Queijos da Serra da Canastra e Cerveja – Beercast #274

By | 22 de agosto de 2018
Queijos da Serra da Canastra e Cerveja – Beercast #274

Queijos da Serra da Canastra e Cerveja – Beercast #274

Para o episódio de hoje, o Beercast está com a mesa recheada de queijos da Serra da Canastra e muita cerveja.

Confira como foi o bate-papo.

Comentados durante o episódio:

BeerGifts

Trilha Sonora

  • Canastra – Chevete Vermelho
  • Canastra – Motivo de Chacota
  • Canastra – Miss Simpatia
  • Canastra – Quando Sim Quer Dizer Não
  • Canastra – Dois Dedos de Conhaque
  • Canastra – Volte Sempre
  • Canastra – Pomo-De-Adão
  • Canastra – Chega de Falsas Promessas
  • Canastra – Cara ou Coroa
  • Canastra – Diabo Apaixonado
  • Canastra – Meu Cappuccino
  • Canastra – Eu Te Disse
  • Canastra – Olhos Pra Mim
  • Canastra – Cada Um Por Si
  • Canastra – Chá Com Sorriso
  • Canastra – Xeque Mate
  • Canastra – Roleta Russa

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

Clique no play no inicio da página e escute nosso episódio. (46:24 de duração)

4 thoughts on “Queijos da Serra da Canastra e Cerveja – Beercast #274

  1. André Novgorodcev

    Amigos do Beercast. Esse foi um dos melhores programas que vocês já fizeram. Ouvi ontem anoite e fiquei alucinado procurando mais informações sobre a ComerQueijo e seus associados cariocas e ébum trem doido de mais so! Quase que não consigo dormir só imaginando aqueles queijos maravilhoso. Logo de manhã mandei uma mensagem pro povo pra marcar um queijos e brejas aqui em casa!
    Agora aproveitando do know How do William me respondam. Como diabos eu conservo um queijo fora da geladeira em local seco e fresco no Rio de Janeiro? Quando morava em Brasília eu era feliz. Aqui é corrida contra o tempo pra comer os queijos.

    Grande abraço e continuem como sempre com o ótimo trabalho!

    Reply
  2. Forlan

    Fala pessoal curti muito esse programa. Adoro aquela região da canastra e morri de ri com os nomes das cervejas mineiras. Fica o registro de 2 garrafadas: a pronúncia do IPHAN lê-se ifan, e a cidade de Piumhi, Pium-ih.

    Reply
  3. Daniel Córdova

    Ta aí um negócio que me interessa bastante mas que ainda preciso parar para estudar e experimentar.

    Acho muito legal essa valorização dos queijos nacionais e tradicionais. Aqui temos o queijo serrano na região de Lages. Uma tia da Taíse faz queijo em casa, inclusive, e é bom demais! O legal de ir no sítio é que tem dessas. Queijo, salame, só o vinho colonial que às vezes não é lá essas coisas =P

    Abraço!

    Reply
  4. Fabrizio Guzzon

    Salve galera

    Qualquer programa com queijo e cerveja é um ótimo programa!

    E uma coisa bem interessante que foi comentada no programa é que São Roque de Minas é um grande produtor de queijos, enquanto que São Roque de São Paulo é um grande produtor de vinhos, isso praticamente fecha uma join venture intermunicipal de queijos e vinhos.

    E uma das melhores harmonizações que provei, além daquela gravação que fizemos, foi uma tábua de queijos artesanais com 5 cervejas em uma divulgação em São Roque, eram três queijos de São Paulo, interior e região serrana e dois de minas. Acho que o queijo é um dos alimentos mais versáteis para harmonização, eles conseguem navegar por praticamente por todos os nuances de sabores.

    Abç
    Guzzon

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*