Boa Cerveja-Feira #199…. Se eu fosse como tu

By | 22 de dezembro de 2017

Esta semana seguimos o coelho, como Alice e o Sr.Anderson já fizeram e terminamos em local tão inesperado e surpreendente quanto eles, com a Se eu fosse como tu.

Esta cerveja é uma produção colaborativa entre entre a cervejaria Urbana e o Laboratório Yeast Facts . E como boa parte dos leitores deve ter percebido, a escolha desta cerveja para esta semana não é algo ao acaso.

O Beercast 239 desta semana tem o bate papo com a Fernanda Fregonesi, que produziu esta cerveja em parceira com a Urbana, e logo depois que gravei com o programa com ela sai em busca da cerveja para provar, afinal o conceito da cerveja já é algo muito legal e atraente, e depois de provar vi que o resultado era tão surpreendente quanto a história da cerveja.

Conversando um pouco com a Fernanda para saber como foi fazer esta cerveja, ela me disse:

Estavamos conversando, eu e André [da Urbana] e plim! Sugeri fazermos uma collab. Inicialmente iamos usar leveduras de um blend da ômega [marca de leveduras], mas elas não reativaram. Então usei as leveduras que tinha em meu próprio banco de leveduras, buscando aquelas que pudessem trazer os mesmos aromas que tinhamos planejado no começo

Depois de provar a cerveja, que ainda esta fresca, vou procurar mais uma garrafa para colocar em guarda e tomar daqui uns seis meses, para ver a evolução das leveduras.

Se eu fosse como tu

Dados Técnicos:

Cerveja: Se eu fosse como tu
Estilo: American Wild Ale
Teor: 6,7%
País de origem: Brasil
Embalagem: 375 ml
Nota: 4,00

Ao servir vemos que a cerveja apresenta um líquido em tom rubi intenso, cristalino e brilhante, porem com espuma breve. Mas mesmo já sem a espuma o líquido apresenta um visual lindo.

No aroma temos ao inicio as notas frutadas que remetem a morango maduro e amora, com percepção ácida fresca e em segundo plano notas selvagens que criam um pano de fundo que deixa claro que a cerveja é mais que uma simples sour.

Ao provarmos vemos que a Se eu fosse como tu apresenta corpo baixo e carbonatação média alta, enquanto que no paladar começa trazendo frutado, morangos maduros e um dulçor baixo, seguido por uma acidez mediana que remete a amoras um pouco verdes, mas logo o paladar encontra as notas selvagens de Brettanomyces, com percepção animalesca, leve caprílico e suave couro, que deixa claro que o uso das três cepas de Bretta como a Fernanda havia comentado, mas ainda assim estas notas não matam todas as outras percepções que tivemos desta cerveja.

No aftertaste temos o retorno breve do frutado trazendo notas de morango e um suave dulçor, e novamente notas selvagens mas que agora se apresentam um pouco mais discretas que no paladar, fechando de forma suculenta e abrindo espaço para mais um gole.

A Se eu fosse como tu coloca de forma muito clara o quanto o uso bem pensado de leveduras pode transformar uma cerveja, abrir novas frentes e abordagens e revolucionar alguns estilos.

Para a harmonização não puder deixar de lado o carpádio do Cateto da Moóca, onde estava bebendo esta cerveja, e encontrei uma opção que se provou bastante interessante para esta cerveja.

Minha harmonização é com cesto de compota de frutas vermelhas com creme de queijo de cabra. O creme de queijo suaviza, mas sem apagar, as notas animalescas enquanto que a compota realça as notas frutadas e o dulçor, antes discreto, trazendo uma nova gama de sabores para esta cerveja.

Creme de queijo de cabra com compota de frutas vermelhas, no cesto de massa de biscoito

Prost!

Fabrizio Guzzon

2 thoughts on “Boa Cerveja-Feira #199…. Se eu fosse como tu

  1. Daniel Córdova

    Grande Guzzon!
    Bela interação entre os tópicos essa semana.
    A cerveja deve ser muito boa.
    Abraço

    Reply
    1. Fabrizio Guzzon Post author

      Grande Daniel,
      Tudo planejado… rsrsrs….. sai da entrevista com a Fer e parei para tomar uma no Cateto da Mooca. Quando eu vi que tinha a breja, pedi para me servir e já pedi um papel e caneta para anotar tudo…. rsrsrs

      E ainda achei uma sobremesa que valia a pena harmonizar e deu bem certo…

      Abç
      Guzzon

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*