Cerveja Colorado Appia com Dudu Sales do Papo de Gordo – Beercast #26

By | 6 de novembro de 2013
Podcast da Cerveja Colorado Appia - Papo de Gordo

Podcast da Cerveja Colorado Appia – Papo de Gordo

Hoje o papo é de gordo e é sobre a cerveja Colorado Appia! Vamos experimentar a cerveja mais vendida da Colorado e de quebra, bater um papo descontraído e super divertido com o Dudu Sales do Papo de Gordo.

A cerveja engorda? Como se preparar com suas cervejas para um apocalipse zumbi? É fácil encontrar cerveja em Salvador? Qual cerveja o Renan Calheiros compra? O que falava a primeira versão da lei de pureza alemã? Qual é o alimento que mais combina com cerveja? Quais são as facilidades em assinar um clube de cerveja?

Essas e muitas outras coisas imperdíveis nesse programa mais que especial!

Cerveja Colorado Appia

Cervejaria: Cervejaria Colorado
Estilo: German Weizen
Álcool (%): 5.5% ABV
Temperatura: 5-7 °C
Preço Varejo: R$ 12,00 ~ 17,00 (SP – São Paulo)

Avaliação da Cerveja Colorado Appia na Comunidade Brejas (Crie seu perfil e avalie também esta cerveja no brejas.)


História da Cervejaria Colorado

Fundada em 1995, a Cervejaria Colorado não tem medo de ser brasileira e mistura o malte e lúpulo rigorosamente selecionados, com ingredientes como café, rapadura, mandioca, mel e castanha do Pará.

Junto com tudo isso, é misturado ousadia, originalidade, colaboração e a água do aquífero Guarany, uma das maiores e mais puras reservas de água doce do mundo.

Renovando constantemente a antiga tradição cervejeira da cidade de Ribeirão Preto, a fábrica conta com modernos equipamentos americanos, canadenses e brasileiros.

Mais sobre a história da Cervejaria Colorado

Links comentados durante o episódio:

BeerNews

A nota dos Beerquesteiros para a Cerveja Colorado Appia:

Dudu Sales (3 de 5)
tampinha_oktampinha_oktampinha_ok
Anselmo Mendo (3 de 5)
tampinha_oktampinha_oktampinha_ok
Renato Martins (3 de 5)
tampinha_oktampinha_oktampinha_ok
Ricardo Shimoishi (2,5 de 5)
tampinha_oktampinha_oktampinha_amassada
Gustavo Passi (4,5 de 5)
tampinha_oktampinha_oktampinha_oktampinha_oktampinha_amassada

Trilha Sonora

  • Frank Sinatra – New York New York
  • Dean Martin – Thats Amore
  • Amy Winehouse -You Know Im No Good
  • Beyonce – I’d Rather go Blind
  • Bing Crosby – Silver Bells
  • Bruce Springsteen – Born in the USA
  • Nat King Cole – Unforgettable
  • Sammy Davis jr – love is all around

Acompanhe e Entre em contato com o Beercast:

Download deste episódio em “.zip” clique aqui.

Clique no play no inicio da página e escute nosso episódio. (31:45 de duração)

 

 

22 thoughts on “Cerveja Colorado Appia com Dudu Sales do Papo de Gordo – Beercast #26

  1. Katsumi

    Eu acho a Appia uma ótima cerveja para introduzir alguém ao mundo cervejeiro, foi uma das minhas primeiras também. E adoro o Dudu Salles do Papo de Gordo, foi uma ótima surpresa! 🙂

    Reply
  2. Guzzon

    Boa tarde caros,
    Mais um ótimo programa, a Appia foi uma das cervejas que bebi quando comecei a procurar conhecer mais sobre os estilos, e ainda a acho bastante agradável, principalmente pelas notas mais florais e de mel que ela trás.

    E gostaria de estender um pouco mais o assunto da harmonização… a harmonização não é uma limitação para as cervejas, você pode tomar sua cerveja com a indicação ou não e isso não vai afetar a qualidade e o sabor da cerveja, mas quando se busca uma harmonização, você tenta (e nem sempre consegue) combinar as características de sabor e aroma da cerveja com as características de aroma e sabor da comida de forma que o conjunto traga uma nova experiência.
    Não tratem as harmonizações como regras, são sugestões de como podemos ter uma nova experiência sensorial com a cerveja. Vale a pena tentar algumas.

    Sobre os clubes de cervejas, também assino o Have a Nice Beer e acho um ótimo clube, principalmente pelo fato de conseguirem trazer vários rótulos exclusivos, como foi o caso das Mikkellers feitas exclusivamente para o HNB.

    Um abraço e lembrem-se, cerveja sempre harmoniza com um bom papo.

    Fabrizio Guzzon

    Reply
    1. Gustavo Passi Post author

      Grande Guzzon!

      Eu particularmente adoro a Appia e sempre compro e tomo em qualquer bar que vou, essa é minha cerveja de porta de geladeira com toda a certeza.

      Sobre as harmonizações eu curto sim, o Anselmo disse por ele, eu acho bem legal você procurar novas percepções também na comida, acho que dentro do “sem frescura”, pois acho dificil cozinhar um bobó de camarão pra tomar com alguma cerveja, eu sempre procuro harmonizar com um belo corte de carne ao ponto e um puta burguer bem feito e digno de harmonizar.

      Valeu pelos comentários e volte sempre. rs

      Abs,

      Reply
      1. Guzzon

        Gustavo, existem dois coringas na harmonização que geralmente conseguem atender quase todos os pratos, a Weizenbier e a Belgian Blond Ale.
        Faça um teste com uma destas duas e o bobó de camarão, eu acho que a Belgian Blond Ale vai funcionar ainda melhor que a Weiss.
        Abç.
        Guzzon

        Reply
  3. Felipe Raimo

    Caras a participação ficou muito legal do Dudu, ficou bom pra caceta de ouvir, mais uma vez a minha humilde parabenizada pelo trampo, está fantárrdigo 😉

    Valeu pelo salve hahahahaha achei que não ia ter JokeBeer pô, ufa!
    Grande abraço a todos vocês, aaaa e já tomei essa breja e dou 3 tampinhas também vai…

    Reply
    1. Gustavo Passi Post author

      Fala mister Raimo!

      Eu falhei com a joke beer, mas o renato mereceu 3 tampinhas, ele deve ter melhores e esta segurando, ou ele é jr. no assunto mesmo.

      Forte abraço,

      Reply
  4. Luquita da Galera

    Fala pessoal mais um ótimo programa heim, como esse flui bem!

    Gostei do convidado especial, o papo ficou interessante alguém “semi” leigo deixou o programa interessante e com um ponto de vista diferente sobre a cerveja experimentada.

    A Appia foi uma das minhas primeiras na aventura de cervejas diferentes e até hoje gosto dela, apesar de tomar raramente. Realmente ela foge bastante do estilo de Weiss bier, lembra pouco mas acho que essa característica unica deve ser preservada e é realmente o objetivo.

    Sem contar que, sem preconceito nenhum, ela é a cerveja preferida de 9 em cada 10 mulheres que conheço. (Tirando a minha namorada que não gosta dela…rs).

    Falando em opção refrescante, me chamem de louco mas tenho testemunhos e seguidores, uma opção boa para o calor é uma mistura inusitada de Weiss com suco de laranja. Minha preferência é pela Edelweiss com suco Del Vale numa proporção de 3 por 1 respectivamente falando, mas acaba sendo do gosto de cada um.

    Essa receita quem me indicou foi o sommelier e amigo Guilherme Balbin, na época que ainda trabalha no Cerveja Gourmet. Olha no calorsão realmente é algo muito refrescante e gostoso, da pra tomar aos litros porque tira o peso da cerveja de trigo.

    Ricardo, pode falar Reinheitsgebot acho que agora você aprendeu a falar rs. Sobre o rei Guilherme IV que institui a lei, ele não só proibiu a venda de cerveja com malte de trigo e fazia ele próprio a dele para tomar mas como também se aproveitou disso e se tornou o único autorizado a vender cerveja de trigo!

    Bom é isso… um abraço do Lukita!

    Reply
    1. Renato Martins

      Grande Lukita da galera!

      Cara, eu já vi e provei esse drink com suco de laranja la no EAP aqui em São Paulo. É bem interessante mesmo…

      Você deixou o Ricardo com medo de pronunciar o nome da lei de preza cara, na próxima vez o Gustavo vai pronunciar.

      Abração.
      Renato Martins

      Reply
        1. Luquita da Galera

          Olha ai o Pavê de copo chegou até o BeerCast… até onde isso vai rs.

          Mas de fato o ama ou larga mas até agora pra quem apresentei, amou! O do EAP em si não tomei ainda, não sei se usam ou seguem a receita como eu.

          A mistura deles com limão sei que não é muito boa, não chega a ser uma Radler de respeito!

          Reply
  5. Ricardo Shimoishi

    Fala Luís!
    Obrigado por estar sempre com a gente.
    Acho que a “segunda” nota do Anselmo refere-se à Pumpkin Ale que ele estava tomando na hora das garrafadas e leitura de e-mails.

    Abraço!

    Reply
    1. Gustavo Passi Post author

      Não Rica, foi no post do blog que eu estava editando, o Lú foi mais rápido! rs

      Reply
  6. Luís Loureiro

    Uhuul! Baixando e ouvir enquanto volto pra casa! Nada melhor!
    Só uma coisa que vi no post, na hora das notas, tem duas vezes o Anselmo!
    Abração galera!

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*