Imprensa Cervejeira com Ônix Press – Beercast #256

By | 18 de Abril de 2018
Imprensa Cervejeira com Ônix Press – Beercast #256

Imprensa Cervejeira com Ônix Press – Beercast #256

Para o episódio de hoje, trouxemos Luiza Malagrino e Marina Lapietra para falar de imprensa cervejeira.

Confira como foi esse bate-papo.

Comentados durante o episódio:

BeerGifts

Trilha Sonora

  • The Archies – Sugar, sugar
  • Grand Funk Railroad – Bad Time
  • Uriah Heep – Free me
  • Tina Charles – Go
  • Sherbet – Howzat
  • Eletric Light Orchestra – Last train to London
  • Pilot – Call me around
  • The Village People – YMCA
  • Carl Douglas – Kung Fu Fighting
  • The Wynners – Sha La La La
  • Dickey Lee – 9,999,999 Tears
  • Lips, Inc. – Funkytown
  • Ottawan – Hands Up

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

Clique no play no inicio da página e escute nosso episódio. (43:29 de duração)

9 thoughts on “Imprensa Cervejeira com Ônix Press – Beercast #256

  1. Talyta

    Não sou conhecida, mas sou cervejeira! hahhahaah
    Acompanho o beercast desde que comecei a fazer cerveja.
    Faço cerveja há 1 ano, junto com o marido, minha English IPA até ganhou ouro no estilo, no concurso da Brau Akademie.
    Gostei muito do podcast com as meninas e assino embaixo em tudo que foi falado do universo cervejeiro ser machista. Mesmo indo com meu marido em eventos aqui da cidade, já fui assediada por outros homens, ou sou tratada por alguns como “smurfette” que só ta ali pra cumprir a cota, ainda mais por ir com meu marido, já rolaram comentários de que faço só pra não deixar ele sair sozinho de casa pra beber cerveja (até pq, que absurdo uma mulher gostar de beber e de fazer cerveja por vontade própria né).
    E realmente rola muito essa medição de conhecimento, de ter que provar que você realmente sabe o que ta falando na prática. Mas o baile segue, e eu sigo colocando muito marmanjo no chinelo quando o assunto é fazer cerveja hahahahah
    Obrigada e parabéns por chamar tantas mulheres fodas da cerveja para o microfone de vocês, sempre são meus episódios preferidos, adoro conhecer novas mulheres para me motivar a fazer cervejas cada vez melhores e buscar novos conhecimentos.

    Reply
    1. Anselmo Mendo

      Talita! Obrigado por ouvir a gente. Parabéns pela medalha, poucos conseguem em tão pouco tempo. Vivemos numa sociedade bem machista. Junta isso com um grupo, também muito machista, dos apreciadores de cerveja e as aberrações ficam ainda mais afloradas. Não desista, isso vai melhorando aos poucos, estamos numa época de mudança de cultura. Já temos mais episódios engatilhados com mulheres, aguarde. Valeu por escrever aqui! Abs.

      Reply
  2. ANDRE REINALDO NOVGORODCEV JUNIOR

    Oi pessoal.
    Apesar de continuar ouvindo o programa semanalmente, tem tempo que não comento. A vida anda muito corrida.

    Este programa foi muito bom. Continuem com ótimo temas e ótimos convidados!

    No meu trabalho temos um nome cervejeiro pra esse tipo de proposta que vocês receberam do Trivago. É a proposta Caracu! Um entra com a cara o outro com o c*

    Aquele abraço

    Reply
  3. Fabrizio Guzzon

    Salve galera!

    Muito legal o programa, achei muito pertinente a Pietra e a Luiza falaram dos problemas em se inserir em um universo predominantemente de homens e muitas vezes machista. E como se tem que se provar toda a vez que fala com alguém…

    Achei a ideia de traze-las para um “cerveja for dummies” muito legal, para desmistificar ainda mais essa lenda de que este mundo cervejeiro é coisa de homem.

    Abç
    Guzzon

    Reply
    1. Anselmo Mendo

      Aê Guzzon! Cometi um engano. Disse que elas seriam as primeiras a participar do Cerveja for Dummies, mas a Márcia Neri já tinha participado antes falando de Off Flavors. Você já comparou as Catharinas da Blumenau e da Lohn? Da Uva Goethe você gostou. Abs.

      Reply
      1. Fabrizio Guzzon

        Ainda não provei as CatharinaS da Blumenau.
        Vou colocar na minha listinha de cervejas a provar, que por sinal não para de crescer…. rsrs

        Reply
  4. Daniel Córdova

    Olha aí Catharina Sour aparecendo de novo no Beercast! =D

    Muito legal a entrevista.

    As cervejas da Blumenau são legais, nunca tomei uma que não tenha gostado, mas a IPA deles acho que é minha preferida ainda.

    E faltaram as tampinhas! Cade?

    Valeu!

    Reply
    1. Anselmo Mendo

      A Blumenau faz boas cervejas mesmo, Córdova. A Capivara é minha preferida. Mas a Catharina também é bem boa. Quando tem muita gente e muita cerveja vira uma confusão dar tampinhas, deixei de lado. Mas pessoalmente a média de minhas notas é 3,75 🙂
      Abração!

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*