Cerveja 3 Lobos Pele Vermelha – Beercast 101

By | 15 de Abril de 2015
Cerveja 3 Lobos Pele Vermelha – Beercast 101

Cerveja 3 Lobos Pele Vermelha – Beercast 101

No episódio de hoje, nós pisamos em terras mineiras para explorar novos sabores.

Escolhemos um cerveja com um toque americano, porém com suas particularidades, trata-se da linha 3 Lobos da Backer, e para não perder o costume, começamos com uma IPA.

Confira o que achamos desta cerveja.

Cerveja 3 Lobos Pele Vermelha

Cervejaria: Cervejaria Backer
Estilo: India Pale Ale (IPA)
Álcool (%): 6.9% ABV
Temperatura: 8-12 °C
Copo Ideal: Caldereta
Preço Varejo: R$13,90 (355 ml)

botao-comprar-cerveja (utilize o cupom: BEERCAST para 15% de desconto!)

Links comentados durante o episódio:

Confira a nota dos Beerquesteiros para a Cerveja do episódio:

Links comentados BeerNews e leitura de e-mails:

BeerGifts

Download

Trilha Sonora

  • Bonanza Theme
  • Chitãozinho e Xororó – Evidências
  • Chitãozinho e Xororó – Pé na estrada
  • Chitãozinho e Xororó – Galopeira
  • Chitãozinho e Xororó – Fio de Cabelo
  • Chitãozinho e Xororó – 60 Dias Apaixonado
  • Chitãozinho e Xororó – Não Desligue o Rádio
  • Chitãozinho e Xororó – Fogão de Lenha
  • Chitãozinho e Xororó – Contratempos
  • Chitãozinho e Xororó – Adeus solidão
  • Chitãozinho e Xororó – Tenho Ciúme de Tudo
  • Chitãozinho e Xororó – Amante Amada
  • Chitãozinho e Xororó – Falando às Paredes
  • Chitãozinho e Xororó – De Coração pra Coração

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

Clique no play no inicio da página e escute nosso episódio. (43:28 de duração)

Avalie abaixo quantas tampinhas esta cerveja merece.

35 thoughts on “Cerveja 3 Lobos Pele Vermelha – Beercast 101

  1. Pingback: Um papo com Carlos Ferrari – Beercast #114 - Beercast Brasil

  2. Paulo Schiaveto

    Olá pessoal do Beercast!
    Gostei do programa, ficou bem legal!
    Seguem alguns detalhes sobre a Pele Vermelha, pra enriquecer a história:
    Sobre a lupulagem, ela ficou mesmo um pouco diferente da lupulagem típica americana, eu optei por fazer a lupulagem apenas em Late Hoping ( finalzinho da fervura, pra não encobrir totalmente o aroma da laranja).
    Queria também uma cerveja sem o “grassy” típico das americanas, para ser uma cerveja bem fácil de beber também.
    Usei maltes caramelo quase no limite, a idéia era deixá-la com um toque de “doce de laranja” . Por isso a cor foi mais pra uma red ale que para uma pale ale propriamente dita. No final, gostei do resultado, esse trabalho com a Backer foi bastante divertido, eles me deram carta branca nessa linha, pra criar sem ter que ficar preso em detalhes dos guia de estilos.
    Grande abraço e parabéns pelo Beercast!
    Paulo Schiaveto

    Reply
    1. Anselmo Mendo

      Paulo, obrigado por comentar!
      É claro que não poderíamos ter uma participação mais embasada do que a sua para falar sobre a Pele Vermelha.
      Tem tempo livre para um dia gravar com a gente? Seria uma honra ouvir outras histórias sobre as cervejas que você criou.
      Grande abraço!

      Reply
  3. Fabrizio Guzzon

    Salve Galera!
    Estou com o podcast atrasado, estou tentando colocar em dia hoje… rsrs
    A série 3 lobos é muito boa, provei todas pelo que me lembro, mas a 3 lobos bravo (Imperial Porter) foi a que mais me agradou, achei ela fantástica… no nível das melhores portes inglesas.

    Abç
    Guzzon

    Reply
  4. Daniel Córdova

    Fala galera!
    Ainda não consegui ouvir o episódio, mas vou tentar tirar o atraso logo.
    Tomei essa cerveja não faz muito tempo e gostei dela… compraria novamente se tivesse com preço bom.
    Abraço!

    Reply
  5. JOao

    Parabens pela materia da Veja! Inclusive por causa dessa materia q eu estou ouvindo o beercast agora, nem sabia q existia! kkkkkkkkkkkkkk
    Vou comprar uma 3 lobos pela vermelha pra degustar, como moro em Belo Horizonte aqui tem bastante nos supermercados

    Reply
    1. Anselmo Mendo

      João, obrigado pelo contato! Essas ótimas cervejas mineiras chegam bem mais caras aqui em São Paulo. Pelo que nos contam vocês tem ótimas oportunidades aí em MG para prová-las. Toda quarta estamos aqui com novos programas. Abração.

      Reply
      1. Joao

        Caramba! Só pq eu falei, nao tô achando a Pele Vermelha em nenhum supermercado =(

        Reply
  6. Rennan Torres

    Ola amigos do Beercast,
    Comecei a escutar o podcast de vocês através da reportagem da Veja, não conhecia nenhum podcast que falasse cerveja e quando vi corri para escutar e me deparo com um excelente podcast e já virei fã.
    Comecei uma maratona para escutar todos, já escutei os 2 primeiros e estou extasiado. Parabéns para vocês.
    Estou começando a querer virar um cara mais entendido no mundo das cervas, e aqui onde moro fica difícil provar umas mais classificadas por vocês, tipo essa 3 Lobos. E gostaria de saber se tem algum site que venda essas cervejas on-line? Que seja da confiança de vocês. Fico no aguardo.
    E mais uma vez, parabéns pelo excelente podcast.

    Abraço

    Reply
    1. Anselmo Mendo

      E aí Rennan, obrigado por acompanhar a gente. A Cerveja Store é nossa parceira aqui e utilizando o cupom “Beercast” na hora de finalizar a compra você ganha 15% de desconto. Abração!

      Reply
  7. Arthur Benite

    Fala, galera.

    Conheci o blog de vocês faz pouco tempo e já curti muito… Estou começando no mundo das cervejas especiais e estou conhecendo os estilos ainda. O pequeno problema é que eu não acho muitos rótulos aqui onde moro, ficando na dependência apenas do Pão de Açúcar, pois não encontro cervejarias e nem bares especializados por aqui (São Vicente).

    Quando vocês falaram sobre o double chopp do bar do profissional de pesca (Hiuahuiahuia), O chopp aumentou e o double vai até meia noite agora.

    https://www.facebook.com/pescadorbar/photos/a.712692335448401.1073741828.709945309056437/944160682301564/?type=1&theater

    Reply
    1. Anselmo Mendo

      Fala Arthur, bem-vindo. O pessoal da Baixada sempre nos indica o Palácio da Cerveja que fica em Santos (Av. Bartolomeu de Gusmão, 30). Dizem que a variedade é bem grande e o lugar é bacana. Se for, conte depois pra gente. Abração!

      Reply
  8. Gabriel Cano

    Ri alto com esse final vocês cantando huahuahuahu.
    Todo mundo do metro ficou olhando para mim.
    Abraços! Ótimo cast!

    Reply
  9. Thallis Machadi

    Fala galera!
    Tem uma bela garrafada no programa! A 3 lobos bravo é uma American Imperial Porter, e não pilsen, a pilsen se chama 3 lobos mesmo.

    Reply
    1. Anselmo Mendo

      E aí Thallis, você é o 16º que avisa a gente sobre a Bravo 😀 Me confundi na hora de nomear as cervejas. Garrafada! Valeu pelo toque.

      Reply
  10. Fellipy

    Só vocês mesmo pra me fazer ouvir um podcast com o tema sonoro de Chitãozinho e Xororó! haha

    Reply
  11. Vinicius Rodrigues

    Pô, lógico que eu mando mil mensagens, nem estes comentários vcs respondem mais agora que recebem milhões de mensagens.

    Da três lobos saíram algumas cervejas da linha Las Mafiosas. Tomei a Corleone e a Tommy Gun e estão bem legais.

    Pele vermelha também é muito boa, foi ótima escolha.

    Uma sugestão de programa também, vocês sabem que eu sou bitch da Júpiter Apa. Agora que saiu a Júpiter Australian Pale Ale.
    Vocês podiam fazer um programa de duelo com a americana e a australiana.

    É isso, parabéns pelo trabalho.

    Reply
    1. Anselmo Mendo

      E aí Vinícius? Li sobre as Las Mafiosas. Aonde foi que você provou? Estamos preparando mais Duelos de Cervejas. A Júpiter seria uma boa. Já tentamos gravar com o David, mas ele nunca deu muita canja pra gente 😀

      Reply
      1. Vinicius Rodrigues

        Provei no Let’s Beer rs, sempre que posso vou lá.
        A Júpiter Australian ficou excelente, preciso comprar as duas pra provar juntas e ver as diferenças.
        E o David não precisa dar canja, só as cervejas mesmo haha

        Reply
  12. Luquita da Cerveja

    Fala pessoal mais um bom programa, eu que to capenga com a coluna, semana sim e semana não rs. Isso por que eu tenho assunto sem fim heim rs…

    Sobre a questão de cervejas americanas parecerem ter lúpulo mais fresco é por que elas de fato tem um lúpulo mais fresco nas cervejas. Muitas cervejarias tem plantações pequenas para dry hop ou estão localizadas estrategicamente perto de algum produtor de lúpulo, então vocês podem imaginar que o uso de lúpulos extremamente novos é mais frequente, o que deixa a cerveja com essa sensação de mais fresca. Em casos onde eles possuem plantações é até usado a técnica de Wet Hop, que é a planta colhida bem recente (+-1 hora) para adicionar ao final da cerveja.

    Enquanto isto no Brasil, os produtores tem que contar com a importação do lúpulo e este por outro lado quanto mais velho menos fresco estará e até pode trazer off flavors. Por outro lado as importações não favorecem a maioria das cervejas, que chegam aqui bem pouco frescas e já deterioradas. Somente aquelas vindo em contêiner especial acabam mantendo uma certa qualidade mas mesmo assim não é igual. Imagine uma cerveja americana, bem lúpulada e fresca lá na fábrica onde ela é feita, deve ser o dobro da sensação de amargor.

    Já ouvi falar de alguém que não bebe mais cerveja importada aqui no Brasil exatamente por essa questão de a cerveja não ser igual lá de fora, não valendo o preço e por isso preferindo as nacionais.

    Cara tomei um susto quando o Rica falou que é igual botar o dedão…. pensei besteira rs.

    Sinceramente vou andar mais com a camiseta do Beercast, ainda mais que a minha tem o meu nome pra ver se pagam algumas brejas pra mim hahahaha…

    A galera da zoeira never ends diz que se a cerveja estragar você pode jogar frutas, deixar azedar e chamar de sour ou jogar madeira e chamar de wood aged ou ainda jogar lúpulo e diz que é American Style. Essas são as melhores formas de você esconder um defeitou e dizer que sua cerveja é extrema rs.

    Como poderia ter tocado Country de verdade né, não sertanojo rs…

    Me da muita raiva essa história de “mais antigo no Brasil”… está cheio por ai e nem Bohemia poderia ostentar isto, aguardem próximos posts.

    E obrigado pelo jabá, estamos precisando rs.

    Abraços

    Reply
    1. Anselmo Mendo

      Concordo que frescor é a palavra chave para escolhermos a cerveja fabricada mais perto da casa da gente e com os melhores insumos. Acho que o único jeito de ter certeza da deterioração seria levar cervejas importadas para fora do país e fazer uma degustação vertical com as locais. Boa ideia, heim?
      E Luquita, a próxima vez que zoar Chitãozinho & Chororó vai tomar um Block 😀 😀 😀 Até parece que você não é do interior! Abração!

      Reply
  13. Luis Loureiro

    I’m back bitches! To afastado dos comentários, mas nunca do podcast! Será que consigo voltar a sempre comentar por aqui? Será? Será? Botando pra ouvir o episódio AGORA enquanto faço umas plantas chatas aqui no trabalho! Abraços e parabéns pela matéria na Veja!

    Reply
  14. Kleiton Silva

    Saudações Beercasters!

    Como de costume, olha eu aqui cedinho!
    Gostei muito do cast de hoje, mesmo tendo levado spoilers da cerveja e das notas umas semanas atrás.
    As cervejas da Backer são muito difíceis de serem encontradas aqui no ABC, tanto a linha regular quanto a linha 3 lobos então não tenho experiências para compartilhar. Gostaria de ter um pouco mais de tempo para peregrinar nas lojas especializadas da capital paulista.
    Porém devo dizer que cervejas extremas ou muito lupuladas tem ganhado espaço no meu gosto pessoal e American IPA já é meu segundo estilo favorito.
    Trilha sonora impecável e bem nostálgica. Um episódio perfeito para apresentar para meu pai e meu avô.
    Um forte abraço a todo
    No mais, sem mais

    Reply
    1. Anselmo Mendo

      E aí Kleiton? As 3 Lobos são difíceis de achar aqui em São Pulo. Antes eram vendidas em alguns supermercados, mas não encontrei mais.
      As trilhas do Beercast são pra agradar todos os gostos!
      Abração!

      Reply
  15. David Redmerski Júnior

    O Gustavo não grava mais pq? Tá tomando remédio e não pode beber cerveja?

    Essa linha da 3 Lobos é muito boa, vale a pena ser conhecida. Um dos “papas” da cerveja americana, Pete Slosberg, diz gostar muito da Backer 3 Lobos Bravo, que é a porter maturada na amburana. É sempre interessante ver um americano elogiar uma cerveja brasileira, acho bem interessante, pois eles tem a disposição uma gama de cervejas enorme. Tanto que vcs falam do frescor do lúpulo nas cervejas americanas, ser mais proeminente do que nas brasileiras. Acho que acontece muito até em razão de as americanas praticarem muita distribuição em linha fria, portanto cervejas não pasteurizadas, e a maior parte das nossas cervejas acaba sendo pasteurizada.

    Renato, que história é essa de ficar bebendo no final da festa? Eu não vi nada disso hein… kkkk

    Reply
    1. Anselmo Mendo

      Fala David. O Gustavo está de dieta e o médico disse que ele deveria “fechar a boca”. Ele entendeu tudo errado e quando vem na gravação não solta uma palavra.
      Também acredito que a distribuição refrigerada deve contar muitos pontos para as americanas.
      Valeu pelo contato!

      Reply
    2. Gustavo Passi Post author

      David,

      Estou em um dieta forte para emagrecer (já eliminei cerca de 12kg) e também estou trabalhando todos os dias no Tchê Café com meu irmão.

      Valeu pela sua presença de sempre e logo marcaremos um papo para falar da evolução da Red Cor que eu tenho acompanhado.

      Abração!

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*