Boa Cerveja-Feira…. com Red Pretorian Imperial Army Ale

Por | 27 de fevereiro de 2015

Esta semana vamos trazer a melhor cerveja já feita pela Confraria Skynerd… e por enquanto a única, a Red Pretorian Imperial Army Ale.

Esta cerveja foi produzida no encontro de aniversário de 1 ano da confraria, em Setembro de 2014, em parceria com a cervejaria Villas. Esta cerveja praticamente caseira foi feita usando malte de cevada e aveia, os lúpulos nugget, saaz, sladek e a adição de manjericão para dar um toque único à cerveja.

Para quem não sabe a confraria Skynerd começou na falecida rede social do site do Jovem Nerd com o bate papo daqueles que gostavam de beber e falar de cerveja.

Mesmo após a morte da rede social do jovem nerd o grupo se manteve, migrando para a Confraria Skynerd no facebook, e desde então o grupo vem crescendo e arrebanhando muita gente, sejam nerds ou não, conhecedores de cerveja ou não, o grupo preza o principio fundamental de se beber uma cerveja, a confraternização.

E desde o inicio a confraria passou a ouvir e comentar ativamente o podcast do Beercast, e hoje alguns membros da Confraria estão presentes aqui no site do Beercast também como colaboradores, este que vos fala trazendo cervejas e harmonizações, o Luquita trazendo curiosidades, nerdices e a história da cerveja e o Bruno Vallone levantando temas, e até polemicas, sobre o aspecto legal da cerveja.

Red Pretorian Imperial Army Ale

2015.02.27 Red Pretorian Imperial Army AleDados Técnicos:

Cerveja: Red Pretorian Imperial Army Ale
Estilo: Irish Red Ale
Teor: 6,0 %
País de origem: Brasil
Embalagem: 600 ml

Quando servimos encontramos um líquido em tom de ouro velho, com presença de turbidez e com uma espuma branca e formação e estabilidade impressionantes.

No aroma temos um equilíbrio com as notas de malte, caramelo e o herbal do lúpulo que se mistura com as notas do manjericão.

Quando provamos encontramos um líquido de corpo médio e alta carbonatação, no paladar as notas de malte surgem em primeiro plano trazendo a percepção de um suave caramelo, mas logo temos o herbal do manjericão ocupando o paladar juntamente com o amargor equilibrado do lúpulo.

No aftertaste o manjericão trás as notas herbais de forma refrescante e levemente condimentada, terminando com um amargor temperado no paladar.

A Red Pretorian Imperial Army Ale é uma cerveja que foge um pouco do estilo, mas isso não é demérito, o manjericão trás uma refrescância inesperada e muito agradável acompanhada de notas herbais e de malte e um alto drinkability.

2015.02.27 Red Pretorian Imperial Army Ale Preparo

Matéria Prima para o molho pesto

Para a harmonização vamos exaltar tanto os sabores quanto a temática da Red Pretorian Imperial Army Ale, então eu sugiro bruschetas de mozarela de búfala com molho pesto e tomates frescos.

Pelo fato do molho pesto ser simples, sempre acho mais interessante fazer na hora. Usem folhas de manjericão fresco, nozes, alho, queijo grana padano, azeite e um toque de sal. As quantidades são ajustadas no momento que você esta preparando.

A primeira coisa que iremos notar nesta harmonização é a maneira como a cerveja e o molho pesto fazem as notas herbais ganharem uma nova dimensão no paladar, intensificando a percepção do herbal tanto do manjericão quanto do lúpulo na cerveja, logo depois as notas de malte irão crescer juntamente com a suavidade da mozarela de búfala e por fim, a alta carbonatação irá limpar o paladar.

Uma dica é provar a bruscheta com uma colherada da espuma, neste caso iremos destacar somente as notas herbais e o amargor.

2015.02.27 Red Pretorian Imperial Army Ale Harmoniza

Bruscheta de mozarela de búfala com molho pesto e tomate fresco

 

Prost!

Fabrizio Guzzon

9 comentários para “Boa Cerveja-Feira…. com Red Pretorian Imperial Army Ale

  1. Pingback: Boa Cerveja-Feira #189…. Pimenta Villas – Beercast Brasil

  2. Douglas Ragio

    Garrafada… O encontro foi em setembro de 2015?

    Mais de qualquer forma parabéns para confraria e para essa pizza, digo cerveja.

    Responder
    1. Fabrizio Guzzon Autor

      Grande Douglas,
      Opa, garrafada minha mesmo, o encontro foi em 2014.
      Valeu pelo toque, vou corrigir o texto!

      Abç
      Guzzon

      Responder
  3. Vinicius Rodrigues

    Melhor cerveja ever da história.

    Com o tempo o manjericão foi ficando cada vez mais perceptível, já tinha gente abrindo a cerveja e jogando na pizza.

    Abraço Guzzon.

    Responder
    1. Fabrizio Guzzon Autor

      Grande Vini!
      Essa breja foi ficando cada vez melhor.. o manjericão e a espuma estão incriveis… ainda tenho umas duas em casa,estou deixando para ver o efeito do envelhecimento delas.
      Abç
      Guzzon

      Responder
    1. Fabrizio Guzzon Autor

      Grande Luquita,
      É uma pena mesmo… mas tem o Daniel e o Matheus produzindo em casa… podemos ver a formula com o Léo, com as quantidades e passar para eles tentarem reproduzir.
      Abç
      Guzzon

      Responder
  4. Daniel Córdova

    Fala Guzzon!
    Queria muito um dia conseguir ir a algum encontro da confraria, mas estando tão longe fica complicado.
    E essa cerveja me parece muito interessante, pena que não tem exemplares similares por aqui.
    Tens a receita dela com as quantidades certinho? Quem sabe eu não tente reproduzir ela aqui em casa numa brassagem futura.
    E essas bruschetas parecem sensacionais. Adoro manjericão e to doido pra aprender a fazer pesto. Acho que desse fim de semana não passa.
    Abraço!

    Responder
    1. Fabrizio Guzzon Autor

      Grande Daniel,
      Os encontros quase sempre são épicos, e nem eu que estou mais perto consigo ir em todos…
      Eu acho que um dos charmes da breja caseira é justamente esse, ser algo mais restrito… mesmo neste caso onde conseguimos fazer uma boa quantidade.
      E manda bala no pesto, se vc tiver uma faca meia lua para picar o manjericão, nozes e alho fica ainda mais fácil…

      Abç
      Guzzon

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*