Boa Cerveja-Feira…. com Sessions: Sesson

By | 25 de dezembro de 2015

Esta semana vamos mesclar palavras, sabores, aromas e uma época festiva com a Sessions: Sesson.

Produzida pela Dinamarquesa To Øl que já comentamos anteriormente em outras resenhas como a Sur Citra e WBeer Witbier.

A To Øl lançou a algum tempo a Sessions, uma série sazonal de cervejas que deveriam ser agradáveis e com alto drinkability, pois segundo a própria cervejaria “são cervejas para se tomar no escritório sem ficar chapado”. Esta série trouxe três cervejas: Sofa King Pale, Hop Love Pils e Cloud 9 Wit, e somente depois eles lançaram a quarta cerveja, que é justamente a que iremos falar hoje a Sesson.

A cerveja tem em seu uma mescla dos termos “Session” e “Saison”, uma cerveja Saison Sazonal. E como todas as anteriores ela não dispensa a presença de lúpulo e um rótulo simples e limpo, e todo o seu conceito de sazonalidade, leveza e personalidade combina muito bem com esta época de Natal.

Sessions: Sesson

Dados Técnicos:

2015.12.25 SessonCerveja: Sessions: Sesson
Estilo: Saison
Teor: 4,6%
País de origem: Dinamarca
Embalagem: 330 ml
Nota: 4,25

 

Quando servimos encontramos uma cerveja amarela pálida, brilhante e transparente com uma espuma branca, uniforme e abundante.

O aroma cítrico surge destacado, trazendo notas de laranja, tangerina e pêssego, enquanto que em segundo plano encontramos suaves notas de malte complementando a percepção.

Ao provarmos nos deparamos com uma cerveja de corpo baixo e alta carbonatação. No paladar as notas cítricas de pêssego e casca de laranja surgem em primeiro plano, o amargor surge em segundo plano e tem uma presença crescente no paladar durante a degustação finalizando de forma seca levemente azeda como casca de laranja.

No aftertaste encontramos tanto o amargor mediano como o azedo que remete a casca de frutas amarelas presentes e equilibrados.

A Sessions: Sesson é uma cerveja com aroma marcante de frutas amarelas e cítrico, com um final levemente azedo e ainda assim frutado.

Para a harmonização vamos pegar carona no trenó desta data e usar a cerveja na ceia de natal, mas como ela é uma cerveja de leve não podemos colocá-la com nossos típicos pratos, então vamos usá-la na entrada.

Proponho uma harmonização com queijo brie aquecido com torradas. Mesmo sendo algo simples, as notas cítricas da cerveja irão alterar a percepção de sabor do queijo e ambos se assemelharão devido ao leve tom azedo que trazem.

Prost!

Fabrizio Guzzon

9 thoughts on “Boa Cerveja-Feira…. com Sessions: Sesson

  1. Pingback: Boa 100rveja-Feira.... com Sans Frontiere - Beercast Brasil

    1. Fabrizio Guzzon Post author

      Grande Luquita!
      Um ótimo 2016 para vc meu velho!
      A cerveja é muito boa, fiquei muito surpreso.

      Abç
      Guzzon

      Reply
  2. Anselmo Mendo

    “Cervejas para se tomar no escritório”, esses Dinamarqueses são muito doidos. Guzzon, valeu o custo benefício? As vezes acho que algumas cervejas leves e refrescantes, pra beber em maior quantidade, custam mais do que deveriam. Gosto da harmonização com brie, apesar que acho que ele não funciona muito bem sozinho, eu acrescentaria mais algum ingrediente ácido pra reforçar o sabor. De qualquer forma, você mandou muito bem na cerveja de Natal!

    Reply
    1. Fabrizio Guzzon Post author

      Grande Anselmo,

      Essa breja veio no clube… mas seria o equivalente a uns 17 reais…. é caro, mas tem que pensar que é uma breja exclusiva do clube… então vale pela dificuldade de encontrar.

      Provavelmente na Dinamarca ela deve ser bem mais acessível… igual algumas nacionais que estão democratizando o preço de venda das especiais.

      O Brie é um queijo um pouco mais dificil de harmonizar, mas eu acho que ao aquecer ele ganha um pouco mais de suavidade… até pq vc acaba não consumindo a “capa” dele… eu particularmente gosto bastante, só não tenho como comprar sempre… rsrs

      Abç
      Guzzon

      Reply
  3. Luis Henrique Camargo

    Acho que Foz que nem o Daniel, só encontrei o check jn da Citra.
    Eu comecei a gostar de Saison este ano.
    Sobre jogo de palavras, imagine uma Saison session feita pela Seasons

    Reply
    1. Fabrizio Guzzon Post author

      Grande Luis,

      Eu acho a Saison uma ceveja bem legal para o nosso clima, leve, agradável e fácil de beber.
      E acho o jogo de palavras, quando bem feito, um toque bem legal para chamar a atenção do cliente…. mas hoje em dia este jogo de palavras virou uma mania nas micro cervejarias nacionais, e tudo que é demais acaba enjoando…. principalmente trocadilhos com IPA…

      Abç
      Guzzon

      Reply
  4. Daniel Córdova

    Grande Guzzon!

    Tenho quase certeza que já provei essa cerveja, mas quando fui ver a nota que dei no Untappd, não tem checkin meu! Agora fiquei na dúvida hehe

    De qualquer forma, esses dinamarqueses sabem fazer coisa boa.

    Hoje não vou elogiar a harmonização, tenho um trauma com brie… outra hora eu conto o porquê.

    Mas creio que essa cerveja harmonizaria com o salmão assado que rolou na ceia de natal lá em casa. Ainda mais temperado com limão, não achas?

    Abraço!

    Reply
    1. Fabrizio Guzzon Post author

      Grande Daniel!

      Perdeu o check in da breja? O negócio é comprar outra para poder dar o check in… rsrsrs
      Trauma de queijo é errado… tem que fazer as pazes…. rsrsrs
      Acho que com o salmão a breja vai bem tbm, as notas citricas vão conversar muito bem com o peixe.

      Abç
      Guzzon

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.