Cerveja Dama Indian Lady – Beercast #24

By | 23 de outubro de 2013
Podcast da Cerveja Dama Indian Lady

Podcast da Cerveja Dama Indian Lady

A Dama mais gostosa de Piracicaba chegou ao Beercast! Fizemos uma visita à fábrica da Dama Bier e trouxemos (para a felicidade do Rica-o lupulomaníaco) a cerveja Dama Indian Lady para provar.

O que mudou na Dama ultimamente? O que a Dama tem a ver com as cervejas americanas? Sandy e Junior gostam de lúlupo? O Rica foi demitido do Beercast? Qual é a produção mensal da Dama? Piracicaba tem só a Dama? Onde comer quando você for até Piracicaba para conhecer a fábrica?

Todas essas e outras curiosidades no episódio de hoje sobre a Dama Indian Lady!

Saiba também o que rolou no Youpix Rio 2013!!! Agradecemos a todos os nossos novos ouvintes e em breve teremos um episódio especial para vocês!

 

Cerveja Dama Indian Lady

Cervejaria: Dama Bier
Estilo: India Pale Ale (IPA)
Álcool (%): 6.5% ABV
Temperatura: 5-7 °C
Preço Varejo: R$ 15,00 ~ 20,00 (SP Capital)

Avaliação da Cerveja Dama Indian Lady na Comunidade Brejas (crie seu perfil e avalie também esta cerveja no brejas.)


História da Cervejaria Dama Bier

Fundada em 26 de Janeiro de 2010 na cidade de Piracicaba, no estado de São Paulo, a Dama Bier é uma empresa familiar. Seus proprietários viajaram por diversas regiões do mundo, buscando o que há de melhor para produção de cerveja. A fábrica está situada em uma área de 1900m2 localizada no bairro Piracicamirim, e tem capacidade produtiva de 60.000 litros/mês.

A cervejaria está focada na produção de cerveja com diferencial em qualidade e com grande personalidade sensorial. Cada um dos estilos produzidos possui características particulares, tais como: cor, teor alcoólico, amargor, sabor e aroma. Por isso nossa equipe conta com um mestre cervejeiro e um bier sommelier para deixar sua Dama Bier perfeita e de acordo com o estilo proposto.

Links comentados durante o episódio:

BeerNews

A nota dos Beerquesteiros para a Cerveja Dana Indian Lady:

Convidado: Matheus Martin (4 de 5)
tampinha_oktampinha_oktampinha_oktampinha_ok
Gustavo Passi (3,5 de 5)
tampinha_oktampinha_oktampinha_oktampinha_amassada
Renato Martins (4 de 5)
tampinha_oktampinha_oktampinha_oktampinha_ok
Ricardo Shimoishi (4 de 5)
tampinha_oktampinha_oktampinha_oktampinha_ok

Trilha Sonora

Acompanhe e Entre em contato com o Beercast:

Download deste episódio em “.zip” clique aqui.

Clique no play no inicio da página e escute nosso episódio. (25:34 de duração)

 

 

49 thoughts on “Cerveja Dama Indian Lady – Beercast #24

  1. Katsumi

    Tomei a Dama IPA no encontro da Skynerd no Tchê Café, porque escutei o podcast uns dias antes. Eu tinha um preconceito com a Dama, porque tomei uma cerveja dela e não achei boa, mas essa IPA estava bem boa. 🙂

    Reply
  2. Naldo

    Olá galera do Beer cast sou um novo ouvinte e um apreciador da boa cerveja a pouco mais de um ano quando descobri algumas na minha ida a Gramado-Rs ano passado. Venho aqui fazer dois pedidos de programa o primeiro é sobre uma cerveja que gostaria que tivesse um cast especial para ela, a Estrella Damm Inedit que eu gostei muito quando a experimentei, outro pedido é quanto a um programa sobre estes clubes de assinatura de cerveja mensais, gostaria de saber suas opiniões e se possuem algum, se consideram vantajosos, em caso de sim, quais consideram mais vantajosos, etc. Fora isso gosto muito do programa de vocês. Forte abraço continuem com este excelente programa e até mais.

    Reply
    1. Ricardo Shimoishi

      Boa Tarde, Naldo!

      Obrigado pelos elogios!
      E as sugestões estão anotadas! Existem centenas de cervejas que merecem um programa, por isso é sempre bom que vcs digam quais poderiam fazer parte da nosso pauta.
      Quanto aos clubes de cerveja,achei sensacional a ideia! Mas teríamos que estudar um pouco de como poderíamos encaixar o tema ao programa.

      Abração!!

      Reply
      1. Gustavo Passi Post author

        Naldo,

        Vale a dica do Matheus também, esta analise é de agosto deste ano e a Alulu ainda não existia, não temos nenhum dos clubes citados, porém conhecemos alguns, mas fica ao seu critério escolher, temos uma feedback positivo do nosso parceiro que é de casa. 😉

        Abração,

        Gus

        Reply
    2. Gustavo Passi Post author

      Naldo,

      Temos um parceiro que é o pessoal do Alulu Beer (http://www.alulu.com.br/). um dos sócios Marcelo Paton é nosso amigo e responsável pela seleção de cervejas, além disso ele também dá cursos de fabricação de cerveja e recebemos o kit deles mensalmente, é de tirar o chapéu o carinho com a embalagem e os adesivos das cervejas do mês pra colecionar.

      Cheers,

      Gus

      Reply
      1. Naldo

        Meu Grande problema Gustavo, Ricardo e Mateus é que sou de Feira de Santana, Ba e se pra conseguir uma cerveja em Salvador já é difícil imagina aqui. Costumo comprar minha cervejas pelo dufryshopping.com que fica mais barato. Agora, a pouco mais de dois meses, abriu uma loja na cidade exclusiva de cervejas especiais, que tento prestigiar sempre que posso, afinal é minha unica opção na cidade, mas eles não ajudam muito fecham muito cedo inclusive sábado a tarde.

        Reply
        1. Naldo

          Por conta disso pensei na assinatura como uma opção interessante até porque por mais que eu queira conhecer rótulos novos a tentação de pegar a que já experimentei é muito grande até mesmo pelo tempo de espera, e com uma seleção feita por um Mestre cervejeiro fica mais fácil, pois a tendencia é que venham cervejas diferentes, escolhidas por um profissional ou almenos alguém que goste de cerveja. Obrigado pelas dicas e vou dar uma olhada com calma. Obrigado!

          Reply
  3. Guzzon

    Senhores, novamente um ótimo programa.
    Tive a chance de provar a Indian Dama no sábado lá no Tche Café, já que pediram na mesa. E de fato é uma cerveja muito aromática e com um sabor marcante, mas tomei somente um gole… vou ter que comprar algumas unidades para provar com mais atenção.
    E o encontro no Tche Café foi muito bom! O bate papo com vocês foi muito legal, e já conversei com o Lukita no domingo e vamos marcar mais um encontro skynerd/beercast no próximo mês!

    Reply
    1. Ricardo Shimoishi

      Aí, Guzzon!

      Foi sensacional ter estado com vcs: Galera animada, divertida e cervejeira! Só uns caras que falam que vem e não aparecem que merecem nota menor que 10…
      hahaha… Tomara que eu possa participar do próximo encontro tb! E conhecer esse tal tal de Lukita aí…

      Abração!!!

      Reply
  4. Seven Beer

    E aí galera do BeerCast !!!
    Foi um prazer conhecer vocês! Mais uma vez, um programa show de bola!
    Que bom que conseguiram achar o Lapa Café e beber a Noi!
    Eu avisei pra tomarem cuidado e não se confundirem com as amigas (ou amigos) que teriam na rua Gomes Freire esperando por vcs … kkkkkk
    Grande abraço!!!

    Reply
    1. Renato Martins

      Fala João!

      O mesmo pra nós, prazer imenso em conhecer você e todo o pessoal ai do RJ. Agradeça ao seu amigo pelas Barco.

      O Anselmo adorou passar por essa rua la na Lapa, falei para ir por outro caminho mas ele insistiu em ir por la…

      Um abraço
      Renato Martins

      Reply
  5. Leandro Varandas (27 anos Santos- SP)

    E aí galera!
    O podcast de vocês é muito bom, venho acompanhando há algumas semanas e é cada um melhor que o outro.
    Sábado passado fui p/ SP e fiz questão de ir conhecer o famoso EAP, acabei comprando duas cervejas que vocês já degustaram Leuven Blanche e Trappistes Rochefort 10.
    Infelizmente por ter ido no sábado não conseguirei ir no encontro, mas pretendo ir quando tiver um próximo.

    Grande abraço!

    PS: Vocês poderiam me passar por e-mail com o preço da camiseta?

    Reply
    1. Renato Martins

      Faaaala Leandro! Ficamos super felizes com seu comentário.

      Esperamos que na próxima consiga comparecer no encontro para nos conhecer e provar uma boa cerveja.

      Um abraço.
      Renato Martins

      Reply
  6. Glaucia C. Rosa (25 anos, Educadora Física, Blumenau - SC, Cerveja Favorita: DIFÍCIL EIN!)

    Rapaaaaixxxx destaque desse episódio foi a trilha sonora: mt foda!
    Conhecemos a Dama no último Festival da Cerveja que rolou aqui (e que achado ein!). Temos a sorte de conseguir encontrar com facilidade das cervejas da Dama Bier aqui em Blumenau. Vale muito a pena experimentar! Abraaaaççossss povo!

    Reply
  7. Micheel Pedreira

    É bom falar das cervejas brasileiras, para movimentar o mercado, levar as pessoas conhecerem as cervejas nacionais, mas voltem a falar também as cervejas de fora. Aqui é praticamente impossível chegar cerveja brasileira(só chega Skol na loja brasileira) e fico só na vontade desse jeito. O mundo é muito grande para beber cerveja de um país só 😀
    Semana que vem é Halloween, prepararam uma cerveja do estilo Pumpkin Ale para postar? Estou correndo atras de uma, mas tá difícil aqui.

    Reply
    1. Ricardo Shimoishi

      Tem razão, Micheel, tem razão.
      Vamos falar sim de mais cervejas importadas sim. Afinal tem um montão de cervejas ótimas para serem degustadas ainda.
      Putz! Era a hora mesmo de uma Pumpkin Ale! Ótima sugestão!
      Mas acho que não vai dar tempo desta vez.

      Abração!!

      Reply
  8. Lucas Zurwellen

    Dae pessoal, muito bom o programa deu pra rir muito pra variar!

    Gosto da Dama já antes de mudar a receita e realmente ela melhorou muito, custo benefício dela vale bastante a pena.

    Vem cá essa 1ª Musica não foi do Massacration não e que história é essa de Lukita da galera? Hahahahaha…

    No sabadão vamos discutir esse apelido melhor rs.

    Show de bola vcs terem aproveitado bem o Youpix e serem bem reconhecidos, o sucesso vai ser cada vez maior!

    E já viram essa propaganda da Bohemia? Ela vai bem a favor do que diz a lei a ser aprovada.

    Cara e essa Bluemoon tem que chegar logo por aqui, tenho um amigo não cervejeiro que tomou ela e só fala dessa cerveja. Pediu para eu procurar ela de toda e qualquer forma, diz que é a melhor coisa do mundo, indiquei outras do mesmo estilo para ele mas que acabou não gostando… ele desprezou a Hoegaarden. Rs…

    Bom um abraço e até sábado!

    Reply
    1. Anselmo Mendo

      Hahaha… não nos culpe Lucas, esses nomes são coisas da Porta dos Fundos. É só brincadeira, heim. Obrigado mais uma vezes. Pô, é o Massacration quem imita o Rob Halford. Vamos tacar uma deles quando falarmos de alguma breja poser, haha! Nós aqui estamos também ansiosos pra experimentar a BLUEMOON, precisamos entender o porquê de todo esse sucesso. Nos vemos sábado, abração.

      Reply
        1. Gustavo Passi Post author

          Lú, é uma homenagem pra você rs… Agora se a moda pega fodeo!

          Abração e Cheers!

          Reply
    2. Ricardo Shimoishi

      Ae, Lukita!

      A Bluemoon não deve demorar a chegar.
      Mas será mesmo que ela é tão boa?
      Seu amigo experimentou a Blanche da Leuven? Pode ser que seja mais a ver com o paladar dele…
      Sábado a gente conversa.

      Abs!!

      Reply
    1. Gustavo Passi Post author

      Ô Comedor de pamonha, vamos combinar outras visitas as fábricas pra trazer mais conteúdo pra essa galera.

      Reply
  9. Gabriela

    Parabéns! Acabei de conhecer o Beercast e adorei! Certamente passarei a acompanhar!
    Coincidentemente, estou organizando uma viagem cervejeira que também passará por Piracicaba, com degustação das cervejas da Dama Bier!
    Para quem se interessar, tem mais informações no site!!

    Reply
    1. Gustavo Passi Post author

      Gabriela,

      Que ótimas notícias, ouvinte nova na área e viagem cervejeira.

      Conte como nos conheceu e com certeza vamos informar os amigos e amantes de cerveja sobre a viagem.

      Um forte abraço e uma tulipa cheia.

      Cheers.

      Reply
    1. Gustavo Passi Post author

      Nanda,

      Se o vontade de viajar for falar de destinos cervejeiros avise que vamos consumir muito esse tipo de conteúdo e podemos ajudar em algo também.

      Abs,

      Gus

      Reply
  10. Luís Loureiro

    Fala pessoal! Mais um ótimo episódio! Legal que vocês conseguiram achar a cerveja Noi, já estava me preparando para mandar pra vocês uns exemplares! hehehe
    Prazer conhecer vocês lá no youpix! Qualquer coisa tamo ae!
    Abração!

    Reply
    1. Renato Martins

      Muito legal te conhecer Luis, esperamos que na próxima sobre um tempo pra tomar uma cerveja né…ficou faltando isso.

      De qualquer forma, obrigado pela presença.

      Um abraço!
      Renato Martins

      Reply
    2. Gustavo Passi Post author

      Luís, Tú é foda rapá!

      A gravação que você mandou ficou ótima, vamos bolar umas entradinhas assim pra deixar os programas cada vez mais vivos.

      Valeu por tudo mano (jeito paulista)

      Cheers!

      Gus

      Reply
  11. Guilherme (Buteco do Ferreira)

    Fala Galera!

    Gostei do episódio! Falando em cervejas artesanais, recomendo a Brück da Bier Nards, uma cervejaria daqui de Jundiaí-SP. É uma Schwarzbier sensacional com retrogosto de pó de café!

    E o nosso episódio do Buteco =] ?

    Abs

    Guilherme

    Reply
    1. Renato Martins

      Fala Guilherme!

      Tem muita coisa acontecendo nesses últimos tempos que deixaram a gente um tanto quanto enrolados… vou pedir para o Gustavo te enviar um e-mail para falarmos sobre isso.

      Abração.
      Renato Martins

      Reply
    2. Gustavo Passi Post author

      Guilherme,

      Vamos alinhar isso por e-mail, é só combinar, agora que passou a correria do youpix é só deixarmos a casa em ordem e sair gravando.

      Um forte abraço!

      Cheers!

      Gus

      Reply
    1. Ricardo Shimoishi

      Olá David!
      Obrigado pelo contato.
      Acho que você está certo. O IBU das cervejas comerciais deve estar mesmo um pouco abaixo do que eu falei.
      O assunto é controverso porque no Brasil as grandes cervejarias não costumam divulgar o IBU das suas cervejas e medir esse índice não é tão simples.
      Por essa razão normalmente não sabemos – de fato – o IBU correto. A sensação do IBU dessas cervejas é mais no sensorial do que matemático.

      Reply
    2. Gustavo Passi Post author

      Tô vendo que no Beercast só tem trapalhões, o Renato diz uma uma coisa e o Rica outra, eu voto no menos de 10 de IBU, a itaipava por exemplo deve ter 0,5 rs.

      Reply
    3. David Redmerski Jr

      vc pega uma cerveja de trigo, e prepara ela para ter uns 20 ibus e o povo acostumado com as nossas ‘belas’ comerciais fica espantado, primeiro acham que é muito amarga, depois reclamam que é muito forte. Como vcs disseram as brasileiras não informam, eu acredito que o ibu deve ficar próximo a 7 na maior parte delas, com exceção da Heineken.

      Reply
      1. Renato Martins

        David, acredito que isso é uma coisa gradual… o Brasil esta vivendo um momento de mudanças na questão de qualidade da cerveja, com certeza isso será melhor daqui a algum tempo.

        Isso é um dos nossos objetivos, mostrar para todos que é possível beber com mais qualidade.

        Um abraço.
        Renato Martins

        Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*