Boa Cerveja-Feira #285… Ukiyo

By | 16 de agosto de 2019

Esta semana vamos comemorar o aniversário de 362 anos de São Roque, também conhecida como a Cidade da Rota do Vinho. E para isso vamos provar uma cerveja adição de uvas, a Ukiyo.

A Ukiyo é produzida por uma parceria entre as cervejarias Dávida e Japas. Já falamos anteriormente destas cervejarias quando falamos sobre a South Blossom e a Sumo, além do Beercast 275.

A escolha da cerveja aproveita que a data de publicação é a mesma do aniversário da cidade. Portanto busquei uma cerveja com uso de uvas, neste caso as uvas Beni Izu e Bordô para trazer algo que remetesse a um dos atrativos de São Roque, a Rota do Vinho.

Mas além da Rota do Vinho e de seus inúmeros restaurantes, vinícolas e atrativos temos alguns locais que valem a pena ser visitados. Um deles é na própria rota do vinho, a destilaria Stoliskoff que tem boas opções de destilados, em especial o gin.

Além disso temos os bares, que já mencionei inúmeras vezes por aqui. O Roquer que dá desconto aos patronos, o La Maison de la Biere e o Clube Come Together. Cada um com um perfil distinto.

E como últimas dicas, para quem prefere um maior contato com a natureza. Temos o Morro do Saboó que apresenta uma belíssima vista de toda a região e a Mata da Câmara, uma reserva da Mata Atlântica.

Ukiyo

UkiyoDados Técnicos:

Cerveja: Ukiyo
Estilo: Sour RIS
Teor: 13,0%
País de origem: Brasil
Embalagem: 500 ml
Nota: 4,50

A Ukiyo se apresenta completamente negra e fechada. Com espuma marrom, de boa formação, porém bastante breve.

No aroma a percepção de tanino é destacada, remetendo a vinho tinto, madeira e xerez. Em segundo plano encontramos algumas notas mais suaves de acético e vinagre balsâmico. Já a percepção de torra é muito discreta e está ofuscada pelas notas de vinho e balsâmico, surgindo somente ao final como uma leve nota de complemento.

Quanto provamos a Ukiyo temos uma cerveja de corpo alto e baixa carbonatação. Enquanto que no paladar as notas de vinho tinto com forte tanino são aliadas a uma percepção levemente ácida que remete a madeira e suaves notas de torra e fumaça. Em segundo plano as notas de torra abrem a percepção de café e alcaçuz.

No aftertaste o destaque inicial é por conta a acidez condita que remete a vinho e madeira, algo bastante inesperado. As percepções evoluem trazendo tanino, café e xerez equilibrados e fecha seca e com um suave amargor de torra e acidez vinificada.

A Ukiyo é uma cerveja surpreendente, trazendo notas vinificadas destacadas com nuances de xerez, madeira e alcaçuz. O final mantém um equilíbrio pungente e equilibrado e muito persistente nas notas vinificadas e com suave tosta.

Para uma cerveja complexa como a Ukiyo temos que pensar em uma harmonização que suporte a cerveja e não que a use como escada. Por conta disso vamos buscar algo que saliente os sabores e sensações da cerveja.

Minha sugestão é harmonizarmos com a Peras Sangrentas. Nesta receita temos peras escalfadas em vinho e aqui vamos destacar as notas vinificadas presentes na cerveja e na sobremesa. Vamos usar a percepção cítrica mais adocicada para contrastar com a acidez da cerveja e deixar todo o destaque para o tanino, madeira e alcaçuz que a cerveja tem a oferecer.

Prost!

Fabrizio Guzzon

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*