Boa Cerveja-Feira #252… Ashes To Mashes, Nuts To Butts

By | 28 de dezembro de 2018

Na última coluna de 2018 vou abrir um presente que ganhei, com um rótulo tão louco quanto foi este 2018, a Ashes To Mashes, Nuts To Butts.

Esta cerveja é produzida pela Against the Grain de Luisville, nos Estados Unidos. A cervejaria é em na verdade um brewpub, com bar, defumados e afins.

Para esta cerveja o pessoal da Against the Grain se juntou com a cervejaria Holy Mountain Brewing. E a grande sacada deles na produção da cerveja foi defumar o malte com uma forragem de nogueira preto, que trouxe as notas de nozes. E posteriormente envelhecer a cerveja em barris de Bourbon do Kentucky.

Ashes To Mashes, Nuts To Butts

Ashes To Mashes, Nuts To ButtsDados Técnicos:

Cerveja: Ashes To Mashes, Nuts To Butts
Estilo: Amber Ale
Teor: 6,0%
País de origem: EUA
Embalagem: 750 ml
Nota: 4,00

Ao servirmos temos um líquido âmbar, com nuances alaranjados e completamente opaca. A espuma tem uma boa formação, com bolhas pequenas, mas com pouca persistência.

O aroma traz uma mescla muito agradável de caramelo, pão de mel, suave baunilha e notas amadeiradas e de bourbon. Em segundo plano encontramos a presença de malte e grãos, trazendo um pano de fundo de biscoitos caramelados. Mas é o amadeirado que fica persistindo no aroma ao final.

Ao provarmos temos uma cerveja de baixa carbonatação e corpo médio. Enquanto que no paladar a Ashes To Mashes, Nuts To Butts tem a presença de caramelo, suave toffe, percepção de amêndoas e macadâmia e notas amadeiradas e suave baunilha. Em segundo plano temos a formação de notas de bourbon e madeira fechando a percepção no palato.

O aftertaste tem o crescimento da percepção de madeira e bourbon, porém sem trazer o aquecimento das cervejas envelhecidas que conhecemos. O final é saboroso como bourbon, mas sem extremismo.

A Ashes To Mashes, Nuts To Butts é uma cerveja que traz as notas de envelhecimento em barris de bourbon muito bem inserido, sem precisar crescer no álcool para entregar isso. Infelizmente a garrafa que peguei perdeu um pouco da carbonatação, e mesmo assim achei uma ótima amber ale envelhecida. Ainda espero encontrar um exemplar novo ou em tap para provar novamente.

Para a harmonização as notas de madeira e bourbon pedem para serem destacadas, até por serem muito bem trabalhadas pela cerveja.

Minha sugestão é harmonizarmos com iscas de file mignon flambadas com whisky. Nossa intenção aqui é manter somente as notas mais carameladas da carne e o amadeirado do whisky. Por semelhança vamos destacar as notas de envelhecimento da cerveja.

Um ótimo ano novo para todos os leitores e nos vemos em 2019!!

Prost!

Fabrizio Guzzon

2 thoughts on “Boa Cerveja-Feira #252… Ashes To Mashes, Nuts To Butts

  1. Daniel Córdova

    Boa, Guzzon!
    Fiquei com vontade de tomar essa. Aonde vc conseguiu essa garrafa?
    Abraço!

    Reply
    1. Fabrizio Guzzon Post author

      Grande Daniel,

      Ganhei de presente de um brother do trampo que trabalha na Hey Hops… Não sei como ele conseguiu.. .mas ele tem acesso a umas brejas bem legais…
      Essa deu um gush quando abri… perdeu parte da carbonatação, mas mesmo assim estava muito boa…

      Abç
      Guzzon

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*