Duff Beer, Ooooh Yeah!

By | 8 de setembro de 2014

A Duff Beer é, com certeza, a cerveja mais conhecida no mundo dos desenhos animados e entre os Nerds. Qual fã dos Simpsons nunca teve vontade de beber a cerveja favorita de Homer e a mais popular de Springfield? Esse desejo fez com que a Duff já fosse lançada inúmeras vezes em diversos locais no mundo e seguindo o estilo a risca!

Duff Beer

Hoje vou falar de uma cerveja tipicamente americana, com pouco sabor e bem barata, conforme o desenho animado. A diferença da cerveja no mundo animado para a real é que o preço, nem sempre era atrativo. Porém essa cerveja se vende só pelo nome, ninguém nem ao menos pergunta o preço.

Vale lembrar, de início, que as versões da Duff não são oficialmente licenciadas e por isso costuma ter pequenos detalhes para diferenciar-la da “original”. A única versão oficial é vendida no parque temático da Universal Studios (detentora dos direitos da animação), na atração do Simpsons.

Bud Man

Bud Man

A cerveja tem como apelo, no mundo dos Simpsons, um marketing bem agressivo e seu slogan é “Can’t Get Enough of That Wonderful Duff” (Não consigo ter o suficiente desta maravilhosa Duff ou algo como Não consigo enjoar desta maravilhosa Duff). A cerveja possui um mascote, conhecido como Duffman, que ganha a vida no desenho por Arthur Duff, e é uma sátira ao Bud Man dos anos ’70.  O personagem no desenho tem 3 atores diferentes, pois 2 já morreram por alcoolismo, e no mundo animado a fora possui personagens similares com trejeitos e trajes do local de origem, como o Duffmensch da Alemanha e o Le Duff francês, sempre traduzindo sua frase bordão “Oh Yeah!“.

 

DuffA cerveja, inventada por Henry K. Duff, possui algumas variações que aparecem no desenho como Duff, Duff Light, Duff Dry (que são reveladas como sendo exatamente a mesma cerveja), Duff Dark, Duff Gummy Beers, Raspberry Duff, Lady Duff e Tartar Control Duff, Duff Adequate (supostamente a melhor), Duff Stout (que tornou a Irlanda famosa), Düff (versão escandinava), Malaysian Duff (feita com Shoyo), Le Duff avec Codeine (versão Canadense), Henry K. Duff’s Private Reserve, Duff Zero e por final a Pawtucket (cerveja do desenho Family Guy mas que na verdade é a mesma cerveja em outra embalagem).

O nome Duff, supostamente foi criado por Matt Groening em homenagem ao baixista do Gun’s and Roses, Duff McKagan, que era conhecido por beber muito e pelos produtores serem fãs da banda. Porém essa afirmação é do próprio baixista e foi desmentida por Matt Groening, sendo que este criou o nome baseado em cervejas com nome monossilábica, como Bud, e por essa fazer uma ótima rima com o slogan principal da cerveja.

LegendaryA cerveja não é oficialmente licenciada a nenhuma cervejaria por questões de os produtores não quererem incentivar o consumo da bebida a crianças. No entanto nos EUA ela é feita pela Duff’s Famous Wings em NY, que a vende em chope, e pela Bilbo’s Pizza and Brewery em Michigan, que vende a sua versão em forma de energético para atender a todo o público.

Os outros locais aonde a Duff pode ser encontrada é na Alemanha, feita pela Eschweger Klosterbrauerei que segue a lei da pureza, e vendida a vários locais da Europa, pertencendo a marca a Duff Beer UG. No Reino Unido onde é feita pela Daleside Brewery, que tem como concorrente a cerveja da Duff Beer UG e que lá a vende como The Legendary Duff Beer.

Curiosamente a Duff não ganhou mercado na França, aonde começou a ser vendida pela Duff Beer UG, por não ter grande associação ao nome da marca com o desenho, pois a lei francesa tem grandes restrições a propaganda de bebida e desta forma no seriado a cerveja tem seu logo desfocado e o personagem Duffman passou a ser o Uffman.

Duff Beer AustraliaNa Austrália nos anos ’90, feita pela Lion Nathan brewery, que na verdade tinha nenhuma associação com o desenho (a não ser o nome) e que teve sua produção caçada pela FOX, tornando a lata um item bastante colecionável e sendo a versão mais cara que se pode adquirir.

Na Nova Zelândia a Duff Brewery, uma pequena cervejaria local, já vendia a cerveja muito antes dela aparecer no desenho. Porém mais uma vez a FOX foi buscar os direitos autorais e por se tratar uma pequena cervejaria abriu a mão do nome e mudando a para McDuff.

 

Energy DrinkA versão mais realista, feita em lata, que é a forma mais comum de embalagem no desenho e não em garrafa, é feita pela Boston America Corp e também é um energético vendido na Universal e importado para alguns locais selecionados.

Duff MéxicoNo México, feito por Rodrigo Contreras em parceria com a cervejaria belga Haacht Brewery, que se aproveitou de uma brecha de registro de patente para criar a cerveja exatamente como a do desenho animado. Essa versão Mexicana, lançada na Espanha em 2007,  é exportada inclusive para os EUA mas sofre com processos judiciais imposto pela FOX e com algumas questões de interpretação de lei no próprio México. Contudo a marca cresceu e em 2009 foi criada a Duff Sudamérica, depois de largamente exportada para a Europa, sendo lançada em outros países da America Latina como Chile, Paraguai, Brasil e a sede na Colômbia.

Duff BrasilAqui no Brasil a cerveja teve uma rápida e estrondosa passagem, lançada em 2011 pela Duff do Brasil e fabricada pela Saint Bier, a cerveja fez um grande sucesso sendo vendida como uma Premium Lager e a um preço nada barato. Porém mesmo assim ela se vendia só pelo nome e era facilmente encontrada em diversos locais badalados, principalmente em São Paulo. Os consumidores chegavam a tomar a cerveja aos montes, mesmo ela sendo apenas uma lager “premium” de 355ml. Nas comemorações do Saint Patrick’s Day ainda foi feita uma versão com rótulo verde mas que era exatamente a mesma cerveja, sendo mais um apelo de marketing.

Vale também lembrar que em cada local a produção da cerveja é diferente, como podem ver na imagem abaixo:
Duff Chart

19 thoughts on “Duff Beer, Ooooh Yeah!

  1. Antônio Carlos

    Fala Luquita!

    Sou de Brusque, Santa Catarina e estudo Publicidade e Propaganda na UNIVALI de Itajai
    Estou fazendo meu tcc sobre a cerveja duff em que Os Simpsons e tudo mais.

    Achei o texto muito interessante, mas precisava de referencias de onde você tirou esses dados e inclusive seu nome certo para eu poder referenciar no meu trabalho, se você tiver esses dados ou algo que poder me informar, fico no aguardo e muito obrigado desde já!

    Reply
    1. Viviam Larissa Matias

      Antonio você conseguiu alguma referência? Estou fazendo meu tcc sobre o mesmo assunto por incrivel que pareca e estou ma busca de informações que creio que vc ja tenha, poderka me ajudar?
      Desde ja agradeço!

      Reply
      1. Luquita da Cerveja Post author

        Viviam, as referências foram de sites mesmo, não há publicações sobre o assunto, algumas poucas referências em livros mas falando apenas da cerveja e não sobre a marca.

        Reply
  2. Anselmo Mendo

    Luquita! Essa é a melhor compilação sobre a história da Duff no mundo real que já li. Parabéns! Compreendo até que muita gente provou a Duff pela primeira vez, a preço caros, por curiosidade e guardou a garrafa como recordação. O que é inexplicável é alguém fazer isso pela segunda vez!!!

    Reply
    1. Luquita

      O que é inexplicável de verdade são as pessoas sentarem no bar e só beber isso aos baldes e saindo de lá volta pra mainstream… rs

      Reply
  3. Vinicius Rodrigues

    Tomei uma, uma vez no The Wall na 13 de maio.
    era uma bica de cara.
    E na ocasião eu detestei rsrs

    Recentemente quis dar uma segunda chance pra ela e o pessoal disse que não é mais fabricada… vou ficar com a impressão ruim mesmo xD

    Valeu pelo texto Luquita.
    Abraço,

    Reply
  4. Derly de Lana Cordeiro

    Já tomei, e para mim e uma cerveja normal, não vale o que custa, principalmente para a minha região onde ainda temos que pagar um frete exorbitante.

    Mas enfim, vale experimentar se você for realmente fã do desenho, assim como eu. rsrsrs

    Luquita, cada vez tua coluna melhorando minhas segundas-feiras.

    Abraços.

    Reply
  5. diogenes ostuni

    Aee show de bola a postagem!!! Só para fazer um adendo, a Argentina também teve sua Duff bem antes de nós, era uma microcervejaria de Buenos Aires, ela chegou a inclusive patrocinar o Rally Dakar de 2010, porém ela faliu ninguém sabe como.

    A cervejaria fez duas versões, a Gold, uma Premium Lager muito boa por sinal e uma Strawberry Beer, que virou raridade, porém é possível encontrá-la vencida há mais de 3 anos numa vila germânica no interior de Cordoba.

    Essa breja fez tanto sucesso com os Hermanos, que até hoje é possível encontrar umas versões alternativas vendidas nas bancas e vielas de La Boca em Buenos Aires, a procedência é duvidosa, mas mesmo assim é bem mais gostosa que muita cerveja que se diz “especial” aqui no Brasil! rsrs

    Abrasss

    Reply
    1. Lucas Zurwellen Post author

      Caraca Diogenes, acho que essa só indo lá para conhecer, pq não tinha visto nenhuma referência a ela. Porém aposto que muitas outras em vários lugares já saíram e sumiram antes de fzr sucesso por causa da FOX.

      Reply
  6. Fabrizio Guzzon

    Grande Luquita!
    Creio que esta é a cerveja mais iconica que foi transportada do mundo das animações para o real… e de fato era vendida e consumida aos montes, só por conta do nome. Foi uma tremenda jogada e muito bem aceita no Brasil, apesar que eu acho que hoje essa febre passou e a cerveja não se sustenta pelo preço que colocaram nela.

    Abç
    Guzzon

    Reply
    1. Lucas Zurwellen Post author

      Guzzon na verdade ela saiu de linha pq já não vendia mais, depois que as cervejas especiais começaram a ter mais visibilidade. Ajudou a trazer alguns consumidores para as boas cervejas mas a maioria só queria pagar de gostosão tomando várias Duff… eu não me conformava como o pessoal poderia gastar tanto em só uma cerveja meia boca, rs.

      Reply
  7. Daniel Córdova

    Fala Luquita!
    Cara, a parte da Pawtucket foi sacanagem hahahaha foi assim que começou a briga do Homer vs Peter.
    Aqui no Brasil ainda é fabricada a Duff? Nunca mais reparei. Tomei uma vez só pela marca mesmo, porque era muito cara e o sabor nada de extraordinário. Mas a tampinha tá ali na minha coleção.
    Grande post, como sempre!
    Abraço

    Reply
    1. Lucas Zurwellen Post author

      Daniel, ela parou de ser fabricada aqui no ano passado se não me engano. Eu tb tomei uma vez só para adicionar a garrafa e a tampa na coleção.

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*