Boa Cerveja-Feira…. com Pale Trail

Por | 24 de abril de 2015

Esta semana vamos falar de uma cerveja de origem nômade, mas com um caminho bem definido, a Pale Trail.

A algumas semanas atrás falamos da Tipsy Gypsy produzida pela Gypsy Inc., uma iniciativa do Mikkel Borg e Tore Gynther, a Pale Trail é mais um dos rótulos desta iniciativa. Uma American Pale Ale feita para agradar o paladar dos iniciantes, mas sem abrir mão das características do estilo e da qualidade que os dois cervejeiros já estão acostumados a prover.

Como o rótulo mesmo já diz, esta cerveja segue um “caminho claro” (Pale Trail), como tantas outras no mercado, mas diferente das lagers produzidas pelas grandes cervejarias que são criadas pensando somente em ser o menos impactante para o publico e com uma margem proveitosa, a Pale Trail tem a proposta de ser refrescante e agradável mesmo aos iniciantes, mas ainda assim apresentar tudo que uma American Pale Ale tem de melhor.

Pale Trail

Dados Técnicos:

2015.04.24 Pale TrailCerveja: Pale Trail
Estilo: American Pale Ale
Teor: 4,7%
País de origem: Dinamarca / Escócia
Embalagem: 330 ml

Ao servir encontramos um liquido âmbar, turvo e uniforme, com espuma em um tom levemente creme e com boa formação.

Ao buscarmos o aroma encontramos as notas de lúpulos americanos em primeiro plano trazendo a percepção de lima, laranja e uma leve nota resinosa, já em segundo plano as discretas notas de malte dão um fundo de pão e fermento ao aroma.

No paladar temos uma cerveja leve e bem carbonatada e apresentando um equilíbrio entre as notas de malte caramelo e as notas cítricas que no paladar são mais discretas, estas notas são acompanhadas por um amargor que se inicia médio baixo porem ganha força no retrogosto, salientando ainda mais as notas cítricas.

Esta é uma cerveja leve que trás uma experiência equilibrada entre o malte e as notas cítricas do lúpulo e apresentando o amargor bem pontuado sem ser agressivo, sendo uma boa opção de cerveja de entrada conforme sua proposta.

Para a harmonização faria um lanche de queijo quente, usando pão integral e queijo gruyère. O pão integral destacaria as notas de malte, enquanto que o queijo seria suave o bastante para destacar as notas cítricas.

Prost!

Fabrizio Guzzon

4 comentários para “Boa Cerveja-Feira…. com Pale Trail

  1. Anselmo Mendo

    Como o Daniel comentou, Guzzon, pena que aqui no Brasil queijo custa tão caro, senão comeria todo dia pra harmonizar com cerveja. Esses quadrinhos do rótulo contam alguma história ou é somente uma ilustração? Abs!

    Responder
    1. Fabrizio Guzzon Autor

      Anselmo,
      Eu tenho a impressão de que os rotulos contam uma história bem resumida do titulo… o Pale Trail tem um personagem com um mapa (Trail=caminho) que pode ser referente ao nome do rótulo.
      Mas o estilo dos rótulos é muito bacana!

      Abç
      Guzzon

      Responder
  2. Daniel Córdova

    Fala Guzzon!
    Muito boa essa cerveja, pena que já acabou aqui em casa, senão abria uma pra tomar lendo a coluna hoje.
    E pena que os queijos no Brasil são muito caros, senão eu compraria um diferente toda vez que vou no mercado, mas já gasto todo meu dinheiro em cerveja. Gruyère é muito bom!
    Abraço

    Responder
    1. Fabrizio Guzzon Autor

      Grande Daniel,
      Uma opção para achar bom queijos aqui no Brasil são alguns produtores regionais… acaba sainda mais barato, ou promoções em mercados… mas é um fato que queijo bom é caro por aqui…

      Abç
      Guzzon

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*