Boa Cerveja-Feira #203…. Sin Tax

By | 19 de Janeiro de 2018

Esta semana vamos endiabrar nosso paladar com a Sin Tax.

Assim como na semana passada estamos falando de uma cerveja produzida pela cervejaria Mother Earth Brewing e se na semana passada falamos de uma cerveja com adição de baunilha, esta semana vamos falar de uma imperial porter com adição de manteiga de amendoim.

E a Mother Earth não parou na adição de baunilha e manteiga de amendoim em suas cervejas, alem destas combinações ela ainda tem uma Spiced Beer com adição de tomates, uma IPA de centeio com adição de zimbro, a Fig& Raisen é uma dubbel com adição de figos e envelhecida em barris de brandy de maçã e a Chocolate que é uma Imperial Porter com adição de nibs de cacau e envelhecida em barris de whisky.

Como podemos ver, esta cervejaria não tem um apego tão grande as receitas clássicas, mas continuam tendo apego a qualidade e regularidade das receitas.

Sin Tax

Dados Técnicos:

Cerveja: Sin Tax
Estilo: American Imperial Stout
Teor: 8,1%
País de origem: EUA
Embalagem: 355 ml
Nota: 3,75

A Sin Tax é uma cerveja negra, completamente opaca com espuma bege, densa, cremosa e com boa formação.

No aroma encontramos as esperadas notas de tosta e café mas somos surpreendidos pela percepção de paçoca que se apresenta equilibrada com as demais percepções, e em segundo plano temos notas de chocolate amargo e cacau.

Ao provarmos a Sin Tax vemos que se trata de uma cerveja de corpo alto e média carbonatação, enquanto que no paladar temos a percepção de café, tosta de malte, cacau e expresso, acompanhadas por notas de oleaginosas de amendoim em pasta, trazendo um suave toque misto entre o dulçor e o salgado, quase como paçoca caseira.

No aftertaste temos a tosta bastante presente, com notas de café torrado em grão e cacau.

A Sin Tax é uma cerveja densa com notas de tosta, café e cacau bastante presentes, e com a presença das notas de amendoim compondo o paladar e trazendo uma percepção distinta entre o aroma e o paladar.

Para a harmonização é impossível ignorar a presença das notas de amendoim e as notas tostadas da cerveja.

Minha sugestão é harmonizar com porco satay, um prato chinês que consiste em cubos de carne suina temperada com leite de coco e manteiga de amendoim. Desta forma temos a força da carne de porco que acompanha as notas tostadas da cerveja enquanto que a presença de amendoim tanto no prato quanto na cerveja ganham em potencia.

Prost!

Fabrizio Guzzon

2 thoughts on “Boa Cerveja-Feira #203…. Sin Tax

  1. Daniel Córdova

    Fala Guzzon!

    Cara, fico muito curioso pra saber como eles podem fazer uma cerveja com amendoim, que tem muita gordura, e ela ainda ter uma formação de espuma boa, como tá na foto.

    Bem interessante a proposta da cervejaria, sempre com ingredientes diferentes.

    Abraço

    Reply
    1. Fabrizio Guzzon Post author

      Granda Daniel,

      Eles usam uma pasta de amendoim, e você sente no paladar aquela percepção oleaginosa do amendoim, a cerveja fica mais cremosa mas mantem uma boa formação de espuma, que é meio contraditório…
      Eu acho que é a maneira como eles trabalham com o amendoim, em alguns momentos me lembrou paçoca… e talvez o fato de torrar ou assar o amendoim faça ele perder parte das gorduras, mas é uma suposição…

      Abç
      Guzzon

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*