BeerTrip: Alemanha – Beercast #249

By | 28 de Fevereiro de 2018
Beertrip: Alemanha

Beertrip: Alemanha

Para o episódio de hoje, Anselmo Mendo traz o último episódio de sua última viagem para Europa: Alemanha e sua escola.

Confira como foi esse bate-papo.

Comentados durante o episódio:

BeerGifts

Trilha Sonora

  • Falco – Der Kommissar
  • Falco – No Answer
  • Falco – Hinter Uns Die Sintflut
  • Falco – Junge Römer
  • Falco – Ganz Wien
  • Falco – Maschine Brennt
  • Falco – Ihre Tochter

Acompanhe e entre em contato com o Beercast:

Clique no play no inicio da página e escute nosso episódio. (41:51 de duração)
Avalie abaixo quantas tampinhas esta cerveja merece.

7 thoughts on “BeerTrip: Alemanha – Beercast #249

  1. Renato Schiavinato Lopez

    Senhores,

    Este programa e o seu sucessor estão aparecendo na “capa” do site, mas não estão listados na página de Podcast.

    😉

    Reply
  2. André F

    Fala pessoal!

    Ótimo programa de viagem, dando vontade de pegar o primeiro voo. Também foi muito interessante ouvir o relato e as dicas, sem transparecer a frieza e mal humor dos quais muitos reclamam ao ir para a Alemanha.

    Sobre a parte do transporte no google maps, fica muito fácil. Estivemos na Europa em junho de 2017 e usamos muito para a locomoção em Paris. Como o metro deles tem muitas escadas e minha mãe tem dificuldade para subir e descer, acabamos usando mais ônibus. Também tínhamos carrinho de bebê.

    Para usar basta selecionar o meio de transporte no maps, clicando no simbolo do ônibus e nas opções, definindo o modal. Se for só ônibus ele mostra como chegar no ponto certo e quanto tempo falta para passar. Depois te indica quando descer.

    Inclusive em Paris achei muito melhor andar de ônibus do que de metro. Além de mais vazio e sem escadas, você vê lugares e paisagens incríveis por estar na superfície. Recomendo e o ticket é o mesmo do metro.

    abs

    Reply
    1. Anselmo Mendo

      André, tudo bem? Obrigado pelo comentário! Sim, o Maps é uma mão na roda. Na verdade, os smartphones mudaram o modo de viajar. Eu tenho uma lista de coisas pra levar nas viagens que preparei há tempos, facilita muito pra não esquecer nada. A cada nova viagem eu tiro algo da lista que já foi substituído pelos apps (mapas, câmera fotográfica, lanterna, dicionário, gps, etc…). Gosto da rapidez do metrô, mas você tem razão, nos ônibus dá pra admirar a cidade. Valeu pelas dicas. Abração!

      Reply
  3. Alex Rodrigues

    Fala galera.
    Só pra esclarecer a dúvida que surgiu. Sim, a HB está funcionando a todo vapor aqui em BH. E sim, a cerveja é produzido in loco.
    Por ser assim aqui em BH, acredito que o mesmo aconteça em todas as unidades da HB, principalmente as originais da Alemanha.
    Ao menos a cerveja servida na própria unidade… as cervejas engarrafadas e vendidas.em.mercados e para exportação devem ser produzidas em fabrica maior.

    Abraços

    Reply
    1. Anselmo Mendo

      E aí Alex! Tem razão, imagino que seja isso mesmo. O que acha da HB BH (fica boa essa sigla, hein?), é uma boa experiência? Abração e obrigado por escrever!

      Reply
  4. Fabrizio Guzzon

    Salve galera,

    Programas sobre viagens são sempre legais…. eu muito bacana as dicas que são deixadas no programa e mais interessante ainda ver como o pessoal se vira onde temos uma diferença idiomática tão grande.

    Sobre os estilos alemães, hoje existe um resgate deste estilos que haviam sido esquecidos e/ou suprimidos. Com a promulgação da lei da pureza muitos estilos, como o Gose, deixaram de ser produzidos e hoje existem cervejarias como a Freigeist Bierkultur que fazem um trabalho em resgatar estilos regionais e históricos para que a escola alemã ganhe força sem precisar se apoiar em adaptações com base nas outras escolas.

    Abç
    Guzzon

    Reply
    1. Anselmo Mendo

      Grande Guzzon! Acho que isso está acontecendo em todas as grandes escolas cervejeiras. Imagino que seja um momento dos que querem preservar a tradição, resgatar a tradição, inovar sob a tradição e inventar fora da tradição. A Bélgica parece que passa pelo mesmo que a Alemanha. Por isso acho que nunca ouve um momento tão bom no mundo como esse que vivemos agora, pra quem gosta de cerveja.
      Abração!

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*