Cerveja Caseira para Principiantes: Off Flavors – Beercast #181

By | 26 de outubro de 2016
Cerveja Caseira para Principiantes com Rodrigo Reis e Márcia Neri – Beercast #181

Cerveja Caseira para Principiantes com Rodrigo Reis e Márcia Neri – Beercast #181

Para o episódio de hoje, teremos um papo sobre cerveja caseira e Off-Flavors com Rodrigo Reis e Márcia Neri.

Confira como foi esse bate-papo.

Cerveja Caseira

Cervejaria: Cervejaria Caseira do Jaiminho do Pier
Estilo: Strong Golden Ale

Confira a nota dos Beerquesteiros para a Cerveja do episódio:

Comentados durante o episódio:

BeerGifts

Download

Trilha Sonora

  • Janis Joplin – Me And Bobby McGee
  • Janis Joplin – Cry Baby
  • Janis Joplin – Kozmic Blues
  • Janis Joplin – Move Over
  • Janis Joplin – Piece Of My Heart
  • Janis Joplin – Mercedes Benz
  • Janis Joplin – Try
  • Janis Joplin – Get It While You Can
  • Janis Joplin – Down On Me
  • Janis Joplin – Ball On Chain
  • Janis Joplin – Summertime
  • Janis Joplin – Mary Jane

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

Clique no play no inicio da página e escute nosso episódio. (44:36 de duração)
Avalie abaixo quantas tampinhas esta cerveja merece.

17 thoughts on “Cerveja Caseira para Principiantes: Off Flavors – Beercast #181

  1. Bia Novaes

    Oi pessoal, bom dia.
    Adorei o material, aprendi muito e achei muito divertido. Comecei recentemente a fazer minhas brassagens, fiz um curso e comprei os meus equipamentos na homebrewers aqui de Curitiba. Comecei a produzir com um kit para 20 litros, pretendo aumentar para 40 litros.
    Peguei medalha de prata na competição sul brasileira. Aos poucos estou aprendendo mais.
    Obrigada

    Reply
  2. Pingback: Cerveja Caseira para Iniciados com Rodrigo Reis e Flavio Yokooji – Beercast #211 - Beercast Brasil

  3. Pingback: Cerveja para Iniciados com Flávio Yokooji, Alexis Junqueira e Rodrigo Reis – Beercast #206 - Beercast Brasil

    1. Márcia Neri

      Luquita obrigada!! Sim falaremos muito mais detalhado e especificando cada etapa da produção, “bora” zerar estes off-flavours nas nossas produções!!! Rsrsrsrsrsrs

      Reply
  4. Felipe

    Muito bom o programa! Acredito que pode ajudar muitos cervejeiros! Entrevistados de alto nível. Parabéns a todos os envolvidos!

    Reply
  5. Marcelo Taboada

    Pergunta para o Rodrigo,
    Até onde sei para uma lager é aconselhável no mínimo 2 semanas de maturação, preferencialmente 4 semana de maturação.
    Nestas 2 semanas a mais do mínimo para o preferencial, o que ganhamos?
    Vale a pena esperar estas 2 semanas a mais?
    Abraços

    Reply
    1. Rodrigo Reis

      Marcelo, Tudo bom?

      A Maturação ajuda a arredondar aromas e sabores e ajuda a dispensar alguns aromas indesejáveis. Nas lagers o processo é mais demorado ainda, pois tudo é mais frio e portando precisa de ais tempo mesmo.

      Reply
  6. Daniel Córdova

    Fala pessoal!
    Sempre legais esses programas pra cervejeiros caseiros.

    O problema dos off-flavors é que quando você descobre eles, eles passam a te perseguir. Eu também não procuro nas cervejas que tomo, mas eles acabam me achando.
    No entanto é importante saber. Nas minhas cervejas eu sempre procuro e fico feliz se não acho (mas é difícil).

    Levedura seca: TEM QUE HIDRATAR! Quer dizer, não é obrigado, mas se quiser fazer cerveja boa mesmo, é mais que recomendado. E também se recomenda usar o dobro do que consta no pacote do produto.
    É muito fácil hidratar. Só ferver por uns 10min 10ml de água por grama de levedura (p. ex. 110ml para um pacote de 11g), esfriar até por volta de 30ºC e jogar a levedura ali dentro, sem mexer. Depois de 15min dá uma mexida e espera mais 15min. Pode inocular.

    Ah e depois que fizer o priming, geralmente espera 1 ou 2 semanas para carbonatar e aí é GELADEIRA! A cada 10ºC mais gelada o tempo de vida da cerveja dobra. Então uma cerveja a 0ºC dura 4x mais tempo que uma guardada a 20ºC.

    Abraço!

    Reply
    1. Márcia Neri

      Daniel por isso a minha preocupação de montar um passo à passo e entrego no treinamento para os cervejeiros se cercarem de toda segurança e evitar os off-flavours, desde a compra dos insumos até o envase, fazendo isso a probabilidade de tê-los despenca ou zera.

      Reply
  7. Flavio Yokooji

    Pessoal, muito bom o programa! Fiz um curso de off-flavours que acabou estragando minha experiência cervejeira, pois comecei a identificar os problemas! Rs. Eu não procuro defeitos, mas acabo achando.
    Jaime é uma figura. Dei muita risada quando fiz o curso dele. Depois fiz outros para aprimorar.
    Em relação a morte das leveduras quando se coloca direto do pacotinho no mosto, o Rodrigo tem razão sobre a taxa de perda de 50%. Um video interessante é do Jamal que ele mostra os estudos feitos sobre o assunto: https://www.youtube.com/watch?v=1R4RTSmotmM. Em vídeos posteriores, ele mostra como contar leveduras.
    Um ponto que vale a pena comentar depois é a questão de uso de adjuntos. Fiz uma pumpkin ale uma vez, que até deixei para o Rodrigo Reis experimentar, que ficou muito desequilibrada pela canela. Ou seja, sabor e aroma de canela nesse estilo é on-flavour, mas muito forte, virou um off-flavour.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*