Boa Cerveja-Feira…. com 60 Minute

By | 11 de novembro de 2016

Vamos olhar no relógio e ver se o grande ponteiro deu uma volta completa para provarmos a 60 minute.

Esta cerveja é produzida pela Dogfish Head, uma cervejaria fundada em 1995 em Delaware como um brewpub. Durante os primeiros anos o brewpub sofreu uma série de reformas para aumentar seu tamanho e produção, até que em finalmente em 2002 toda a sua base principal de produção foi transferida para uma nova planta, apta inclusive para a produção de destilados como gim e rum.

A cervejaria foi fundada por Sam e Mariah Calagione. Sam é um cervejeiro extremamente ativo e inovador que sempre busca sair do meio comum e trazer algumas novidades para o meio cervejeiro.

Além de todo o trabalho no meio cervejeiro trazendo inovações e movimentando o mercado, a Dogfish Head possui uma vertente filantrópica chamada “Beer & Benevolence” (Cerveja e Benevolência), uma ação que visa suportar a comunidade do ponto de vista social, artístico e ambiental.

60 minute

Dados Técnicos:

Cerveja: 60 Minute
Estilo: IPA
Teor: 6,0%
País de origem: EUA
Embalagem: 355 ml
Nota: 3,5

Quando servimos vemos que se trata de um líquido dourado, cristalino e brilhante com espuma branca e abundante.

No aroma o lúpulo cítrico surge marcante com notas de maracujá, lima e mamão maduro. O malte pode ser notado em segundo plano criando de forma discreta um pano de fundo para construção dos aromas cítricos e frutados.

Ao provarmos percebemos uma cerveja de corpo médio e carbonatação média alta, enquanto que no paladar as notas cítricas de maracujá e casca de laranja se mantém equilibradas com as notas do malte que remetem a caramelo. O amargor diferente do esperado não é tão marcante, ele surge no final do paladar equilibrado com o malte.

No aftertaste o amargor ganha um pouco mais de destaque, mas sem aumentar muito sua potência e é acompanhado pelas notas de caramelo e toffe do malte e uma suave adstringência cítrica.

A 60 minute é uma cerveja equilibrada com notas aromáticas de lúpulo e malte presente no paladar e com final bastante persistente.

Para a harmonização vamos manter o espírito informal da cervejaria e a proposta de toda cerveja de confraternizar.

Minha sugestão é uma harmonização com lingüiça curada na chapa em forma de petisco. Desta forma contrastamos as notas cítricas e o malte da cerveja com o toque salgado da lingüiça.

Prost!

Fabrizio Guzzon

7 thoughts on “Boa Cerveja-Feira…. com 60 Minute

  1. Pingback: Boa Cerveja-Feira.... com Midas Touch - Beercast Brasil

    1. Fabrizio Guzzon Post author

      Grande Luquita,
      Perdeu um pouco sim… o tempo e viagem cobraram dela… mas estava longe de estar ruim… apenas diferente das garrafas com cerveja mais jovem que você encontra por lá.

      Abç
      Guzzon

      Reply
  2. Anselmo Mendo

    Guzzon! Acho que eu nunca provei uma cerveja da Dogfish. Eles tem várias nomeadas com padrão de tempo, né? Sinto falta de programas como o Brew Masters que tinham na TV, era divertido e instrutivo. Meu único porém é que acho o design dos rótulos mal cuidado. Abração!

    Reply
    1. Fabrizio Guzzon Post author

      Grande Anselmo,
      Sim, eles tem 3 ipas com marcação de tempo, a 60 minute, 90 minute e 120 minute.
      Eu ainda vejo o Brewmasters, passa no TLC.
      E é bem curioso vc comentar dos rótulos…. este ano eles fizeram uma renovação no visual, vou achar e colocar na próxima coluna para vc ver.

      Abç
      Guzzon

      Reply
  3. Daniel Córdova

    Fala Guzzon!
    Cara, sou doido para experimentar alguma Dogfish Head. Até encontro para comprar por aqui com um cara que sempre traz dos EUA, mas ele mete a faca bonito, então não me arrisco.
    O Sam Calagione é muito influente no mundo da cerveja e tinha aquele programa que mostrava ele criando coisas diferentes baseadas em temas e tals, só esqueci o nome.
    Abraço!

    Reply
    1. Fabrizio Guzzon Post author

      Grande Daniel.
      O programa dele é o Brewmasters, e ainda passa no TLC. Acho muito legal ele fazendo as viagens para conhecer história de cervejas locais, ingredientes e tudo mais e normalmente enquanto ele faz isso a equipe dele esta tomando na cabeça na cervejaria, tentando resolver os problemas… rsrsrs

      Olha que vale a pena experimentar…. mas é melhor esperar alguém que você conhece viajar para os EUA e pedir para trazer uma… lá é muito barato… muito mesmo…. tipo dois dolares….

      Abç
      Guzzon

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*