Weiss, Weizen, Hefe-Weizen e outras branquinhas!

Por | 12 de janeiro de 2015

Neste calor nada melhor do que uma boa cerveja e sendo do estilo Weiss é ainda melhor. Porém quantas vezes nos perguntamos sobre as diferenças entre uma Weiss, Weizen e Hefeweizen? Tantos nomes para um tipo de cerveja merce um post na coluna de nerdices.

Weiss

Este estilo de cerveja é considerado, por mim e muitos, ideal para dias quentes pois é bastante refrescante e nutritivo. Tanto é que cervejas sem álcool, na Alemanha, são praticamente todas feitas a base de Weissbier sendo, cientificamente comprovado, mais eficientes do que os atuais energéticos. Há também várias receitas de “Mix” de bebidas usando a cerveja de trigo, um que gosto muito é o de usar suco de laranja numa proporção 3 de cerveja para 1 de suco, fica muito mais refrescante.

WeissA história do estilo se confunde com toda a evolução das cerveja, pois em diferentes partes do mundo grãos variados eram preferivelmente usados, conforme sua disponibilidade. A Weiss chegou a ser “proibida” e quase extinta por causa da Reinheitsgebot, pois o trigo não era permitido de ser usado na fabricação de cerveja mas somente para pão, farinha e outros alimentos. A Weiss mais famosa do mundo é a da cervejaria Weihenstephan, na Alemanha, pois a cervejaria é a mais antiga em atividade, desde 1040.

WeissA Weiss é muito saborosa, por parte graças ao trigo, sendo também bastante refrescante mas é mais “pesada” do que uma Lager na hora do “Beba Mais”. O uso do trigo, na produção de cerveja, não é tão comum entre os estilos pois sua casca é menor e não ajuda muito na filtração do mosto. Em outras palavras, a Weiss é turva em boa parte por ter mais sedimentos flutuando provindos do próprio trigo. Já existem técnicas para uma boa filtragem da Weiss, deixando a totalmente cristalina mas convenhamos que o bonito desta cerveja é exatamente essa turbidez.

Afinal, qual a diferença entre Weiss, Weizen, Hefeweizen, Hefetrub, Mit Hefe, etc? Para início de explicação é preciso saber que Weiss significa Branco e Weizen significa Trigo! Então, agora será que há uma diferença?

WeissNa Alemanha é comum se referir a Weissbier ou Weizenbier somente mas é uma questão, que irei explicar, ligada a regionalidade norte e sul. Há quem diferencie estes termos com relação a aparência da cerveja, mas isto não é regra, sendo Weiss fazendo uma alusão a turbidez da cerveja e as Weizen se referindo a uma cerveja mais límpida. Tanto é que supostamente o termo Weiss surgiu exatamente por essa referência a turbidez, que em certos casos deixa a cerveja com partículas claras.

O termo Hefe significa Levedura, ao pé da letra, e também faz alusão a turbidez, que em sua maioria é resultante da mesma. O ato de girar a garrafa de Weiss, com o resto de cerveja nela, serve para desgrudar os sedimentos do fundo, que nada mais são do que leveduras depositadas, e misturar los ao restante do líquido. Neste momento pode se perceber que a cerveja fica ainda mais turva do que antes do ato e perceber a diferença da turbidez por sedimentos do trigo e outro pela levedura. Mesmo assim, o termo Hefe antes de Weizen, não muda nada em relação ao produto pois, em todas as variações de nome, o líquido contem sempre os mesmos sedimentos. Hefetrub nada mais é do que foi explicado acima, trub vem do inglês trouble ou turbulence, e assim como o Mit Hefe significa que há turbidez (sedimentos) de levedura presente naquela garrafa.

WeissVersões “limpas” da Weiss levam o epíteto de Kristal (Cristal) em referencia ao brilho límpido e seu perfil sensorial é alterado ficando mais nítido em questões gerais, com isso a teoria do nome Weizen não pode ser considerada como válida.

Não há diferença nenhuma no produto em relação a todos estes nomes, afinal como vimos, é apenas a indicação da presença de levedura que de uma forma ou de outra (não sendo Kristal) estará presente na cerveja. Na Alemanha a questão de norte vs. sul é evidente, as tradições e a cultura tem muitos aspectos diferentes, e que geram uma certa rixa entre o povo. Essas rixas são observadas no futebol, na música, na TV, etc, mas também é aplicada na cultura cervejeira. A diferença de nome, pode estar mais ligada a demografia e a origem de dialetos, no final das contas é referente a mesma cerveja!

WeissIsto não quer dizer que toda Weiss seja igual pois há sub-estilos dentro da categoria como a Dunkel ou Dunkles Weiss / Dunkelweizen (a versão escura), Weizenbock (escura e mais parruda), Berliner Weiss (ácida), Gose (salgada e condimentada), as Blanche ou Wit Belgas (cítrica e condimentada) e as American Wheat (Amarga e frutada), enquanto a tradicional é mais frutada e condimentada.

Mas o importante, após tudo isto, é tomar uma Weiss em um belo copo de 500ml para se refrescar!

Saúde…

P.S.: Adendo, os 3 primeiros links são da pronúncia das palavras e para facilitar se diz “Vaice” e não “Ueice” como muitos dizem, pois na Alemanha o “W” tem som de “V” rs…

20 comentários para “Weiss, Weizen, Hefe-Weizen e outras branquinhas!

  1. José Auigusto

    Saboreei pela primeira vez uma Kaiserdom, Hefe-Weibier, Naturtrub. Pelo que entendi do rótulo, feita com levedura de trigo. Sou leigo mas pretendo continuar me aventurando. Aqui onde moro atravesso a fronteira e compro essa e outras por valor acessível. Qualquer comentário/informação sobre esse tipo de cerveja será bem-vindo.

    Responder
  2. ronaldo

    Gostei principalemnte do penúltimo parágrafo que explica os subtípos. pra mim nada é mais decepcionante que pedir uma weiss achando que é a tradicional e beber uma wit cítrica. é de chorar :'(

    Responder
  3. Bruno Góis Mateus

    Bo post e já que estamos falando de cerveja de trigo não podíamos deixar de falar da Schneider weiss. Ótimas cervas, sou suspeito pois umas das minha cervas prediletas é a TAP 5 citada pelo Fábio.

    Que tal um beercast sobre ela?

    Responder
  4. Marcos koga

    Parabéns pelo texto.

    Gostamos muito de cervejas de trigo. É um estilo que não é tão fácil de encontrar bons exemplos nacionais. Alguns não tem fruta nem especiarias no gosto. Algumas são bem secos. Não tenho conhecimento para saber se é uma questão de ingredientes ou escolha dos produtores.

    Responder
  5. Augusto

    Tema interessantíssimo! Sabendo das particularidades regionais, quando em Trier, na Alemanha, pedi uma Weiss, a atendente não me entregou a cerveja enquanto não mudei o pedido para Weizen… Kkkkkk. Realmente, alemão não é teimoso, e sim quem teima com alemão…

    Responder
  6. Daniel Córdova

    Fala Luquita!
    Interessantíssimo o assunto. Eu mesmo às vezes me perguntava se havia alguma diferença entre uma Weiss, Weizen ou Hefeweiss e agora me considero esclarecido.
    Só sei que me dá uma dor na espinha quando vejo alguém com toda aquela pompa, numa mesa cheia de pessoas bebendo Chopp Brahma, falar pra todo mundo ouvir “me vê uma Uáiss” hahahaha
    Uai sô!

    Responder
    1. Luquita da Cerveja Autor

      Que bom que esclareci essa dúvida que todos um dia tiveram ou terão rs… Cara essa história de Ueis, Uaice… eu mandei um email para o Leo López do Rádiofobia para corrigir ele, erra impossível ouvir aquilo rs e no nerdcast ele acertou.

      Responder
  7. Fábio santos

    Excelente texto!
    Muito bem explicado , minha sugestão apenas seria incluir as Hopfenweiss, que são as de trigo mais lupuladas.

    Responder
  8. Luis H Camargo

    Parabéns
    Excelente texto e um assunto que muitos (estou dentro) desconheciam.
    E ficou mais simples entender ao colocar o significado da palavras.

    Aliás providencial você lembrar sobre as diferenças norte-sul. Afinal no Brasil muitos acham que alemao é alemão, independente se da Baviera ou da divisa com os Dansk.
    Mesmo que achar que o italiano da Sicilia e de Milão “é tudo italiano”.
    Só os países bem distantes do Equador os povos N e S são parecidos.

    Responder
    1. Luquita da Cerveja Autor

      Obrigado Luis, é verdade cara a questão que o Brasil é tão grande e não percebe essas diferenciações pois é de costume separar as pessoas por estado mas se a gente observar, dentro de cada localidade há essas disputas.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*