Cervejas Mikkeller – Beercast #36

By | 15 de Janeiro de 2014

Download deste episódio em “.zip” clique aqui.

Cervejas Mikkeller

Cervejas Mikkeller

O Beercast chegou na terra onde todas as loiras são boas, estamos falando da Dinamarca, um país escandinavo da Europa setentrional e membro sênior do Reino da Dinamarca.

Este país que é o berço dos vikings esta recheado de ótimas cervejas e belas mulheres, não é por acaso que já foi classificado como o “lugar mais feliz do mundo”.

Vamos comprovar se a Dinamarca é o lugar de gente feliz mesmo, começando pelas Cervejas Mikkeller neste episódio.

Cerveja Mikkeller Saison Sally

Cervejaria: Mikkeller
Estilo: Saison
Álcool (%): 6.9% ABV
Temperatura: 5-7 °C
Copo Ideal: Tulipa ou Taça
Preço Varejo: (Confirmando!)

Avaliação da Cerveja Mikkeller Saison Sally
(Crie seu perfil e avalie também esta cerveja no Brejas.)

Cerveja Mikkeller Bedow Wild Winter Ale

Cervejaria: Mikkeller
Estilo: American Wild Ale
Álcool (%): 6% ABV
Temperatura: (Confirmando!)
Copo Ideal: Pint
Preço Varejo: (Confirmando!)

Avaliação da Cerveja Mikkeller Bedow Wild Winter Ale
(Crie seu perfil e avalie também esta cerveja no Brejas.)

Links comentados durante o episódio:

Confira a nota dos Beerquesteiros para as Cerveja Mikkeller Saison Sally:

Anselmo Mendo (3,5 de 5)
tampinha_oktampinha_oktampinha_oktampinha_amassada
Renato Martins (4 de 5)
tampinha_oktampinha_oktampinha_oktampinha_ok
Rica Japa (3 de 5)
tampinha_oktampinha_oktampinha_ok

Confira a nota dos Beerquesteiros para as Cerveja Mikkeller Bedow Wild Winter Ale:

Anselmo Mendo (4 de 5)
tampinha_oktampinha_oktampinha_oktampinha_ok
Renato Martins (3 de 5)
tampinha_oktampinha_oktampinha_ok
Rica Japa (2,5 de 5)
tampinha_oktampinha_oktampinha_amassada

Trilha Sonora

  • Mercyful Fate – Witche’s Dance
  • Aerosmith – Walk This Way
  • Dream Theater – As I Am
  • Machine Head – Witch Hunt
  • Megadeth – Looking Down the Cross
  • Soundgarden – Jesus Christ Pose
  • Symphony X – Serpent’s Kiss

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

Clique no play no inicio da página e escute nosso episódio. (38:17 de duração)

47 thoughts on “Cervejas Mikkeller – Beercast #36

  1. Katsumi

    O Renato pediu a Mikkeller para o David Fogaça (não é Davi, é David, hehe) e foi embora antes do Encontro Skynerd, conseguimos pegar o Ricardo pagando a conta antes de ir embora… Mas poxa, cheiro de cavalo molhado… é só para os fortes mesmo.

    Reply
    1. Renato Martins

      Olha só hein… bem que eu queria ter ficado mais la, mas ja estava tarde… hehe

      Mas pode crer que valeu a pena hein, pode assustar, mas vale a pena conhcer.

      Reply
  2. Wagner Filipe Garrett

    Pessoal, gostaria de compartilhar com vocês a página do Book da cerveja(facebook.com/bookdacerveja) compartilhamos da mesma idéia fazer a cultura cervejeira aumentar mais e mais aki no Brasil. Se puderem compartilhar no próximo podcast agradeceríamos muito. Somos ouvintes assíduos do podcast, desde o primeiro programa.

    Obrigado pessoal e sucesso pra vocês!
    Abraços,
    Wagner Filipe Garrett

    Reply
  3. Flávio Yokooji

    Já havia escutado vocês, mas não havia gostado (desculpem) . Depois que participaram do podcast dos Uzmenino, voltei para checar como estavam. Ainda bem que fiz isso! O podcast evoluiu muito. Tanto em questão de qualidade sonora, fluidez quanto o conhecimento de cerveja. Ganharam mais um ouvinte assíduo!
    Venho conhecendo e estudando cerveja há 4 anos e fazendo há 2.

    Reply
    1. Anselmo Mendo

      Flávio, nós somos como Cervejas de Guarda, quanto mais passa o tempo, melhores ficamos! Valeu por voltar a ouvir a gente. E como tem sido a produção de cerveja, bons resultados?

      Reply
      1. Flávio Yokooji

        Eu que fico feliz por ter revisitado-os e ver que a cultura cervejeira está se expandido e melhorando.
        Tenho tido bons resultados sim. A ideia agora é me associar a Acerva para participar de algumas sabatinagens para uma avaliação melhor das minhas cervejas.

        Reply
    2. Gú - Beercast Brasil Post author

      Flávio,

      Dependendo do episódio que você pegou a primeira vez pra ouvir tava ruim mesmo, eu tenho medo de escutar os antigos.

      Seja bem vindo novamente e participe sempre, inclusive conte sobre suas brassagens.

      Abs,

      Cheers!

      Reply
  4. Rafaela Ivo

    Oláááá, companheiros de bar!
    Vim aqui pra falar o seguinte: bebi a Kriek Boom! Infelizmente só tomei uns dois goles, mas experimentei e incrivelmente gostei!
    Meu problema é e sempre foi morar em uma cidade pequena, então esse fim de semana fui pra Porto Alegre e aproveitei! Bebi o chopp da Gazapina, que é de Gravataí! (morei meses lá e não sabia!). Bebi também o chopp da Rasen, que é de Gramado, e olha, ambos muito bons!
    Esse fim de semana que passou foi o fim de semana das cervejas mesmo, comprei a Eisebahn Dunkel e DaDo Bier Bock! Ganhei também a cerveja Desperados, que é com uma mistura de tequila! hahaha

    Falei que o final de semana rendeu 🙂

    P.s.: baixei o programa pra escutar em casa, assim que escutar, comento aqui 🙂

    Reply
    1. Anselmo Mendo

      Rafaela, sabia que você iria incrivelmente gostar da Kriek, haha. Na próxima tem que provar a garrafa toda. E esse chope da Gazapina, é bão? Bjs!

      Reply
  5. Luquita da Galera

    Fala pessoal, ótimo programa já tomei algumas também mas sempre On Tap la no EAP. São todas muito surpreendentes mesmo.

    Como assim eu que to sumido? O Gustavo que vai viajar e não participa mais e fala que eu que to sumido rs… Agora sobre o Guzzon ele ta de férias lá em Orlando com a família e deve estar pra voltar, ai ele tem que recuperar o tempo perdido. Ele está entrando na internet sempre de forma breve por isso que eu acho que não está acompanhando o programa.

    Falando nele e num outro ouvinte que comentou aqui embaixo sobre um site de Harmonização, o App da Eisenbahn é muito bom também para isso. Recomendo que baixem e usem quando forem querer saber o que comer junto com alguma cerveja.

    Uma garrafada de leve, Sauer significa Azedo e não Amargo como dito no programa.

    Acho que vcs sacaram né que as folhas desaparecem da garrafa pq a cerveja é uma Winter = Inverno, logo não há folhas na árvore quando está frio! Rs…

    Sobre o rótulo da outra, não tem nada haver com toureiro é apenas o estilo de desenho mesmo de quem fez o rótulo.

    Ah sim mais 2 garrafadas…rs, Leslie Chow o oriental do “Se beber, não Case” é um personagem Chinês interpretado por um Coreano, tem nada de Japonês ai.

    Buchada e Dobradinha são a mesma coisa viu… leva tudo estomago de boi! Rs…

    Um abraço e semana que vem já temos o 4º Encontro Skynerd, nos vemos lá… assim eu espero!

    Reply
    1. Anselmo Mendo

      Luquita, sempre atento as garrafadas. Quando gravamos você não tinha aparecido nos e-mails, por isso o Gustavo sentiu falta. SOUR também pode significar amargo, mas nesse caso era azedo mesmo. A gente percebeu a garrafada, mas não deu tempo de corrigir na edição. Agora sobre o rótulo da árvore, quer dizer que por causa do Winter do nome que as folhas somem, nãããooo!?!? Jura? A gente não tinha nem notado, hahaha. Tem outra, chamamos aqui todo Chinês e Coreano de Japonês só pra zuar o Ricardo! Vou acessar o App da Eisenbahn, já me disseram que é bem legal. Abs!

      Reply
      1. Luquita da Galera

        Pois é falar o óbvio da nisso rs…

        Entendi a história do Japa agora, tem que ser Neuso assim generaliza e facilita a zuação! Rs…

        Agora sobre Sour ser amargo tenho minhas dúvidas heim Anselmo, pois a palavra tanto em inglês como no alemão (sauer) significam azedos. No termo usado na bélgica que eu saiba tb é apenas azedo, lembrando que amargo é Bitter.

        O App vale a pena, eu não tinha acessado até pouco tempo atrás achando que era muito simples e resolvi ver pra crer. Achei fantástico mesmo, porque não se limita as cervejas da Eisenbahn de forma alguma.

        Reply
        1. Anselmo Mendo

          Sour é traduzido como amargo pelos próprios dicionários, Luquita. Mas claro, é uma questão de contexto, e no programa falamos errado. Você participar da Campus Party?

          Reply
          1. Luquita da Galera

            Ok pq no BJCP o Sour realmente é referente a azedo e ainda de forma ruim na maioria das vezes, conforme descrito.

            Nunca fui numa Campus Party, sei lá… nunca me animei muito com essa mega lan-house rs mas quem sabe esse ano eu de uma passada na área livre.

    2. Gú - Beercast Brasil Post author

      Grande Luquita,

      Campeão Sulamericano de Garrafadas!

      Estamos avaliando um evento com degustação e harmonização no Tchê, vamos ver se conseguimos uma boa data e esperamos você e Guzzon pra festa.

      Cheers!

      Reply
      1. Luquita da Galera

        Ouvidos bem treinados Gustavo, ou talvez o fato de eu ouvir o programa de 2 a 3 vezes. Rs…

        Maravilha essa degustação e harmonização mas que não caia justamente num dia de curso meu heim rs.

        Antes era o Guzzon, agora sou eu que terei alguns sábados ocupados. (Grade diferente da dele)

        Reply
  6. João Jacques

    Olá, Senhores! A selecão de cervejas dos programas está ótima. O problema é quando ouço na segunda e fico com vontade de correr pro bar!

    Quando vocês falam da Bedow, dizem que sour é amargo. Sour na verdade é azedo e existe um estilo chamado “Sour Ales”, que abrange as Lambics, Gueuze e outras clássicas. A Kriek Boon, que já tem um review de vocês, também é uma Sour Ale.

    Vocês podiam falar também da Evil Twin, cervejaria do irmão do Mikkel, o Jeppe. Ela tem cervejas maravilhosas como a Even More Jesus, Lil’B e a Yin e Yang. A Yin é uma Imperial Stout. A Yang é uma Imperial IPA. Você pode misturar as duas e fazer o seu próprio blend. Esse blend é chamado de Black and Tan na Evil Twin. É um jeito diferente, divertido e saboroso de beber cerveja.

    Deixo aqui também um Jabá do Bafo do Dragão ( bafododragao.com.br ), blog e podcast sobre jogos e cerveja.

    Grande abraço e continuem com o ótimo podcast,

    João Jacques.

    Reply
    1. Anselmo Mendo

      João, vale ir para o bar qualquer dia da semana, é só não fazer desse dia uma espécie de despedida de solteiro que tá tudo beleza. SOUR também pode significar amargo, mas nesse caso era azedo mesmo. A gente percebeu a garrafada, mas não deu tempo de corrigir na edição.

      Reply
    2. Luquita da Galera

      Exatamente eu ia falar do Evil Twin… ele irá fazer uma colaborativa aqui no Brasil esse ano e a Even More Jesus tava engatada no EAP, porra pra mim até hoje foi a melhor RIS que tomei até hoje!

      Reply
  7. Leonardo Graton

    Aproveitando o assunto harmonização, um site que frequentemente consulto sobre o assunto é o cervejaharmoniza.com/tudo . Lá você consegue pesquisar a harmonização pelo prato, estilo da cerveja ou ate mesmo pela cerveja escolhida. Alem disso da pra votar se aquela harmonização realmente fica boa ou não.

    Reply
    1. Gú - Beercast Brasil Post author

      Leonardo,

      Ótima dica, merece até falarmos num programa quando entrar na harmonização, nós temos recebido muitos e-mails e elogios quando tentamos harmonizar no programa, e olha que o Anselmo era contra essa “bicheza”.

      Abração e bom 2014.

      Cheers!

      Reply
      1. Leonardo Graton

        hahahah, também sou contra essas frescuras mas tem vez que consigo aquela breja tão esperada, que todos falam, dai não da pra correr o risco do aperitivo estragar o gosto da cerveja.

        Reply
  8. Leonardo Graton

    Entre as invenções da Mikkeller vale ressaltar a Wheat is the New Hops, uma IPA feita com brettanomyces, que é a levedura selvagem usada para fazer cervejas lambics. Ainda não provei ela, tenho uma aqui que pretendo abrir nos próximos dias.

    Reply
  9. Elder

    Ola galera do Beercast!
    Parabéns pelos programas, venho prestigiando todos os episódios e quase sempre já quando fica disponível para escutar.
    Por coincidência sábado provei uma Mikkeller Have A Nice Beer IPA no Vinil Burger e adorei. Essa burgueria tem apenas 2 cervejas disponíveis para consumo e são da Mikkeller, IPA e Pale Ale, bem interessante.
    Abraços e sucesso para vocês.

    Reply
  10. Patrick

    *Comentário antes de ouvir o programa*Ganhei de natal as duas Mikkeller Have a Nice Beer (Pale Ale e IPA) curti bastante, e quero muito experimentar assim que puder a I Hardcore You (nem sei se encontro ainda) e a Mikkeller 10.

    Reply
      1. Patrick

        Pois é Gustavo ganhei de um brother essas brejas. Falando nisso se vcs tiverem mais informação a respeito delas, sabem dizer se a receita foi feita exclusivamente para o Have a Nice Beer? Se é a variação de algum outro rotulo? Enfim…

        Reply
  11. Micheel Pedreira

    Tinha visto a uns meses atras cervejas da Mikkeller em uma loja aqui, sempre com um rotulo muito simples, mas que chamava a atenção. Essa semana comprei e bebi umas delas, uma IPA.

    Reply
  12. David Redmerski Jr

    Episódio muito bom, músicas ótimas e uma cervejaria fantástica em pauta.
    As IPA’s que já tomei da Mikkeller estão entre as melhores que já provei, essa saison eu vou procurar.

    Reply
  13. Luís Loureiro

    Tá aí uma breja que não conhecia! Da Dinamarca só conhecia a Faxe! Bom conhecer outras pra eu dar uma pesquisada e tentar achar por aqui, que é coisa rara! Vou ouvir agora antes de dormir! Já que um bom papo sobre cerveja sempre é bom pra alegrar a semana! Abraço!

    Reply
    1. Gú - Beercast Brasil Post author

      Lú,

      A Faxe que tomei não me agradou muito, somente no custo x beneficio da litragem rs.

      E você mantendo a fama do primeiro a comentar em rs.

      Quando tomar uma Mikkeller conta pra gente.

      Abs.

      Cheers!

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*