Cerveja Way American Pale Ale – BeerCast #18

Por | 11 de setembro de 2013
Podcast da Cerveja Way American Pale Ale

Podcast da Cerveja Way American Pale Ale

Mais uma representante do Paraná chega ao Beercast! Dessa vez vamos degustar e conversar sobre a Cerveja Way American Pale Ale. E agora é oficial! Começamos a fazer a leitura semanal dos e-mails e contatos, também temos as notícias da semana no Beernews!

Existe cerveja feita com madeira? Cerveja de Avelã? O que seria uma cerveja monolúpulo? Está sobrando lúpulo no mercado? A Way é o caminho certo para uma boa cerveja? Onde tomar uma cerveja RollerCoaster? Como combinar uma piadinha para o programa? Como surgiu o tipo de cerveja Porter?

Descubra essas e outras curiosidades no episódio de hoje.

Cerveja Way American Pale Ale

Cervejaria: Cervejaria Way
Estilo: American Pale Ale
Álcool (%): 5.2% ABV
Temperatura: 5-7 °C
Copo ideal: Pint
Preço Varejo: R$ 7,90 – R$ 10,00 (SP Capital)


História da Cervejaria Way Beer
A Way Beer é uma micro cervejaria artesanal do Paraná, localizada em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Com produtos de alta qualidade e um espírito arrojado, em pouco tempo de existência ganhou destaque na região e no país. Hoje fabrica cinco cervejas diferentes – American Pale Ale, Amburana Lager, Cream Porter, American Lager e Irish Red Ale – e distribui para pessoas físicas e estabelecimentos comerciais da capital paranaense.

Mais sobre a história neste link –> Cervejaria Way Beer.

Links
Bar Tche Café (onde degustamos a cerveja e gravamos o Beercast)
Cervejaria Way Beer
Comprar a Cerveja Way American Pale Ale
1° Encontro Skynerd Beer de São Paulo
Empório Alto de Pinheiros
Feed do BeerCast

Mande suas garrafadas, críticas, elogios, sugestões e brechas para contato@beercast.com.br

Download deste episódio em “.zip” clique aqui.

BeerNews
– Tributação das micro cervejarias.
– ANVISA posterga discussão sobre aditivos em cervejas.
– Kirin cria espuma que mantem a cerveja gelada durante 30 minutos.

Trilha Sonora
Van Halen – One Way To Rock
Steppenwolf – Born To Be Wild
Led Zepelin – Black Dog
Beatles – Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club
Chuck Berry – Johnny B. Goode
The Wonders – That Thing You Do

A nota dos Beerquesteiros para a Cerveja Way American Pale Ale:

Anselmo (3,5 de 5)
tampinha_oktampinha_oktampinha_oktampinha_amassada
Gustavo (3,5 de 5)
tampinha_oktampinha_oktampinha_oktampinha_amassada
Renato (4 de 5)
tampinha_oktampinha_oktampinha_oktampinha_ok
Ricardo (3,5 de 5)
tampinha_oktampinha_oktampinha_oktampinha_amassada

Clique no play no inicio da página e escute nosso episódio. (21:12 de duração)

 

 

30 comentários para “Cerveja Way American Pale Ale – BeerCast #18

  1. Katsumi

    Tomei a Way American Pale Ale no 3 Encontro da Skynerd no Rockfellas… Lembro do Ricardo ter olhado a minha garrafinha e comentado: “Boa essa, hein””
    Sim, ela bem saborosa, gostei bastante, quero experimentar a Double American Pale Ale…
    E que legal, foi a primeira vez que vocês anunciaram o nosso encontro da Confraria! 😀

    Responder
  2. João Jacques

    Saúde, pessoal!

    Estou gostando muito do podcast de vocês. Ele traz para o mundo cervejeiro na internet uma descontração que é muito bem vinda. Não podemos deixar o mundo ser dominado por “Beerchatos”.

    Queria fazer alguns comentários.

    A cerveja Baden Baden Red Ale engana no nome. O estilo dela não é Red Ale, e sim Barley Wine. Uma Barley Wine muito boa, por sinal. Por isso a Irish Red Ale tem muito menos corpo que a BBRA. A Irish sim é uma representante mais fiel ao estilo Red Ale.

    Outra coisa. O Estilo Porter ainda existe e está muito vivo e bem. Muitas cervejarias no mundo tem o estilo Porter.

    Seguem os links dos estilos Barley Wine, Irish Red Ale e Porter no BJCP.

    http://www.bjcp.org/2008styles/style19.php#1b
    http://www.bjcp.org/2008styles/style12.php
    http://www.bjcp.org/2008styles/style09.php#1d

    Aproveito também para indicar o site de um amigo, o Luiz. O nome é Bafo do Dragão e fala sobre Jogos, RPG e Cerveja. Quem sabe rola um crossover? Segue o link: http://bafododragao.wordpress.com/

    Parabéns pelo podcast !

    Abraço, João Jacques.

    Responder
    1. Renato Martins

      João, muito obrigado por enriquecer de informações nosso episódio. Também concordamos que o legal é ter um bate papo descontraído, acho que falta isso hoje em dia.

      Agradecemos muito a sua audiência e vou escutar o Bafo do Dragão para dar uma conferida.

      Grande abraço.
      Renato Martins

      Responder
  3. Eduardo Isaia Filho

    E ai galera, parabéns pelo podcast…
    Conheci no Muambacast e fui correndo assinar no iTunes, ouvi todos os anteriores muito bom. Sou um amante de cervejas e curti muito o podcast de vocês, continuem assim…
    Se quiserem conhecer os rótulos que já tomei podem ver o álbum “Cervejas, amigos e lugares” no meu facebook. Fica a minha dica de fazerem um podcast sobre a cerveja Weihenstephaner uma das melhores que já experimente.

    Abs e boas brejas,
    Eduardo

    Responder
    1. Renato Martins

      Fala Eduardo! Obrigado por seguir o Beercast também, o pessoal do Muambacast realmente é show de bola!

      Comentei em vários episódios que a Weihenstephaner é minha cerveja predileta de trigo… já passou da hora de fazer um episódio sobre ela. Ontem mesmo fui no Tche Café e, apesar de cultivar o “beba menos, beba melhor”, eu bebi 3 copões de 500ml… hehehe

      Vamos dar uma olhada nessa carta de cervejas, vai que pinta uma idéia para um próximo episódio também.

      Grande abraço.
      Renato

      Responder
      1. Eduardo Isaia Filho

        Blz Renato,

        Quando fui a Berlim fiz questão de visitar o Bar desta cerveja (http://www.weihenstephaner-berlin.de). Conheci ela em Londres e depois fiquei sabendo que era a mais velha em produção na Alemanha… Vale um podcast com certeza, a original, a Kristall e a Vitus são excelentes.

        Abs e vierem a Porto Alegre vamos tomar umas por aqui.

        Responder
  4. Danilo de Paula

    Fala galera mas um ótimo programa…realmente a way americam pale ale é uma boa cerveja e eu vou com a maioria dou três tampinhas e uma amassada pra ela…gostaria de saber o face de vcs pra eu pode adicionar vcs lá…parabéns por mas esse programa abração.

    Responder
  5. Thiago de Paula

    Fala galera do beer cast um belo programa show as trilhas sonaras feito para cervejeiros e motociclistas rsrsrs.curto muio cerveja bem lupulada e essa way compensa pois consegue reunir grandes ingredientes utilizados em cervas mas cara. uma boa cerva abraço a todos……….

    Responder
    1. Renato Martins

      Fala Thiago! Olha só, o Ricardo (não o Japa, o dono o Tche Cafe) também tem e curte motos… acho que se vocês fizessem uma visita la seria excelente. Além de tomar uma boa cerveja iriam trocar idéias sobre Harleys e afins.

      Um abraço
      Renato

      Responder
  6. RICARDO PEREIRA SANTOS

    E ae Pessoal !

    Eu acompanho o trabalho de vocês e digo que esta cada dia melhor e mais divertido escutar vocês!
    Essa cerveja eu ainda não provei , mas vai para a minha listra para provar!!

    Renato, sua piadas são engraçadas ….
    Gustavo, parece que esta pegando gosto pelas cervejas e logo larga a Skol…rss
    Ricardo, o cara do lúpulo ….
    Anselmo , sempre Autêntico em seus comentários e muito sincero …
    Abs Galera…
    Sucesso sempre!!!
    Ricardo _ @papaifresco

    Responder
    1. Ricardo Shimoishi

      Boa @papaifresco!
      Obrigado por ouvir a gente.
      A gente está se esforçando pra trazer um conteúdo relevante e gostoso de ouvir. E é legal “ouvir” que o estamos no caminho certo!

      Sucesso pra vc tb!!

      Grande Abraço!

      Rica

      Responder
  7. Lucas Zurwellen

    Fala pessoal, primeiramente muito obrigado pelo apoio ao nosso encontro da Skynerd e é muito legal saber que vocês também curtem o Jovem Nerd.

    Gosto muito da Way, apesar de concordar que o custo benefício pareça meio ruim mas em chope ela realmente se destaca. A minha preferida é a de Avelã mas na sua versão on Tap mesmo, ela me lembra muito Nutella rs.

    Sobre as Way singel hops esse ano tivemos o que eles chamaram de projeto número 2, que contava com 4 novos rótulos de single hops, Topaz (Austrália), HBC342 (EUA), Mosaic(EUA) e Motueka (Nova Zelândia). Infelizmente não cheguei a tomar nenhuma delas ainda e acredito que só vinham em um kit novamente.

    Vale a pena ressaltar que a Tarantino também trabalha muito com a Brewdog, tanto é que agora ta abrindo um bar deles aqui em SP.

    Eu dei tanta risada com a ANVISA principalmente depois que vi que no Japão vão lançar cerveja da Hello Kitty, isso sim é exemplo de coisa que atraia adolescentes.

    O programa do Brejas sobre falta de lúpulo pode ser ouvido aqui:
    http://www.brejas.com.br/blog/25-07-2013/pao-cerveja-programa-216-vai-faltar-lupulo-13691/

    Um grande abraço e até a próxima, continuem com o excelente programa!

    Responder
    1. Renato Martins

      Boa Lucas, sempre enriquecendo de informações!

      O Brasil é um país burocrático em todos os sentidos… tudo o que pode ser feito para frear os avanços é feito.

      Abração e bom encontro!

      Abs
      Renato

      Responder
  8. Victor Pontes

    E ae galera!

    Mais uma que tá na minha listra para provar!!

    Detalhe, curti pacas o The Wonders no Set List. Pra quem não sabe, The Wonders é uma banda fictícia de um filme muito legal estrelado pelo Tom Hanks e Liv Tyler.

    Renato, sua piadas são muito marotas e arrojadas! Parabéns! rs

    Abs
    Victor Pontes

    Responder
  9. Nilton Alves dos Santos

    Fala galera do Beercast, programa muito bom, já degustei duas cervejas da WAY, a deste programa e a Premium Lager ( cor de ambar, lúpulo acentuado e retrogosto de cereais ) ambas muito boas.
    Show de bola a chamada do Beernews, esta parte do programa está cada vez melhor, sempre é bom saber das novidades do mundo cervejeiro!!!
    E obrigado pela lembrança do meu niver, um abraço do seu amigo Niltinho, vulgo Batatinha…hahahaha

    Responder
  10. Matheus

    Algumas cervejas utilizam chips de madeira (carvalho, amburana, etc) durante a fermentação… esse é um processo mais fácil pra quem produz a sua própria cerveja…
    Também é possível utilizar sim barris de madeira para a maturação da cerveja, mas é um pouco mais complicado para cervejeiros caseiros, pois pode contaminar facilmente e é complicado sanitizar… é mais trabalhoso, mas possível…

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*