Boa Cerveja-Feira #268… Sacromonte

By | 19 de abril de 2019

Esta semana vamos abrir a mala de quem foi viajar e começar a aproveitar os presentes, com a Sacromonte.

Vamos conhecer a Sacromonte, uma cervejaria espanhola situada em Granada. É uma micro cervejaria que traz enraizada em sua história a própria história de Granada, mais especificamente no bairro de Sacromonte, onde é localizada a Abadia com o mesmo nome.

Além da cervejaria, existem outras curiosidades a respeito do bairro de Sacromonte. Como as grutas, que foram construídas pela população que se aliava a ciganos e por conta disso era ‘convidada a se retirar’ da comunidade formal e lhes restava buscar abrigo nas encostam do bairro.

Sacromonte

SacromonteDados Técnicos:

Cerveja: Sacromonte
Estilo: English Pale Ale
Teor: 5,0%
País de origem: Espanha
Embalagem: 335 ml
Nota: 3,50

A Sacromonte se apresenta dourada e levemente opaca. Enquanto que a espuma tem formação média, com boa estrutura e se mantem persistente no copo por um bom tempo.

O aroma nos traz percepção de malte, grãos, biscoitos frescos e um toque floral. Já em segundo plano encontramos notas de mosto que remetem a doce e casca de pão.

Ao provarmos temos na Sacromonte uma cerveja de corpo médio e alta carbonatação. Enquanto que no paladar temos notas de grãos, biscoitos e casca de pão, acompanhadas malte e floral. Em segundo plano somos apresentados a um perfil discreto com leve amargor de fundo herbal bastante agradável.

No aftertaste este amargor ganha espaço trazendo as notas herbais para o primeiro plano. Aliado a esta percepção temos as notas de grãos e biscoitos ainda presentes, mas agora de forma mais discreta.

A Sacromonte é uma cerveja sem surpresas, mas no bom sentido. Toda a experiência é bastante agradável, trazendo o básico de forma muito bem construída, agregando notas florais e herbais no momento certo. Por vezes acho que falta este básico bem feito no mercado, que se preocupa demais em ter misturas inesperadas e sem base de comparação.

Para a harmonização, vamos levar em conta que a cerveja um presente que ganhei e veio diretamente da Espanha.

Minha sugestão é harmonizarmos com tapas, que pequenas porções de aperitivos servidas na Espanha, mas sejamos mais específicos e vamos harmonizar com lulas empanadas.

Vamos nos aproveitar do toque floral e herbal da cerveja para salientar o sabor marinho da lula, e garantir que nem o prato nem a cerveja ganhem mais destaque que o desejado.

Prost!

Fabrizio Guzzon

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*