Boa Cerveja-Feira…. com Shipyard Black IPA

By | 17 de abril de 2015

Esta semana vamos hastear nossa bandeira e velejar pelo negrume amargo de uma cerveja que desafia nosso paladar e semântica, a Shipyard Black IPA.

Trazendo uma combinação de maltes torrados e lúpulos americanos a Shipyard resolveu trazer um ícone que fizesse a ligação entre o negro da cerveja e a temática náutica, e optaram por trazer em seu rótulo o conhecido pirata Barba Negra, talvez a maior referência ao pirata tenha sido seu curioso hábito de colocar pavios acesos em sua barba e cabelo, criando um personagem que intimidava os inimigos somente pela sua presença.

Outro ponto discutível é o nome da cerveja, o estilo Black IPA já esta bastante difundido e várias cervejarias já apresentam rótulos neste estilo. Mas se IPA é Indian Pale Ale, ou seja cerveja clara, como podemos falar que é uma negra cerveja clara? Em meus profundos estudos…. na verdade esta mais para um opinião baseada na observação, o termo IPA já deixou de ser uma simples abreviação e passou a ser uma definição de estilo e com isso, alterações no estilo como “Black IPA” ou “IPA Lager” podem até ferir a gramática, mas são a evolução natural que os cervejeiros buscam criar e não devemos limitar um estilo simplesmente pelo seu nome de batismo.

Shipyard Black IPA

Dados Técnicos:

2015.04.17 Shipyard Black IPACerveja: Shipyard Black IPA
Estilo: IPA (Black)
Teor: 6,2%
País de origem: EUA
Embalagem: 355 ml

No copo encontramos um líquido negro e completamente opaco, com espuma bege de boa formação, porem com duração mediana.

No aroma temos uma boa variedade de notas, porem presentes de forma equilibrada. Inicialmente percebemos as notas de malte tostado que trazem a percepção de caramelo, café, malte acompanhado por notas herbais vindas do lúpulo e em segundo plano temos notas mais discretas que remetem a resina e madeira.

Ao provarmos temos um líquido de corpo médio e boa carbonatação, e no sabor temos as notas de malte trazendo caramelo, chocolate e toffe juntamente com as notas herbais do lúpulo que destacam o amargor bem pontuado e presente da Shipyard Black IPA.

Já no aftertaste o amargor ganha ainda mais força e destaca as notas de torra e café, que são acompanhados por um leve aquecimento alcoólico, terminando com um amargor residual de café e seco.

Esta é uma cerveja com notas fortes de torra e café e com um amargor proeminente, mas que se mantém equilibrado.

Para harmonizar com esta cerveja precisamos de um prato forte que não seja apagado pelas notas de café nem pelo amargor.

Por conta disto, sugiro uma porção de bolinhos de feijoada com pimenta dedo de moça. Enquanto o feijão preto e pertences serão destacados pelas notas de torra e café, o amargor herbal da Shipyard Black IPA irá quebrar a picância da pimenta e destacar seu sabor.

Prost!

Fabrizio Guzzon

5 thoughts on “Boa Cerveja-Feira…. com Shipyard Black IPA

  1. Daniel Córdova

    Fala Guzzon!
    Andei sumido por causa das férias, mas agora estou devolta hehe
    Essa cerveja é boa, tomei não faz muito tempo, e estou começando a gostar das IPA’s escuras, inclusive da Cacau IPA, que não gostei da primeira vez que tomei e recentemente mudei de ideia.
    Sobre a nomenclatura, concordo que a sigla IPA perdeu o sentido e passou a ser uma denominação do estilo, mas não acho que isso seja certo.
    Já vi outras cervejarias apresentarem como India Black Ale e na hora estranhei, mas vejo que faz bem mais sentido.
    Também já vi por aí uma India Pale Lager, só não lembro de quem era.
    E vou tentar fazer esses bolinhos de feijão uma hora dessas =)
    Abraço!

    Reply
    1. Fabrizio Guzzon Post author

      Bem vindo de volta Daniel!
      Apesar que pelo que estou sabendo destas férias, você deve estar sofrendo de depressão pós férias…. rsrs

      Eu gosto destas Black IPAs, juntam duas coisas que me agradam, cervejas escuras e IPAs… e a nomenclatura aposto que vai continuar sendo a parte dificil.

      Algumas cervejarias vão aptar pelas Indian Black Ale enquanto que outras vão seguir pelo Black IPA, creio que seja uma questão de tempo até termos uma regularidade na denominação.
      Por sinal, vou dar uma pesquisada se a BJCP já tem algum estilo que converse com as Black IPA / IBAs.

      Abç
      Guzzon

      Reply
  2. Luquita da Galera

    Bom questionamento Guzzon rs… o certo seria IBA e IPL nestes casos mas de qualquer forma fazem menos sentido.

    Eu tenho um problemas com cervejas escuras e lúpuladas, várias remetem muito a azeitona e eu realmente não gosto de azeitona. Inclusive uma das fodas da Bodebrown, não lembro o nome, eu não tomei meu copo pq não conseguia de tanto azeitona.

    Abraços

    Reply
    1. Fabrizio Guzzon Post author

      Grande Luquita.
      De fato as abreviações fariam mais sentido desta forma, mas acho que o termo “IPA” já virou referencia… então é usando mesmo quando se altera o básico dele.

      E é verdade quando a azeitona, estas blacks IPAs e American Stouts trazem essa percepção por conta do lupulo e a torrefação, esta no caso não era tão evidente, mas a Stouts lupuladas fica bastante evidente mesmo.

      Abç
      Guzzon

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.