Boa Cerveja-Feira #202…. Cali Creamin’

By | 12 de Janeiro de 2018

Esta semana vamos abusar das sensações com a Cali Creamin’.

Nascida em 2008 a cervejaria Mother Earth Brewing é a responsável pela produção desta cerveja. A cervejaria nasceu como uma produção totalmente artesanal, produzida na garagem dos fundadores Daniel, Kamron e John que viram o mercado cervejeiro de San Diego florescer.

O mais interessante da cervejaria é que eles tem uma visão clara de sua missão, cervejas de qualidade e manter a regularidade. E vou me repetir, acho louvável as cervejarias que desde do inicio baseiam suas cervejas na capacidade de manter a regularidade de suas receitas e manter os rótulos de maneira perene.

E um detalhe que faz toda a diferença nesta cerveja é o uso de baunilha de Madagascar na receita, fato que é muito presente em toda a degustação.

Cali Creamin’

Dados Técnicos:

Cerveja: Cali Creamin’
Estilo: Cream Ale
Teor: 5,0%
País de origem: EUA
Embalagem: 355 ml
Nota: 3,50

A Cali Creamin’ é uma cerveja dourada, brilhante, com espuma branca de ótima formação com bolhas pequenas e boa duração.

Após servirmos a percepção do aroma já surge antes mesmo de levarmos o copo próximo ao nariz, notas de baunilha muito presentes e biscoito doce, em segundo plano temos suaves notas de malte e mosto.

Ao provarmos vemos que a Cali Creamin’ é uma cerveja de corpo médio baixo e carbonatação mediana, enquanto que no paladar temos o sabor com toque de baunilha, malte presente mas sem agregar no dulçor, amargor suave porem persistente, e em segundo plano a percepção de biscoito e pão doce fecha o cenário.

No aftertaste as notas mais destacadas que estão presentes no paladar são mantidas e persistentes ao final, trazendo notas de baunilha, casca de pão e amargor suave.

A Cali Creamin’ é uma cerveja leve com baunilha bastante presente durante toda a degustação, final levemente amarga e persistente.

Assim que terminei de provar a cerveja fiquei um bom tempo pensando em que harmonizar, o fato de ser uma cerveja com toque de baunilha e ainda assim trazer um amargor suave e persistente torna a combinação um pouco mais complicada.

Após um longo periodo de meditação, optei por sugerir um prato agridoce para aproveitar o toque de baunilha e o amargor. Minhas sugestão é que usar um frango teriaki, assim temos o paladar do frango ganhando com o amargor suave e o molho teriaki trazendo uma nova percepção com a adição das notas de baunilha.

Prost!

Fabrizio Guzzon

6 thoughts on “Boa Cerveja-Feira #202…. Cali Creamin’

  1. Waldomiro

    Gostei bastante da cerveja. Acho que harmonizar com panacota com geleia de frutas vermelhas.

    Reply
    1. Fabrizio Guzzon Post author

      Grande Waldomiro,

      Gostei da cerveja, mas tenho um porem com baunilha…. acho que é uma adição que tem que ser feita com cautela, senão pode enjoar.

      E harmonizar com geleia de frutas vermelhas pode ser uma boa, ainda mais se ela trouxerem um pouco de acidez.

      Abç
      Guzzon

      Reply
  2. Flavio Yokooji

    Gostei bastante dessa cerveja. Lembrou-me a Cacau IPA em alguns aspectos. Juntando a ideia dessa cerveja com a Cacau IPA, pensei em fazer uma IPA com baunilha.

    Reply
    1. Fabrizio Guzzon Post author

      Grande Flávio,

      Eu achei que o volume de 350ml foi o ideal, se fosse mais eu acho que começaria a ficar enjoativa.
      Por isso acho a sua ideia de colocar baunilha na IPA pode ser bem interessante, assim o amargor quebra um pouco o enjoativo do ‘dulçor’ da baunilha.

      Abç
      Guzzon

      Reply
  3. Daniel Córdova

    Grande Guzzon!

    Essa cervejaria é novidade pra mim. Se o Beerflakes não fosse tão legal acho que eu voltaria pro WBeer, só pra poder acompanhar a coluna hehe

    Abraço!

    Reply
    1. Fabrizio Guzzon Post author

      Grande Daniel,
      Recebi meu segundo Beerflakes este mes… vou admitir que é muito legal, tanto pela surpresa quanto pela variedade de itens…

      Mas eu reduzir o WBeer de 4 para 2 garrafas. Isso me ajudou a contratar o Beerflakes.
      Tem uma porter com Baunilha chamada Don Capo da quinta do malte, achei a baunilha muito forte e enjoa fácil, mas é uma opção nacional para ver o efeito deste adjunto aplicado na cerveja…

      Abç
      Guzzon

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*