Zoigl, a estrela da Alquimia Cervejeira!

By | 28 de Abril de 2014

Hoje a coluna de nerdices vai falar sobre um símbolo do mundo da cerveja e todo seu significado, datado de 1400 d.C. ou até antes, a estrela Zoigl!

Referências

A estrela Zoigl e várias outras referências dentro dela.

Este texto pode parecer familiar para algumas pessoas pois eu já o tinha publicado no ano passado em minha página do Facebook e no Eu Amo Cerveja. Como na semana passada tive a primeira prova do curso de Sommelier de cerveja, não me sobrou muito tempo para pesquisar algo novo, pois fiquei estudando bastante, e portanto vou fazer uma republicação bem melhorada desse texto.

Lembre-se clique sempre nos links para ouvir e ver mais sobre determinada palavra.

Demarcação de onde há cerveja

A estrela Zoigl (Tsoy-gue-L), também é chamada de Brauerstern, Bierstern, Bierzeiger, Braustern, Bier zoigl, Kommunbier, Zoigl stern, Zeugl, “Sechsstern” e “Hexagrama”. Traduzindo, em resumo, é algo como Estrela Cervejeira e é uma palavra em um dialeto alemão. Sua origem vem de “Zeiger / Zeichen” que significam marca / símbolo.

Ela está presente em muitos rótulos e também é conhecida como “Selo Salomônico”, sua ligação com a cerveja é devido aos estudos antigos da alquimia e que combinavam o Sol, a Terra e os quatro elementos. Pelo fator do desconhecimento sobre a bioquímica e a microbiologia a produção de cerveja era tido como algo milagroso ou alquímico.

Cantillon

A estrela Zoigl no rótulo da Belga Cantillon

O símbolo Zoigl é bastante similar a estrela de Davi e na Idade Média representava os mestres cervejeiros, além de oferecer uma proteção divina contra o fogo e demônios, algo muito comum na época.

Sua ligação com a alquimia está representada na representação dos triângulos, onde 3 pontas são os elementos da manufatura na produção da cerveja (água, ar e fogo) e os demais 3 triângulo representa os ingredientes (água, malte e lúpulo).

Elementos naturais

A ligação de 2 elementos formam um terceiro.

O ar era considerado um elemento da manufatura pois era a ele atribuído o milagre da fermentação, uma vez que não se sabia da existência da levedura, ou então também tido como um milagre trazido pelos ventos e conhecido como Zeug (coisa).

Monge e a estrela Zoigl

Imagem de 1403, representando um monge cervejeiro.

Provindo apenas de uma região ao norte do rio Danúbio na Bavária, entre a Franconia e a República Tcheca, a estrela Zoigl inicialmente demarca o local de produção de cervejas, estes locais são conhecidos como Kommunbrauhäuser. Trata se de um espaço público ou privado, que recebe incentivos fiscais e uma permissão especial que cada município poderá conceder, para que pessoas interessadas a produzir cerveja se encontrem e com o devido acompanhamento cada um faça a sua Zoiglbier.

Em outras palavras é como se fosse uma sede, que também é usado como pub temporário, para os cervejeiros caseiros produzirem suas bebidas e depois as venderem no local, apesar da regra antiga de que a cerveja deve ser feita apenas para o consumo próprio. A produção é sempre feita por apenas um cervejeiro, utilizando-se das instalações do local.

Aqui tem cerveja

Após terminar de fazer a cerveja e consumir o estoque desta, a estrela Zoigl é fixada na entrada da casa do próximo da fila a produzir sua cerveja. Assim o símbolo também indica que na casa do produtor há cerveja para os vizinhos, convidando os para se juntarem a beber.

Pelo fato da produção não ser sempre igual, pois há algumas regras pra se seguir mas não uma receita, as cervejas tipo Zoigl possuem várias características e diferenças dependendo de onde foram feitas.

Após a fermentação, cada pessoa vende diretamente do tanque, a cerveja que ali produziu, e assim podemos classificá-las do tipo Zwickelbier, que também é conhecido como Kellerbier.

Zwickel

Torneira em espiral

O nome Zwickelbier é devido a torneira, que é encaixada nos tanques, em forma de rabo de porco, que então é chamado de zwickel. O termo Kellerbier, classificação comum, refere-se a cerveja de porão (Keller) pois é aonde se costuma armazenar os mantimentos e a cerveja na Alemanha, por se tratar de uma câmara fria ideal para cervejas do tipo Lager.

A estrela Zoigl pode ser vista ainda hoje em prédios históricos, como na cervejaria Hausbrauerei Altstadthof em Nüremberg. Lá ela indica o local de produção e a existência de um Keller (porão).

Nüremberg

A estrela Zoigl em antigo edifício, Nüremberg.

Em caso de incêndio nas cidades antigas, a indicação pela estrela Zoigl do local de produção também servia para dizer que ali há uma rota de fuga por tuneis que interligam os porões de vários edifícios. Esses túneis (sinistros) podem ser visitados em um tour oferecido pela cervejaria de Nüremberg e por muitas outras.

TunelTunelTunelTunel

Para finalizar, na região da Franconia esse tipo de cerveja também era produzida, com uma grande ligação com as igrejas dos povoados e se chamava Flinderer que vem de flindern = im Wind flattern, que por sua vez significa “tremular ao vento” no dialeto Franco.

Igreja na Franconia

Igreja na região da Franconia

O que estou tentando demonstrar, é uma ligação a outra cerveja mundialmente conhecida pelo nome de Westvleteren, da Bélgica. A produção desta é numa região de dialeto Franco e com isso podemos definir o nome como sendo algo do tipo “Tremular ao Ocidente”.

O que isso significa, eu não sei mas é por isso que gosto de pesquisar e estudar a história da cerveja, portanto espero trazer a resposta!

Agradecimento a meu amigo Ricardo Rosas, que na época me cedeu algumas fotos e parte do texto que me deu a inspiração!

Fonte: Wiki Alemã, site Zoigle.de e a Larousse da Cerveja

10 thoughts on “Zoigl, a estrela da Alquimia Cervejeira!

  1. Pingback: Estilos e Famílias, a verdade não absoluta! - BeerCast Brasil

  2. Paulo Castello C.

    Lucas, estou procurando e ñ achando referência a Rei Davi Mestre Cervejeiro e daí estrela de Davi, cerveja, etc., coisas que li por volta dos anos 90, em livro de um Michael Jackson (homonimo do cantor) ele inglês, livro em alemão, que era do meu sócio, alemão, tínhamos a distribuição da Cerpinha em São Paulo, bons tempos! eu sei aí cerca de uma dúzia de palavras em alemão mas deu pra ver esta referência ao rei Davi, meu ex-sócio deu fim ou ñ encontra o tal livro, precioso, história da cerveja, locais das cervejarias na Europa y otras cositas mas, vc já viu este livro, tem alguma informação?

    Reply
    1. Luquita da Galera

      Olá Paulo, sinceramente não conheço esse livro e a referência mas agora fiquei mto interessado e vou pesquisar pra saber sobre!

      Obrigado pela indicação,

      Reply
  3. Anselmo Mendo

    Muito bom Lucas! Antes desse artigo, se topasse com a estrela em algum lugar da Europa, acharia que se tratava da casa de Judeu. O que há de diferente entre a estrela de David e a Zoigl? E aguardamos a explicação para a Westvleteren.

    Reply
    1. Lucas Zurwellen Post author

      Anselmo, na vdd tem nada de diferente só o uso/significado mesmo mas se bobear elas tem alguma ligação lá atrás na civilização. Porém não há registros para sabermos disso.

      Reply
  4. Guzzon

    Lucas, muito legal o tema, em especifico sobre a Zoigl que foi uma novidade para mim, mas faz muito sentido. Minha única frustação é que pela imagem da capa e pelo titulo do artigo eu achava que se tratava de alguma sociedade secreta de alquimistas cervejeiros… rs

    Reply
    1. Lucas Zurwellen Post author

      Guzzon duvido nada se algum dia na antiguidade de fato não existiu uma sociedade secreta de alquimistas e que marcavam seus locais de encontro com a estrela… daria um ótimo livro de Dan Brown hahaha.

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*