Cerveja Trio com Carolina Oda – Beercast #157

By | 11 de Maio de 2016
Cerveja Trio com Carolina Oda – Beercast #157

Cerveja Trio com Carolina Oda – Beercast #157

Para o episódio de hoje, Anselmo Mendo trouxe nossa amiga Carolina Oda e a cerveja Trio para degustar em nossa mesa.

Confira como foi esse bate-papo.

Cerveja Trio

Cervejaria: Blondine
Estilo: Session IPA
Álcool (%): 4.3% ABV
Temperatura: 5-7 °C
Copo Ideal: Pint

botao-comprar-cerveja

Confira a nota dos Beerquesteiros para a Cerveja do episódio:

Comentados durante o episódio:

BeerGifts

Download

Trilha Sonora

  • Marisa Monte – Gerânio
  • Marisa Monte – Amor I Love You
  • Marisa Monte – A Sua
  • Marisa Monte – Bem Que Se Quis
  • Marisa Monte – Na Estrada
  • Marisa Monte – Nao Va Embora
  • Marisa Monte – O Que Me Importa
  • Marisa Monte – Pra Ser Sincero
  • Marisa Monte – Nao E Facil
  • Marisa Monte – Danca da Solidao
  • Marisa Monte – De Mais Ninguem
  • Marisa Monte – ainda bem
  • Marisa Monte – Gentileza
  • Marisa Monte – Beija Eu
  • Marisa Monte – Ainda Lembro
  • Marisa Monte – Eu Sei

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

Clique no play no inicio da página e escute nosso episódio. (50:59 de duração)
Avalie abaixo quantas tampinhas esta cerveja merece.

12 thoughts on “Cerveja Trio com Carolina Oda – Beercast #157

  1. Sibele

    Oi meninos,
    Adorei a reportagem e irreverência de vcs!
    A Carol é mto cativante e a Bia ponta firme! 😉
    Espero que curtam o lote 3, está sensacional!
    Abs

    Reply
  2. Fabrizio Guzzon

    Salve galera!
    Ótimo programa, já conhecia a Carol Oda do curso de sommelier onde ela ministrou a aula sobre serviço e brigada, por sinal, com ótimas dicas.
    Ainda não provei a trio, mas tem aqui no La Maison então vou passar por lá para provar.
    E essa questão de brigada é fundamental, seja para o importador ou para o fabricante. Quando eu trabalhava em cervejaria era um ponto que sempre apontava quando falavam sobre o mercado de especiais, que não adianta aumentar a produção se o responsável por apresentar seu produto ao consumidor final não esta preparado para fazer isso.

    Abç
    Guzzon

    Reply
  3. Bia Amorim

    Eu não sou tratante!! hahahaha eu só ainda não consegui ir =)

    Muito bacana falar da TRIO, acho que a Carol é a melhor para nos representar.

    O projeto foi muito bacana e estamos sempre aprendendo!

    beijos a todos aí e logo eu apareço =)

    Reply
    1. Afonso

      Bia vc tem que que participar do beercast, ctz que sera divertido.
      Ainda esta fazendo os tour cervejeiros? recomendo qualquer um fazer com vc .

      Reply
  4. Lucas F. Zurwellen

    Fala pessoal, cara não sei pq mas eu imaginava que esse programa um dia iria sair… rs.

    Eu já sou do time que acha que 150ml vale como prova, degustação e check-in mas não faço check-in se eu dou apenas um gole para experimentar, ai acho muito pouco mas a tacinha já da pra tirar uma prova.

    A Carol está certa de fazer o curso de chá, assim será especialista em 2 das 3 bebidas mais consumidas no mundo… uma vez que pra água não há muito o que se aprender degustando.

    Também tenho vontade de fazer curso de várias outras bebidas como café e cachaça, um dia quem sabe.

    Um abraço

    Reply
  5. Flavio Yokooji

    Tudo bem pessoal? Voltando aqueles meus longos comentários… rs

    Gostei da primeira Trio que saiu. O segundo lote não experimentei, mas não deixarei passar o terceiro, pois Nelson Sauvin é um dos lúpulos que mais gosto.

    Tenho uma regra para considerar que experimentei uma cerveja e colocar no Untappd: Só posto se bebi, no mínimo, 1/2 garrafa. Está certo que em muitos casos serão só 155ml, mas já é 50% a mais que 100ml! Rs.

    Olha… eu gosto de outras bebidas e drinks também. Sou fã de bourbons, mas cerveja sempre ganha na minha preferência.

    Sobre o ICI Brasserie, não sabia que a Carolina Oda havia feito a carta. Esses dias comentei que é um restaurante com uma carta de cervejas bem enxuta, mas muito bem pensada. Melhor do que ter mil do mesmo estilo que não harmonizam com os pratos.

    Falando de treinamento de brigadas, isso sempre gera vendas e, consequentemente, retorno. Independente do setor.

    Reply
    1. Renato Martins

      Flavio, se eu fosse você tentaria achar as 3, a diferença é bem perceptivel… muito legal.

      Acredita que essa semana ainda passei em frente a ICI e pensei justamente nisso, não precisamos ter uma carta com milhares de cervejas, precisamos ter uma carta que faça sentido.

      Abração!

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*