Boa Cerveja-Feira…. com Belgian Session

By | 6 de maio de 2016

Esta semana vamos começar uma pequena série especial sobre um fabricante em especifico, e vamos começar com a Belgian Session.

A cerca de dois anos atrás fiz uma série de colunas sobre cervejas da Samuel Adams, falando sobre as cervejas sazonais de inverno deles, e agora vamos falar sobre as cervejas sazonais de verão da Samuel Adams.

A cerveja desta semana é a Belgian Session, uma versão das cervejas belgas com um toque da escola norte-americana. E não se deixe enganar pelo Session no nome, ela não se trata de uma cerveja sem personalidade.

Belgian Session

2016.05.06 Belgian SessionDados Técnicos:

Cerveja: Belgian Session
Estilo: Belgian Pale Ale
Teor: 4,3%
País de origem: EUA
Embalagem: 355 ml
Nota: 3,5

Ao servirmos vemos que se trata de uma cerveja dourada intensa, cristalina e com espuma branca e com duração baixa.

No aroma notamos o malte, caramelo, frutas secas como damasco e laranja caramelizada, toques adocicados de açúcar mascavo e suave percepção de cana de açúcar.

Ao provarmos vemos que a Belgion Session é uma cerveja de corpo médio e boa carbonatação, enquanto que no paladar encontramos notas de malte, caramelo, toffe, dasmasco, citricidade de doce de laranja com um amargor equilibrado entre o herbal e o cítrico.

No aftertaste os toques cítricos são mantidos trazendo uma suave adstringência de casca de laranja com final seco e levemente condimentado que remete a pimenta síria.

A Belgian Session é uma cerveja com aromas marcantes de frutas amarelas e malte caramelo, trazendo um toque cítrico que nos faz lembrar as cervejas norte-americanas, e com final seco e levemente condimentado.

Para uma cerveja como a Belgian Session vamos buscar uma harmonização que aproveite as notas frutadas e cítricas.

Eu proponho a harmonização com tender acompanhado de calda reduzida de vinho branco. Vamos deixar o sabor mais salgado do tender contrastar com as notas adocicadas da cerveja enquanto deixamos a calda de vinho branco fazer a ponte com as notas mais cítricas e frutadas e destacando a suave adstringência que encontramos na cerveja.

Prost!

Fabrizio Guzzon

6 thoughts on “Boa Cerveja-Feira…. com Belgian Session

  1. Daniel Córdova

    Guzzon!
    São quase 14h e ainda não almocei. Só de ler tender meu estômago se pronunciou hehehe
    A descrição das notas da cerveja me fez lembrar das belgas que adoro tanto. Lúpulo é bom, mas os aromas das boas belgas pra mim é algo incomparável.
    Abraço!

    Reply
    1. Fabrizio Guzzon Post author

      Grande Daniel,

      Acho que o aroma frutado das belgas é fantástico, diria que é o equivalente frutado do aroma cítrico que achamos nas IPA americanas… aqueles aromas que passamos um bom tempo aproveitando antes de beber a cerveja.

      Abç
      Guzzon

      Reply
  2. Lucas F. Zurwellen

    Guzzon, toda vez que vai pro EUA vc volta com uma série da Samuel Adams, isso ta me cheirando a jabá rs…

    Brincadeira, queria que essas brejas deles chegassem aqui mas ta mais pra chegar em lugar nenhum atualmente. Como foi sua visão lá em relação a cervejaria?

    Reply
    1. Fabrizio Guzzon Post author

      Grande Luquita,

      Quem me dera isso fosse jabá, pelo menos ganharia alguma coisa… hehehehe

      A samuel adams por lá tão disponível quanto uma heineken aqui… comprei as minhas em um wal mart, uma caixa de sazonais. Chega até a ser difícil comparar com as cervejas no nosso mercado.

      Mas uma coisa é inegável… a facilidade para encontrar uma cerveja artesanal é muito maior… cheguei a tomar Sierra Nevada latão em um jogo de hockei… quase chorei de alegria…. rsrsrs

      Abç
      Guzzon

      Reply
      1. Lucas F. Zurwellen

        Acompanhei nas fotos… qs chorei junto rs.

        Só perguntei pq a SA está no limbo que não é artesanal e nem grande papa tudo.

        Pelo visto se tornou uma opção de entrada, bacana.

        Reply
        1. Fabrizio Guzzon Post author

          Luquita,
          Você encontra ela fácil nos mercados, mas além da Boston Lager que é uma tremenda cerveja de entrada eles tem estas sazonais, linhas especiais e a linha Rebel Ipa… que são muito boas.

          Eu acho que eles estão na faixa das “grandes artesanais”….. como Stone, Dogfishhead, ou oque seria uma Colorando ou Baden aqui no Brasil pouco antes de serem compradas.

          Abç
          Guzzon

          Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*