Cerveja Eisenbahn Frosty Bison – Beercast #53

By | 14 de Maio de 2014
Cerveja Eisenbahn Frosty Bison – Beercast #53

Cerveja Eisenbahn Frosty Bison – Beercast #53

Neste episódio provamos a Frosty Bison, criada pelos cervejeiros mineiros Fabert Araújo e André Canuto e vencedora do 4º Concurso Mestre Cervejeiro da Eisenbhan.

Já ficou provado que os mestres de Minas Gerais têm acertado a mão nas receitas.Você precisa saber mais sobre esta cerveja que vem abençoando as prateleiras, isso quando conseguimos encontrá-la.

Cerveja Eisenbahn Frosty Bison

Cervejaria: Eisenbahn
Estilo: India Pale Ale (IPA)
Álcool (%): 6.9% ABV
Copo Ideal: Pint Americano, Caldereta
Preço Varejo: R$24,90 (500ml)

Comprar a Cerveja Eisenbahn Frosty Bison (utilize o cupom BEERCAST para 15% de desconto)

 Links comentados durante o episódio:

BeerNews

Confira a nota dos Beerquesteiros para a Cerveja Eisenbahn Frosty Bison:

Anselmo Mendo (4 de 5)  tampinha_oktampinha_oktampinha_oktampinha_ok
Ricardo Shimoishi (4 de 5) tampinha_oktampinha_oktampinha_oktampinha_ok

Download

Trilha Sonora

  • Artic Monkeys – Black Treacle
  • Artic Monkeys – Brianstorm
  • Artic Monkeys – Do I Wanna Know
  • Artic Monkeys – Flourescent Adolescent
  • Capcom – Street Fighter IV Music
  • Robin Thicke ft TI and Pharrell – Blurred Lines
  • The Strokes – Last Nite
  • The Strokes – Reptilla
  • The Strokes – Someday
  • The Vaccines – Blow It Up

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

Clique no play no inicio da página e escute nosso episódio. (38:02 de duração) Avalie abaixo quantas tampinhas estas cervejas merecem.

67 thoughts on “Cerveja Eisenbahn Frosty Bison – Beercast #53

  1. GUSTAVO PEIXOTO NUNES

    Comprei essa IPA após ouvir o podcast de vocês.

    Comprei no próprio site de Eisenbahn por R$ 15,00 cada garrafa. Peguei ainda mais 12 outras cervejas em dois packs mistos. Frete por R$ 42,00 para o interior do estado da Bahia.

    Depois o atendimento pós-compra foi o mais frio possível através de troca de e-mails.

    Reply
  2. Anderson Gimenes

    “nível de tostagem média”…kkkkk, muito bom, vou tentar a receita Anselmo.
    Eu moro em Valinhos região de Campinas e provavelmente não irei encontrar essa cerveja, pois só tenho o pão de açucar perto…triste isso.

    Abraço!

    Ps.: Vou atrás do cd do Artic Monkeys, não conhecia e achei bem legal.

    Reply
    1. Anselmo Mendo

      E aí Anderson? Para o nível de tostagem médio, tem que lembrar de deixar o termostato no mínimo no fogão, heim! :D. Acho que Frosty já chegou a ser vendida no Pão de Açúcar, mas agora está difícil mesmo. A música do Artic Monkeys que abriu o programa é do disco AM, o último. Muito bom! Abração!

      Reply
  3. Luis Loureiro

    Não sou mais o mesmo Gú! Acordo agora as 6hrs e ficar acordado até 00:00 é muito difícil, muitas vezes não consigo me manter acordado pra gravar o Papo no Elevador! Mas não deixo de comentar não! Estou vivendo um momento parecido com o do Gustavo, aqui em Macaé a oferta de cervejas é quase nula, no máximo encontro umas Baden Baden e se muito uma Bishops Finger! Então imagina o grau de felicidade da criança aqui ao receber em casa a Dado Bier Double Chocolate Stout que ganhei na promoção! Com isso, fica uma missão impossível achar essa Eisenbahn aqui, já que até em São Paulo já foi difícil.
    Coincidência, ou não, a Frosty Bison além de trazer bastante espuma, aparentemente trouxe granizo pra vocês aí!
    Abraço pessoal! E se não postar meu comentário 00:01, vou tentar pelo menos postar 6 e poca da manhã! hehehe

    Reply
    1. Anselmo Mendo

      E aí Loureiro! É que toda vez que a gente checa os primeiros comentários lembramos de você!
      Macaé é uma das cidades que mais faturam com o royalties do petróleo, né não? Olha só a oportunidade para um profissional empreendedor abrir algum loja de especiais por aí e desbravar o território! :D. Abração!

      Reply
  4. Nicolas Gomes

    Sou fan do programa, mas e meu primeiro comemtario! Abri essa cerva hj escutando o programa, a minha nao fes tanta espuma muito normal e bonita. Uma IPA comportada mas legitima IPA americana. Cerveja saborosa e para repetir algumas vezes. Parabens pelo programa e gostaria de dizer que sempre estou em sintonia com vcs, varias vezes tomei a cerveja degustada na semana do programa.

    Reply
    1. Ricardo Shimoishi

      Muito legal, Nicolas!
      Obrigado pelo retorno.
      Esse seu “ritual” é repetido por algumas pessoas que já nos escreveram.
      Acho bacana porque mesmo à distância dá uma sensação da gente ter bebido junto.
      Engraçado, né?

      Abração!

      Reply
  5. Lucas Zurwellen

    Fala pessoal, eu comprei a minha no Zaffari e achei ela meio que fraquinha no sabor para um AIPA e tava mais para uma APA. Conheço mais pessoas que tiveram essa impressão sobre ela!

    Vocês com dificuldade de achar aonde comprar e tem lugar em SP e ta vendendo até com o copo! Rs…

    Ótimo programa e que venha mais um ano repleto!

    Reply
    1. Ricardo Shimoishi

      Fala Luquita!
      Obrigado por estar sempre com a gente!

      IPA, AIPA, APA?
      Ah, a gente tem que conversar sobre isso bebendo uma… 🙂
      Parece q todo mundo de Sampa achou essa cerva no Zaffari. Onde tem o kit dela com o copo?!

      abração!

      Reply
        1. Ricardo Shimoishi

          Não rolou.
          Não consegui comparecer. mas vamos conversar sobre isso sim.
          É um papo “amargo”, mas me interessa. Na verdade interessa por isso mesmo! 🙂

          Reply
  6. Derly de Lana Cordeiro

    Salve galera!

    Como sempre excelente programa.
    Infelizmente eu também não achei essa cerva aqui no Pará (agora que estou morando no interior fica mais difícil).
    Mas tenho uma curiosidade imensa em relação a ela.
    brigado pelo salve no programa e Anselmo excelente trilha sonora, tbm sou fã do Artic Monkeys.

    Inte o próximo programa.

    Reply
      1. Derly de Lana Cordeiro

        Pow Renato ate pensei em pedir no Cerveja Store, mas mesmo com o desconto de vocês fica inviável eu comprar qualquer cerveja com eles, pois o frete aqui pro Pará (pelo menos aqui para Tailândia onde estou morando) é um absurdo. No simulador deles da R$104,00. É simplesmente impossível comprar com esse preço, e aqui na cidade não conheço ninguém alem da minha esposa e eu que toma cervejas de verdade.

        Reply
        1. Renato Martins

          Verdade, tem esse ponto… pra quem está em SP é bem barato.

          Sai mais barato você pegar um avião até Belém e tentar achar por lá…hehehe

          Abs.

          Reply
          1. Derly de Lana Cordeiro

            Quase isso mesmo Renato.
            Pra falar a verdade estou sem tomar uma boa cerve a meses, pois aqui em Tailândia o máximo que eu acho é um Stark Bier e um Weissebier da Petropolis.
            To esperando ir a Belém para fazer um estoque.

    1. Anselmo Mendo

      Derly, aqui é trilha sonora caprichada. Eu escolhi mas o Renato que editou. Caramba, R$104, no Pará toda cerveja “importada” virá a DeuS!

      Reply
  7. Thiago Diegoli

    Programa muito bom.
    Demais a trilha sonora. Muito bom gosto.
    Parabéns.

    Reply
  8. Vinicius Rodrigues

    Ótimo programa, cerveja parece excelente.
    Tenho sentido falta de cervejas que a gente possa comprar fácil pra voltar e avaliar… A Deus é até fácil de achar… Mas não de comprar rs

    Relaxa Anselmo, você não repetiu meu nome, tu falou Vinicius Lorenzon e Alex Rodrigues… Depois Vinicius Rodrigues rsrs

    Grande abraço galera e continuem com o excelente trabalho.

    Bora festa no Tchê dia 7? =D

    Reply
      1. Vinicius Rodrigues

        A gente pode ir todo dia, sem problema hahaha…

        Mas dia 07 seria a festa de 1 ano do Beercast.

        Reply
      1. Vinicius Rodrigues

        Então que seja… 1 ano e 1 mês xD

        Vamo combinar esse esquema direito amanhã rs
        Mas garanto que dia 07 é o dia mais adequado pra essa festa

        Reply
  9. Daniel Córdova

    Coincidência, essa semana encontrei essa cerveja no mercado aqui em Floripa e garanti a minha garrafa, só não experimentei ainda.

    Hoje não consegui ouvir o beercast, mas amanhã não passa =)

    Abraço!

    Reply
      1. Daniel Córdova

        Realmente foi uma surpresa encontrá-la.

        Pra quem é de floripa, comprei no Imperatriz do Beira Mar Shopping.

        Valeu pela resposta, Renato. É muito legal a interação de vocês com os fãs!

        Abraço.

        Reply
        1. Anselmo Mendo

          Daniel, quando o Renato escreveu “você é um cara de sorte”, achei que ele se referia a não ter “consegui ouvir o beercast”, hahaha.

          Reply
          1. Daniel Córdova

            hahaha sacanagem…

            Pior é que ainda não consegui ouvir o dessa semana.
            Mas já botei no pen drive e vou ouvir na viagem hoje a noite, junto com o Nerdcast de hoje… vou viajar bem acompanhado.

            Aliás, essa é uma viagem especial, porque vou pra casa do meu pai (190km), aonde está me esperando a minha primeira cerveja produzida, uma blonde ale, e hoje é o dia em que vamos abrir a primeira.

            Wish me luck!

          2. Daniel Córdova

            Ouvi o Beercast na 6a feira enquanto dirigia e na hora que o Anselmo falou meu nome nos agradecimentos eu parei pra ouvir de novo hahahaha

            CARAAAAAIOOO, o Anselmo falou meu nome!!! hahahaha

            ah! postei lá no FB do Beercast uma foto da Frosty Bison que encontrei num posto de gasolina na BR101 em SC,,, geladinha, pronta pro abate.

            Abraço!

  10. Ricardo

    No supermercado Zaffari em São Paulo, localizado no shopping Borboun (zona Oeste) foi onde encontrei essa maravilha!

    Reply
  11. Fabrizio Guzzon

    Fala Galera!
    Responde alguns comentários que vocês fizeram no programa… sim, quando escrevi a resenha eu havia tomado pela primeira vez e fiquei tão surpreso quanto vocês com o liquido. E sim, vai uma dose cavalar… ou dose de bisão, de lupulo no dry hopping dessa cerveja.
    Não vou falar novamente das minhas impressões sobre a cerveja, meus comentários sobre a cerveja estão na minha resenha, o que gostei mesmo é que é uma American IPA autentica, ela não foi criada para revolucionar, ela é a prova que os cervejeiros caseiros conseguem fazer cervejas que são muito boas e são pareo para qualquer cervejaria estabelecida que temos.

    Abç
    Guzzon

    Reply
    1. Renato Martins

      Verdade Guzzon, não deixamos nada a desejar para nenhuma cerveja existente por esse mundão… falando tanto de cervejeiros caseiros, quanto das micro cervejarias.

      Abração!

      Reply
      1. Fabrizio Guzzon

        Anselmo, essa decisão não fica nem na minha área… mas eu estou enchendo o saco de todo mundo que conheço lá para isso acontecer… rsrs

        Reply
  12. David Redmerski Jr

    Dry hopping difícil de encontrar nos caseiros? Conheço muitos caseiros apaixonados por cervejas lupuladas e que sempre fazem dry hopping. Na minha segunda leva eu já optei por fazer dry hopping em IPAS, APAS e outras americanas.

    Reply
      1. Miguel

        Era isso que ia falar. Sou iniciante na produção de cervejas e mesmo assim fiz dry hopping nas duas brejas que fiz até agora. Se a produção aumentar, seria um prazer enviar para o pessoal do Beercast tomar. 🙂

        Reply
    1. Leonardo Graton

      Bem lembrado David, dry hopping é mais fácil de fazer do que parece. A técnica mais fácil é fazer um pacote com Voal, sanitizar ele, colocar o lupulo dentro e jogar dentro do maturador nos últimos dias. Na minha primeira leva, uma apa que fica pronta para beber hoje \o/ , já fiz um dry hopping para dar mais aroma.

      Reply
    2. Anselmo Mendo

      É que DRY Hopping é uma “moda” meio nova entre os caseiros, David. Há pouco tempo, pelo menos o pessoal que conheço, fazia IPA mais porque não encontrava boas cervejas nesse estilo com facilidade, do que pra intensificar o lúpulo.

      Reply
  13. Leonardo Graton

    Fala galera do Beercast!
    Essa cerveja realmente é muito boa. Pensar que ela surgiu em uma panelinha é muito massa, até tomei a minha em frente minhas panelas de brassagem pra ver se da uma sorte, tem a foto no meu instagram pra provar isso, kkkkk.
    Sobre o concurso já fiquei sabendo que esse ano terá outro (fonte segura), mas não consegui saber nem a data muito menos o estilo.
    Achei estranho não acharem ela fácil ai em SP, aqui em Uberlândia achei com muita facilidade, sinal que aqui o mercado ta bom. Só achei ruim na hora que vi o preço que vcs pagaram, aqui ela custa entre 20 e 25reais.

    Reply
  14. Matheus Martin

    Fala galera!
    Eu particularmente achei a Frosty Bison bem honesta! É boa, mas nada que encante e encha os olhos de lágrimas… Pro corpo e sabor eu achei legal, mas o aroma deixou um pouco a desejar… o que eu gosto na Eisenbahn de fato é isso: cervejas honestas por ótimos preços! E a Frosty Bison fugiu totalmente desse contexto… pelo valor que estão cobrando por ai nos PdVs você encontra IPAs melhores… Se essa breja entrasse em linha, nas garrafas de 300ml pelo mesmo valor das outras (faixa dos R$ 5,00) seria sensacional!

    Outro ponto é que a alta dos impostos de cerveja foi adiada para depois da Copa! E o tão sonhado Supersimples para as Microcervejarias foi rejeitado na Câmara, apesar da maioria dos votos ser a favor da inclusão. Lastimável! Os principais votos contra a inclusão foram do Governo (PT e PMDB).

    Bom, parabéns pelo ótimo programa!

    Abs!

    Reply
  15. Flavio Yokooji

    Fala aí pessoal do Beercast, blz? Tenho bastante coisa para comentar desse episódio.
    Primeiro, quanto a trilha sonora: gosto muito de Arctic Monkeys. O primeiro e o último álbum deles realmente são fantásticos. Pensei que tinham errado na edição quando escutei música do “The Strokes” no episódio, mas entrando no post eu vi que foi proposital. Ok, uma banda americana para representar uma cerveja de estilo americano.
    Sobre o concurso da Eisenbahn, comecei a experimentar cervejas diferentes bem na época do primeiro concurso. Tive a felicidade de apreciar a Dama do Lago. Quase cai na cadeira quando a experimentei lá no Frangó – um dos poucos locais onde havia. Cerveja espetacular, mas muito cara também.
    Ainda não experimentei a Frosty Bison, mas já está na minha geladeira. Pessoal teve problemas para encontrá-la, mas eu recebi a minha em casa. Vinda do Tasting Club (clube de cerveja da Cerveja Store que vocês anunciam).
    Vi que o Anselmo é da ZO. Também sou. Realmente, é uma região com bastante opção.

    Reply
    1. Renato Martins

      Que inveja Flavio… aqui na zona Sul de SP esta melhorando, mas é meio difícil as vezes de encontrar algo específico.

      A trilha sonora foi friamente calculada hein!!! hahaha

      grande abraço!

      Reply
    2. Anselmo Mendo

      E aí Flavio? O Renato já tinha colocado o AM na trilha uma vez, mas achei que tava na hora de ganhar mais espaço 😀 Fico aqui na Pompeia!

      Reply
      1. Flavio Yokooji

        Moro no Parque São Domingos (Pirituba). Fui uns 2 dias na Pompéia comprar insumos para fazer cerveja no Sinnatrah.

        Reply
        1. Anselmo Mendo

          Ow… Morei a maior parte da minha vida em Pirituba. Minha mãe e meu irmão ainda estão por aí, numa travessa da Av. Mutinga. A Sinnatrah é aqui do lado. Esta nos planos ir até ela tentar agendar um episódio do BC com eles.

          Reply
    1. Ricardo Shimoishi

      Excelente Cerveja Micheel. Mas um pouco dífícil de achar.
      Mas vale a pena experimentar para ver que nível de excelência têm chegado os cervejeiros caseiros no Brasil.

      Abraço!!

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*