Boa Cerveja-Feira…. com Hopwired IPA

Por | 19 de junho de 2015

Esta semana iremos provar uma IPA que preza pelo regionalismo, a Hopwired IPA.

Aproveitando o gancho dos relatos da viagem que o Flávio Yokooji escreveu na coluna ”Tour Cervejeiro: Nova Zelândia – A revolução cervejeira chegou na Terra Média!” vamos falar da Hopwired, produzida na Nova Zelandia pela 8Wired brewing, uma empresa que segue o estilo kiwi de “você pode fazer”.

O responsável pela cervejaria é Søren Eriksen, que teve seu primeiro contato com a produção de cervejas no final de 2005, usando um kit de produção da Coopers, dali para frente em estudou e se interessou cada vez mais, fundando a 8wired e produzindo a primeira cerveja da cervejaria em outubro de 2009. Desta data em diante a cervejaria tem acumulado prêmios e ótimas cervejas em seu portfólio.

A Hopwired é uma cerveja tipicamente kiwi, é a primeira cerveja do “novo mundo” a usar o malte claro Neozelandês e 100% do lúpulo usado é Neozelandês (Southern Cross, Motueka, Nelson Sauvin), reforçando o estilo kiwi comentado pelo Flávio na coluna dele das cervejarias sempre optarem por usar produtos locais.

Hopwired IPA

2015.19.06 HopwiredDados Técnicos:

Cerveja: Hopwired IPA
Estilo: American IPA
Teor: 7,3%
País de origem: Nova Zelândia
Embalagem: 500 ml

Quando terminamos de servir vemos no copo um líquido dourado chegando próximo ao âmbar, com espuma branca de boa formação e duradoura.

Ao sentirmos o aroma temos a presença cítrica em primeiro plano, trazendo notas de maracujá, laranja lima e um leve toque resinoso, a presença no malte acompanha em segundo plano.

Quando provamos encontramos um líquido de corpo médio e com alta carbonatação, enquanto que no paladar ele se apresenta bastante equilibrado, trazendo as notas de malte na forma de pão escuro e o amargor acompanhado pelas notas de lúpulo cítrico lembrando maracujá, lima e um pouco do tom cítrico do kiwi, e em segundo plano temos leves notas resinosas.

No aftertaste o amargor ganha ainda mais espaço com notas cítricas pautadas por um fundo resinoso, terminando de maneira crocante e seca.

Esta é uma cerveja de personalidade forte, marcante pelas suas notas cítricas e amargor presente durante toda a degustação, mas ainda assim equilibrada e saborosa.

Para a harmonização vamos buscar um prato que possa ganhar com as notas cítricas tão destacadas desta cerveja.

Minha proposta para Hopwired é com um ceviche de linguado e lula, o limão usado para marinar o ceviche irá destacar ainda mais as notas cítricas da cerveja, importante também é usarmos peixes com um sabor mais forte, para não serem mascarados pela cerveja.

E ainda temos a pimenta do ceviche que inicialmente será destacada, mas deixaremos a rescência da cerveja amenizar seu efeito no aftertaste.

Prost!

Fabrizio Guzzon

9 comentários para “Boa Cerveja-Feira…. com Hopwired IPA

  1. Vitor Hugo Meirelles

    Olá Guzzon, blz?

    Qual outro peixe você recomendaria para esse ceviche, além do linguado?

    Forte abraço!

    Responder
    1. Fabrizio Guzzon Autor

      Grande Vitor.
      Para este caso eu usei o linguado por ser um pouco mais forte, mas vc pode usar salmão tbm. Mas oque eu mais uso e deixa o prato mais suave é tilápia.
      Se você tiver um pesqueiro na sua região, pesca o peixe fresco e faça no mesmo dia… fica fantástico.

      Abç
      Guzzon

      Responder
  2. Flávio Yokooji

    Boa Guzzon! Da 8 Wired, eu experimentei apenas a Haywired, uma american pale wheat ale… Maluquice! Rs.
    Não costumava encontrar cervejas da 8 Wired por la facilmente.

    Responder
    1. Fabrizio Guzzon Autor

      Grande Flávio,
      Só provei a Hopwired da 8wired, mas só por essa já tiro que o restante das cervejas devem ser muito boas.

      Mas se é dificil acha-las na Nova Zelândia, imagine aqui no Brasil…..rsrs

      Responder
  3. Daniel Córdova

    Fala Guzzon!
    Fiquei muito curioso em experimentar essa cerveja. Não lembro de ter reparado ela pra vender em lojas ou sites, onde vc conseguiu ela?
    Sabe que nunca comi ceviche? Caramba, preciso provar logo.
    Abraço!

    Responder
    1. Fabrizio Guzzon Autor

      Grande Daniel.
      Eu comprei essa cerveja pela loja do Clubeer, não sei se eles tem em estoque ainda, mas se tiverem vale muito a pena. O uso de somente lúpulos neozelandeses deixa o aroma e amargor bastante único

      E você nunca comeu ceviche?? Cara… é muito fácil fazer, peixe cru cortado (ou camarão) no suco de limão, e coloca junto cebola roxa, cheiro verde, pimenta dedo de moça… deixa repousando por uma meia hora e já esta pronto. Fácil de fazer.

      Abç
      Guzzon

      Responder
  4. Luís Loureiro

    Fiquei com água na boca com essa IPA! A cor dela me pegou já na imagem destacada, e quando você falou da harmonização então…Fico só imaginando esse ceviche com essa maravilha na minha frente!
    E não consigo falar kiwi sem lembrar da fruta verde! ahahahha
    Abração!

    Responder
    1. Fabrizio Guzzon Autor

      Grande Luís,
      A cerveja tem uma apresentação muito boa, o líquido tem uma cor e brilho fantásticos.
      E a harmonização com ceviche foi um aposta que fiz, pq a cerveja é forte e o ceviche poderia sumir paladar, mas o peixe tendo um sabor mais forte tbm combina muito bem.
      E o interessante é que por vezes o cítrico da cerveja pode remeter a fruta kiwi… eu senti isso em um gole ou dois.

      Abç
      Guzzon

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*