a 1 quarteirão da fábrica e os chopps ficam armazenados em tanques refrigerados (não em barris)… é sem dúvida o chopp Cevada Pura mais fresco que vocês vão tomar hehehe…

    Se tiverem por lá não percam a oportunidade, vale muito a pena (mesmo eu sendo suspeito).

    Excelente programa, o Kadu é realmente um “cevada de festa” e manja muito de cerveja!

    Forte abraço a todos.

    Reply
    1. Ricardo Shimoishi

      Fala, Tiago, meu Brother!

      Pronto! Vc e o Thallis que comentou lá embaixo me arrumaram um problema. Agora deu uma baita vontade de fazer uma visita à Piracicaba tb!
      Eu acabei de ver que uma cidade fica a 92 km de outra. Acho que não dá pra visitar (de boa) as duas cidades no mesmo dia. hahaha…
      Mas que excelente! Gosto muito do interior do Estado de SP.
      Obrigado pela dica, Tiago!

      Abração!!

      Reply
  9. Pedro medeiros

    Bom diaa galera do Beercast !!!

    Sou um ouvinte recente e antigo ao mesmo tempo, porque conheci o Beercast a menos de um mês e já escutei até o 96, essa semana ainda chego no time de vocês…mas também vou escutando os atuais para não perder as prômos !! Assim já dá pra perceber que gosto pra caramba do trabalho de vocês e lógico adoro breja. Sou de Uberlândia-MG e aqui até consigo achar bastante rótulos nos mercados e casas especializadas, o problema é que depois que comecei a escutar vocês e comecei a apreciar ainda mais as artesanais meu bolso que sofreu ….hauhauauhauhuaha.

    PS: Como esse mês o bolso ficou vazio porque comprei muitos rótulos pra degustar, ainda não comprei a camiseta dos monges que ficou muito massa, mas mês que vêm eu já encomendo.

    Abraços e CHEERSSSS !!!

    Reply
    1. Ricardo Shimoishi

      Faaaala Pedro!
      Nosso velho novo ouvinte!
      Putzgrila! Fazendo uma conta de português aqui, vc ouviu cerca de 160 horas de Beercast nos últimos 30 dias. Mais ou menos 5 dias INTEIROS ouvindo a gente!!!
      Parabéns! É vc que merece os parabéns…kkkkkk
      Mas me sinto bastante honrado em ter a sua audiência. E, após uma maratona como essa, eu te pergunto: Qual foi o episódio que mais te agradou e por quê?
      hahaha… Normal que seu bolso esteja sofrendo (o meu tb…) mas vale a pena beber as pequenas maravilhas que certas pessoas conseguem fazer.
      A gente vive pobre, mas feliz! 😀
      E já estamos aguardando a compra da camiseta, heim?!

      Abração!!

      Reply
      1. Pedro medeiros

        Cara todos são top’s, mas um dos primeiros falando da Kunstmann foi marcante, pois na mesma semana tinha ganhado um kit (Arandamo, Larger, Bock, HoneyAle) de presente, e concordei muito com vcs sobre as impressões sobre elas, mesmo sendo iniciante em conhecimentos tecnicos, tenho muitas horas de copo como dizem vocês, achei a de mel é muitooo enjoativa e gostei muito da Bock..hauhauhauauuahuah…outro episódio massa foi do Joao Gordo, o cara é muito comédia.
        Concordo com você, bolso vazio mas feliz….e outra coisa é que ainda não conseguir seguir o “beba menos, beba melhor “…kkkkkkk.

        Sobre a maratona, consegui essa proeza ouvindo o dia todo, em casa, no carro e trabalho. Até minha esposa está começando a gostar de cerveja ….kkkkkk

        Abraço!!

        Reply
        1. Ricardo Shimoishi

          Muito legal, Pedro!
          Essas coincidências que nos cativam. Mas as Kunstmanns são cervejas que merecem o nosso respeito. O João Gordo, que foi o único até agora, que pediu uma música clássica, nem se fala.
          “Gosto de cano” kkkkkkk
          Não tem como sua esposa não gostar. Ou passa a gostar ou vai odiar o resto da vida.

          Forte Abraço!

          Reply
  10. Marcelo Maciel

    Viajei este ano no fim de Abril para Maceió e fiquei hospedado no Resort Salinas de Maceió da mesma rede que o Salinas de Maragogi, mas no sistema Pensão Completa (refeições incluídas, mas não bebidas). Estava sempre disponível o Chopp da Cevada Pura, mas somente o Pilsen. Sem problema levei um estoque de excelentes cervejas daqui de BH para ser degustadas por lá, umas 20 garrafas, incluído minha favorita a IPA Mangiféra, produzida aqui em BH pela Cervejaria Aeon. Lógico que passado 3 ou 4 dias tive que ir ao centro de Maceió para comprar mais algumas garrafas, me indicaram a Casa das Cervejas onde achei excelentes Cervejas com ótimos preços.

    Reply
    1. Ricardo Shimoishi

      Fala Marcelo!
      Puxa, que legal! Mesm sendo só as Pilsen, a diferença de qualidade é perceptível e eu fico feliz do pessoal da Salinas ter feito uma opção tão bacana de valorizar o fabricante local. Precisamos mais disso!
      Ainda não conheço as cervejas da Aeon. Mas pela sua empolgação devem mesmo ser bem legais! E legal tb a dica da “Casa das Cervejas”. Muito legal saber que o estamos avançando em todas as direções. Viva a Cerveja! #cheeers!

      Reply
    2. Andre Frank

      Opa Marcelo,

      Valeu pela dica. Estamos indo pra lá em janeiro e vou levar meu estoque na mala sabendo disso.

      Abs

      Reply
  11. Vitor Hugo Meirelles

    Faaaaaala galera do Beercast!

    Muito legal o programa com o Kadu. Destaque pra trilha sonora sensacional!

    Só pra salientar uma coisa: existe um método de fabricação de cerveja chamado BIAB (Brew in a Bag), que é mais simples pois a brassagem é feita em um saco! Economiza bastante espaço. Deem uma olhada depois!

    Forte abraço e keep rocker!!!

    Reply
  12. Thallis Machado

    Faaaala galera! Bem, só pra explicar um pouco esse negócio da Maria fumaça e da Mogiana.
    Morei em Jaguariúna por alguns anos, e até hoje vou a cidade com certa frequência. Bem, Mogiana além de ser um região produtora de café a mais de 200 anos (alta mogiana, se não me engano a demoiselle usa esse café) é também uma companhia de linhas férreas no interior de são paulo.
    Além de ir no botiquim da estação e comer vale uma picanha na pedra com uma heineken recomendo também conhecer a feira que fica ao lado, com artesanato e principalmente comidinhas legais, recomendo a barraca de Tapioca, que por sinal é da minha tia mas isso não vem ao caso HAHAHAHAHA.
    abraço pessoal, até semana que vêm!

    Reply
    1. Ricardo Shimoishi

      kkkkkkk…
      Boa Thallis! O problema é que falar de comida numa hora que a gente tá com fome não dá certo.
      Trens são sempre legais. Eu gosto de tudo que envolve as Ferrovias: A estação, as maquinas antigas (e modernas), o passeio e as comidas! E eu adoro tapioca, heim?!

      Abração!

      Reply
      1. Thallis Machado

        Então devia mesmo ir em Jaguariúna, Rica! Além de tudo isso que eu falei na estação tem uma exposição muito legal com coisas originais que eram usadas nos trens!

        Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*