Troca o Disco – Beercast #253

By | 28 de Março de 2018
Troca o Disco – Beercast #253

Troca o Disco – Beercast #253

Para o episódio de hoje, Henrique Machado do Troca o Disco vem falar de música e cerveja conosco.

Confira como foi esse bate-papo.

Comentados durante o episódio:

BeerGifts

Trilha Sonora

  • Wesley Safadao – Troca o Disco
  • Angra – Light of Transcendence
  • Angra – Travelers of Time
  • Angra – Black Widow_s Web
  • Angra – Insania
  • Angra – The Bottom of My Soul
  • Angra – War Horns
  • Angra – Caveman
  • Angra – Magic Mirror
  • Angra – Always More

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

Clique no play no inicio da página e escute nosso episódio. (46:00 de duração)

8 thoughts on “Troca o Disco – Beercast #253

  1. Daniel Córdova

    Fala pessoal!

    Esse programa me fez ter mais vontade de ir atrás do disco novo do Angra. Parece que ficou legal.

    E realmente, vcs não vão conseguir tomar cervejas da Armada facilmente aí em SP. Nem aqui em Floripa é fácil, só indo lá na cervejaria deles ou dando sorte de achar uma ou outra por alguns bares de Floripa. Mas são todas muito boas.

    Valeu!

    Reply
  2. Fabrizio Guzzon

    Salve galera!
    É sempre interessante ver essa comparação de musicas com brejas.
    A KUD tem as brejas com referência a músicas como a Blackbird, Smoke on the Water, God Save the Queen etc.
    A chicago Blues que tomamos no programa 76 também tem essa pegada musical.
    E vocês comentaram sobre o Marcelo D2, a alguns dias provei uma Hopped Lager da Layback chamada Marcelo D2, uma cerveja muito saborosa… mantendo a qualidade das cervejas da Layback.

    Abç
    Guzzon

    Reply
      1. Fabrizio Guzzon

        Olha…. pelo desenho do rótulo parecia ter…. rsrsrs…. mas eu acho que era só lúpulo… srsr

        abç
        Guzzon

        Reply
  3. Flavio Yokooji

    Adoro o Troca o Disco. Pena que os outros integrantes não participaram também. Acredito que rolaria uma conversa boa.
    Essa harmonização do CluBeer estava bem zoada. Em vez de harmonizar o estilo de música da banda com o estilo de cerveja, “harmonizaram” com os nomes… Nada a ver.
    Referente as cervejas das bandas que estão bem avaliadas, senti falta de saber qual era o estilo da cerveja e a cervejaria que a produziu.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*